Quem ganhou com o massacre do Pinheirinho?

A síntese dos disparates proferidos sobre a operação foi dada pela secretária de Justiça de Alckmin, Eloísa Arruda, para quem a legalidade está acima dos direitos humanos.

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

(Spamcheck Enabled)