Hoje é a vez de Belo Horizonte pedir Diretas Já | O Cafezinho

O Cafezinho

sexta-feira

16

junho 2017

5

COMENTÁRIOS

Hoje é a vez de Belo Horizonte pedir Diretas Já

Escrito por , Postado em Redação



Foto: SindUte/MG

Do Brasil de Fato

Artistas cantam pelas Diretas Já em Belo Horizonte

O movimento que pede eleições diretas para presidente está ganhando novos formatos. Nas últimas três semanas, os defensores do “Diretas Já” realizaram espécies de shows com cantores e bandas nas capitais do país. Nesta sexta (16) o comício acontece em Belo Horizonte com o evento “Minas pelas Diretas Já”, em ato político que marca também o 55º Congresso da União Nacional dos Estudantes (UNE).

Na Praça da Estação, a partir das 19h, sobem ao palco as cantoras Fernanda Takai (Pato Fu), Marina Machado, Titane, Aline Calixto, Erika Machado, Manu Dias e Giselle Couto, o rapper Flavio Renegado, os violeiros Chico Amaral, Juarez Moreira e Pereira da Viola, os cantores Luiz Gabriel (Graveola e o Lixo Polifônico), Pedro Morais, Dudu Nicácio, Vitor Santana e Afonsinho, Sérgio Pererê entre outros. Espera-se a confirmação de mais artistas, segundo organizadores.

Ato começa às 16h

Antes do protesto-show, na Praça da Estação, acontece uma marcha com concentração às 16h, na Praça Afonso Arinos. A manifestação tem como temas centrais o “Fora Temer” e o pedido de “Diretas Já”. Além disso, os estudantes carregam faixas com nomes de dezenas de estudantes presos, torturados ou mortos pela ditadura militar.

UNE realiza debates abertos em seu 55º Congresso

Dos dias 14 a 18 de junho, Belo Horizonte recebe o maior encontro de estudantes do Brasil, o Congresso Nacional da União Nacional dos Estudantes (CONUNE). O evento está em sua 55ª edição e tem a expectativa de receber 10 mil estudantes de todos os estados. É também um dos maiores pontos de encontro de jovens para elaborar propostas políticas, as reivindicações prioritárias dos estudantes, o calendário de mobilizações e pressão a órgãos políticos.

O congresso acontece no Mineirinho e no campus Pampulha da UFMG e tem participação aberta para os momentos de debate. Veja como se organiza a programação aberta:

14 de junho (quarta-feira)

19h: Abertura do 55º CONUNE e exibição de estreia do filme “Praia do Flamengo 132”. Local: UFMG

O filme conta a história da destruição da sede da UNE no Rio de Janeiro metralhada por apoiadores do golpe de 1964. O documentário traz depoimentos de ex-presidentes da UNE, artistas e intelectuais e o diretor do filme, Vandré Fernandes.

15 de junho (quinta-feira)

9h às 12h: Debates do Eixo Democracia. Local: UFMG

São 11 mesas com diferentes discussões tratando de feminismo, negritude, cultura, reforma política e outros temas. São esperados convidados como Jandira Feghali (deputada federal PCdoB), Chico Alencar (Deputado Federal PSOL RJ) e o ex-ministro Celso Amorim.

16 de junho (sexta-feira)

9h às 12h: Debates do Eixo Educação. Local: UFMG

Dez mesas discutem temas relacionados à educação e às condições para que jovens tenham o direito de estudar garantido. Assistência Estudantil, Escola Sem Partido, ensino à distância, Prouni e outros assuntos prometem esquentar o debate. Dentre dezenas de palestrantes, participam o ex-ministro e ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT) e a secundarista Ana Júlia. Acontece também o lançamento do Plano Popular de Emergência da Frente Brasil Popular com, entre outros, Ricardo Gebrim, Walter Sorrentino e Gleisi Hoffman.

14h às 17h: Debates do Eixo Brasil. Local: UFMG

Com discussões mais amplas, direitos, crise, petróleo, reformas e projetos estarão em debate em 12 mesas. Deste momento participam Bresser Pereira, ex-ministro da fazenda, e Ciro Gomes, ex-governador do Ceará.

17 e 18 de junho (sábado e domingo)

Plenária final, destinada somente a delegados estudantis.

Programação paralela: Cultura todo o tempo 

O Centro Universitário de Cultura e Arte (CUCA) da UNE organiza atrações artísticas durante os dias de debates, 15 e 16 de junho. As apresentações acontecem na Praça de Serviços da UFMG. Um dos destaques é o lançamento do Catálogo de Fotos de 80 anos da UNE, às 14h do dia 15.

Luis Edmundo

editor associado em O Cafezinho
Luis Edmundo Araujo é jornalista e mora no Rio de Janeiro desde que nasceu, em 1972. Foi repórter do jornal O Fluminense, do Jornal do Brasil e das finadas revistas Incrível e Istoé Gente. No Jornal do Commercio, foi editor por 11 anos, até o fim do jornal, em maio de 2016.

sexta-feira

16

junho 2017

5

COMENTÁRIOS

Se você fizer login como assinante do Cafezinho ou usando sua rede social, o comentário será aprovado automaticamente.

5 Comentários em "Hoje é a vez de Belo Horizonte pedir Diretas Já"

Avise-me quando
avatar
Visitante
O modelo de democracia da elite direitosa, tucana, golpista e malcheirosa resume-se assim: eleição direta para presidente sócom a condição que Lula fique fora da disputa, porque com o ex-presidente os golpistas não querem disputar nem jogo de palito. Caso contrário, o plano “A” dos golpistas continua sendo eleição indireta, onde o nosso “glorioso’ e “honrado” congresso fará uso de sua prerrogativa para escolher um substituto do MT, um presidente biônico com o selo do golpe na testa, para continuar tocando a agenda entreguista, privatista e de destruição dos direitos sociais. Isso é o que a ala golpista formada pelas… Read more »
Visitante

Perca de tempo seria ficar de braços cruzados e calados. Vamos lá beaga’ estamos juntos. Estarei lá.

Visitante

HOJE É DIA DE BELO HORIZONTE MOSTRAR QUE TAMBÉM SÃO IDIOTAS, DIRETAS JÁ É O FILÉ MIGNON DO ALMOÇO DOS GOLPISTA..!

Visitante

O pior que é verdade

Visitante

Perda de tempo. Não caiu a ficha q o ordinário do temer vai ficar até o fim. Essa ingenuidade do brasileiro de achar q protestinhos pacíficos com showzinhos vão adiantar alguma coisa já me cansou. Aqui é brasil infelizmente.

wpDiscuz