As garças não se sujam

Gaudêncio Torquato publicou um artigo no Estadão discorrendo sobre o fio da navalha pelo qual caminhará Ayres Brito, presidente do STF, para conduzir o julgamento do mensalão. Termina citando um poema do próprio Ayres, que fala na habilidade das garças de caminhar sobre águas pantanosas sem jamais comprometer a alvura de suas penas.

7 comentários

  1. Eu só sei insistir nisso. O tsunami cachoeira virou cataratas de Iguaçu, Lula já usou a palavra inexorável. Acrescento; Uma conspiração favorável em andamento.

    Inexorável dinâmico. Corrente de pensamento, sincronismo, inconsciente coletivo, forma pensamento, imaginário popular, consenso cósmico, etc.

    Julian Assange do Wikileaks “Vivemos tempos extraordinários”

    “Tudo conspira a favor do Brasil” Ricardo Amorim “O Brasil é um país condenado a dar certo”

    Efeito dominó. Consenso “semeadura é livre, a colheita é inevitável.

    Coalizão de vontades do Azenha

    “O parto de uma nova idade” do Mauro Santayana na “Revista do Brasil” de março 2011
    Pode ser acessado por aqui http://joserosafilho.wordpress.com/2011/05/12/o-p… Trecho final;
    “Está surgindo uma nova idade no mundo: o sistema de poder, dominado pelos banqueiros, que faz e desfaz governos, controla a ciência e a tecnologia, determina a vida e a morte de povos inteiros, começa a ser visto em seu horror pelas grandes massas. O que virá depois, não sabemos– mas as dores do parto desse novo tempo já se fazem sentir”
    "avalanche de indicadores positivos durante o governo Lula soterrou o pessimismo” Wanderley Guilherme dos Santos

    “É a percepção generalizada do que o PIG representa. Empecilho á nova era. Nova era do cultivo da paz, Da outrora sensação de que a realpolitik – da força instituindo o direito, da justiça como “o útil do mais forte” a justiça não é nada mais do que a "conveniência do mais forte" para que gradualmente vislumbremos uma America Latina como berço de uma nova civilização.

    Um pensar global e um agir local. Acessar um Cafezinho entre outros.

    Parabéns a todos nós que alimentamos essa corrente de pensamento. Nós mudamos o mundo

  2. Sobre a Delta , a Presidenta sabe mesmo transformar limões em limonadas , vide o caso dos juros , foi só começar a praticar concorrência usando os bancos públicos que todo mundo foi atrás e a mídia e os bancos privados que pintaram o fim do mundo ficaram pendurados na brocha , com isso quem agradece é o povo brasileiro que a anos vinha sendo espoliado pela banca .
    O mais incrível é que só apontam os malfeitos da Delta no plano federal , todo mundo esquece que esta empreiteira possui contrato com estados e municípios .

  3. Miguel , quando as investigações do esquema Cachoeira/Demóstenes forem a fundo e talvez comprovar que os grampos sem áudio foram uma armação deliberada que contou com o apoio do Gilmar Mendes , será um Deus nos acuda em Brasília . Pois , se um membro da mais alta corte do País usou os serviços de um criminoso para atingir politicamente o Presidente da República , ele cometeu um crime contra a nação , seria caso até para impeachment . Neste caso nem o Sarney poderá protege-lo .

  4. Quanto podre, meu Deus.

    Ah, Miguel, você viu o desespero dos leitores do Augusto Nunes quando Hilllary Clinton disse que DIlma impôs padrão global contra corrupção? Os caras tão doidinhos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

(Spamcheck Enabled)