Bahia: Refinaria privatizada provoca desabastecimento de Gás de Cozinha

Crédito: Genya Savilov/AP Photo

Site dos EUA detona Zelensky: compromete a democracia, defende corrupção e acaba com liberdade na Ucrânia

Por Redação

07 de fevereiro de 2023 : 08h14

Sputnik – O portal 19fortyfive afirmou que o presidente Vladimir Zelensky comprometeu as leis democráticas na Ucrânia.

Segundo o portal, as reformas realizadas pela Ucrânia demonstram que Zelensky está protegendo a corrupção, além de uma sede de poder incontrolável.

Os defensores políticos da relação entre Kiev e Washington sempre exibem Zelensky como um nobre defensor da democracia que merece uma ajuda militar ainda maior dos EUA.

A idolatria dos EUA está ignorando a evidência da violação descarada de Zelensky das liberdades civis e normas democráticas, afirma o portal.

O portal ainda ressalta que, após o início da operação especial, Zelensky inventou desculpas para proibir 11 partidos da oposição no país.

Além disso, ele usou a lei marcial para emitir um decreto presidencial que integrou todas as emissoras nacionais em uma única plataforma.

Zelensky também proibiu as igrejas russas e impôs duras sanções contra os membros do clero.

Além disso, o líder ucraniano já deixou claro que não permitirá opositores e críticos em seu país, ações que demonstram cada vez mais que Zelensky está longe de ser o defensor da democracia e da liberdade, como cita a “propaganda” dos países ocidentais.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

4 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

EdsonLuíz.

07 de fevereiro de 2023 às 21h09

Fanta,

Ao seu comentário, peço licença para observar que no seu período na presidência dos EEUU Trump era articulado em diversos aspectos -quse todos– com Vladimir putin.

Há documentos mostrando a interferência de hakers e do Serviço de Inteligência(espiões) da Rússia e outros ligados a Putin nas eleições americanas, principalmente por redes sociais, uso de robôs e por meio de matérias de jornalustas para desinformar e influenciar a opinião pública em favor de Tramp.

Responder

    EdsonLuíz.

    07 de fevereiro de 2023 às 21h43

    (Viva! Consegui abrir no espaço correto).
    A rede que Putin usava para apoiar Trump, inclusive nas eleições, certamente é a mesma que hoje opera no mundo para atacar as forças e os países progressistas (França, Canadá, Estados Unidos, Suiça, Suécia, Dinamarka, Noruega, Filipinas, etc)

    O conceito, a definição e a prática progressista nada tem a ver com essa instrumentalização sacana dos valores, dos programas, e da cultura progressista que fazem certas forças atrasadas e que se dizem “de esquerda” em várias partes do mundo. No Brasil, um desses instrumentos de instrumentalização do progressismo é o tal Brasi247 (171?).

    O progressismo vem da cultura Renascentista*, que levou à Revolução Industrial, à Revolução Francesa, ao Iluminismo e avançou e avança, sempre com dificuldade –‘e em muitos momentos com grande dificuldade, como no momento atual— para a universaluzação do capitalismo, qus inevitavelmente levará a história a uma nova relação de produção, mas não é possível garantir que a seta da história será necessariamsnte no sentido da do provresso.

    Os que se dizem progressistas e também se dizem desenvolvimentistas no Brasil levam o Brasil, a América Latina e a África para o caminho autoritário, mesmo fazendo loas democráticas. São impostores.

    O nome de que essa gente atrasada que se diz “de esquerda” e progressista aqui no Brasil gosta nos EEUU é o do populista com discurso de esquerda Bernie Sanders e não o do Joe Biden.

    Eu, pessoalmente, gosto muito do Joe Biden, tanto quanto gostava do Jimmy Carter. E não gostei nada de nenhum outro, especialmente do Trump.

    Responder

Fanta

07 de fevereiro de 2023 às 16h58

O Putin pegou no embalo da eleição de Biden (uma múmia que comprimenta fantasmas) resolveu mandar bombas na cabeça dos ucranianos e o problema é esse Zelensky ?

Com Trump na área não teria feito nada.

Responder

EdsonLuíz.

07 de fevereiro de 2023 às 10h55

Reclama-se muito de fake news, que são alterações nas notícias para alterar e/ou induzir interpretações.

É preciso tomar muito cuidado com fake news, tomando cuidado principalmente em não ser capturado pelos distribuidores destes factóides.

Ser capturado por quem distribui fake news acaba levando até mesmo pessoas que não querem ser impostoras a incorrer em distribuição desses artifícios noticiosos fraudulentos, tipo corrupção, só que corrupção não de dinheiro, mas corrupção de informação.

É claro que quem faz corrupção com dinheiro, especialmente corrupção com dinheiro público, se importa menos ainda de fazer corrupção de informação, de fazer fake news.

Tome cuidado!
Tome cuidado principalmente porque, assim como a grande arte do diabo é fingir que o diabo não existe, quem faz fake news finge que não faz e uma das formas dele esconder suas fake news é sair dizendo que você faz, e não ele.

Mas tome cuidado também com falsificação inteira e direta : MENTIRAS MESMO, que assim como fake news são plantadas para atingir covardemente quem essa gente venal quer tratar como inimiga, elas usam MENTIRAS também para conseguirem seus objetivos perversos.

A RÚSSIA pratica muito a mentira contra quem ela persegue e oprime.

A antiga União Soviética e seus apoiadores sempre fizeram essas acusações perversas. Seus apoiadores fanáticos e doutrinados chegavam a acreditar nas mentiras que contavam. Hoje continuam fazendo isso para apoiar a Rússia macabra, autoritária e abusadora.

Veja-se este caso da GUERRA DA RÚSSIA NA UCRÂNIA: a Rússia invadiu a Ukrânia e comete abusos diários contra o país e contra seu povo e essa gente venal encontra argumentos para apoiar os abusos da Rússia.

A Rússia já havia invadido outro pedaço da Ucrânia, a Kriméia, faz alguns anos, e a Krimeia, que é Ukraniana, continua invadida.

A Rússia comete na Ukrânia todo tipo de atrocidade e espalha sobre a Ukrânia todo tipo de MENTIRA para atingir quem ela, a Rússia, já está torturando e matando.

Os Ukranianos se defendem como podem.

E como na Ukrânia se trata da resistência de um país difícil, porque a Ukrânia foi submetida pela Rússia por 200 anos e por isso tem a cultura muito colonizada pela própria agressora, há mesmo muito na Ukrânia da cultura da Rússia de praticar CORRUPÇÃO GROSSA, que a Rússia, esta sim, pratica muito, do mesmo modo que seus outros países aliados.

Mas o presidente da Ukrânia, Volodimir Zelenski está combatendo a corrupção no seu país, ao contrário do que diz a mentira deste post.

O que você tem de combate à corrupção na Ukrânia é parte do apoio de países como a Holanda, a Dinamarka, a Finlândia, a Suécia, a Suiça, a Noruega e outros para limpar a Ukránia dos russos abusados e invasores e de suas russisses, como a corrupção, que é uma coisa bastante geral, mas é mais geral ainda por parte da Rússia e de seus apoiadores.

Obs.: acabou inclusive de sair uns documentos de corrupção com dinheiro da Rússia para que Eurodeputados venais, Jornalistas venais, Advogados venais e outros espalhem essas mentiras contadas pela Rússia sobre a Ukrânia.

Cuidado para você não se misturar e ser confundido com essa porcalha sem caráter de apoio às mentiras da Rússia.*

*Aqui no Brasil o Jair Bolsonaro e ferramenta políticas do PT (sim: bolsonaro de um lado e PT de outro) apoiam os abusos da Rússia.

Também os apoiadores da rússia desgarrados, que existem aqui no Brasil e em outros lugares, praticam essa corrupção grossa, afinal, essas apoiadores são adoradores da mesma cultura corrupta.

O mundo livre precisa ajudar a Ukrania a resistir aos abusos da Rússia, resistir a esse país autoritário e abusador que a Rússia é, como são autoritários os que a apoiam.

E todos precisamos tomar cuidado com as mentiras que a Rússia manda seus lacaios espalhar contra quem ela petsegue e violenta, e hoje este principal violentado pela Rússia é a Ukrânia, seu pivo e seu surpreendentemente corajoso, trabalhador e inteligente presidente, o Volodimir Zelenski.

Responder

Deixe um comentário