Comentários sobre o áudio vazado de André Esteves (BTG Pactual)

Lewandowski decide liberar “Gavetão”!

Por Miguel do Rosário

23 de janeiro de 2014 : 12h34

Agora sim a chapa vai esquentar! Pena que a decisão do STF venha tão tarde, depois das condenações. Ao manter o Inquérito 2474 em segredo de justiça, Joaquim Barbosa criou um obstáculo não apenas a defesa dos réus do mensalão, mas sobretudo um obstáculo para o debate público sobre o tema.

O STF vai abrir o mais bem guardado segredo de Joaquim Barbosa

qui, 23/01/2014 – 12:26

Por Luis Nassif, em seu blog.

Entre hoje e amanhã, o presidente interino do STF (Supremo Tribunal Federal) Ricardo Lewandowski tornará publico o Inquérito 2474, o chamado “gavetão”, o mais bem guardado segredo do Ministro Joaquim Barbosa.

O “gavetão” é a peça originária do Inquérito 2245, que resultou no “mensalão”. Na ocasião, o relator Joaquim Barbosa cindiu o inquérito 2245 e as partes não aproveitadas se transformaram no inquérito 2474, aberto em março de 2007, que ele manteve sob segredo de Justiça.

Apesar de garantir que não haveria mais “gavetas” no STF, Joaquim Barbosa recusou-se a divulgar o conteúdo do inquérito.

Em 2011 deferiu pedido formulado pela defesa de Daniel Dantas, abrindo apenas a ele o inquérito (http://tinyurl.com/kgnobew). Mas negou a dois condenados do “mensalão” alegando que não teria nenhuma relação com a AP 470. No entanto, soube-se que laudos da Polícia Federal, que atestariam a participação de Daniel Dantas no financiamento de Marcos Valério, foram encaminhados para o Inquérito 2474, e não para o 2245. Assim como laudos que atestavam a aplicação dos recursos da Visanet em campanhas promocionais.

Ao dar publicidade ao Inquérito, Lewandowski permitirá que não apenas Dantas, mas todos os interessados possam conhecer seu conteúdo.

AS DÚVIDAS SOBRE A 2474

Há suspeita de que, ao excluir as contribuições de Dantas, atestadas por laudos da Polícia Federal, a PGR teria encontrado dificuldades em justificar o montante movimentado por Valério. Daí a razão de ter tratado como desvio os R$ 73 milhões da Visanet, ignorando laudos técnicos que atestavam a aplicação dos recursos em campanhas.

O PGR Antônio Fernando de Souzase fixou em um parágrafo do relatório de auditoria inicial do Banco do Brasil:

“A inexistência, no âmbito do Banco do Brasil, de formalização de instrumento, ajuste ou equivalente para disciplinar as destinações dadas aos recursos adiantados às agências de publicidade dificulta a obtenção de convicção de que tais recursos tenham sido utilizados exclusivamente na execução de ações de incentivo ao abrigo do Fundo”.

O relatório não nega a aplicação dos recursos. Apenas – dada a fragilidade dos relatórios – informava não ser possível assegurar que “foram utilizados exclusivamente nas ações de incentivo ao abrigo do fundo”.

O PGR Souza ignorou o “exclusivamente” e entendeu que o relatório atestava que a totalidade das verbas publicitárias da Visanet haviam sido desviadas. Posteriormente, aposentou-se e passou a trabalhar em um escritório de advocacia agraciado com um contrato gigante com a Brasil Telecom.

A divulgação do 2474 poderá ser de boa valia para Barbosa esvaziar boatos de que seu filho teria sido contratado por uma das empresas beneficiadas com recursos da Visanet, e cujo caso foi transferido para o “gavetão”. Ou de que o Banco Rural teria feito com a TV Globo operações semelhantes às que fechou com o PT.

2474-vem-aí (1)

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

20 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

sergio

25 de janeiro de 2014 às 02h35

A máscara do farsante está ruindo.
Tem um lugarzinho para ele na Papuda, depois do impeachment.

Responder

Nahum Pereira

23 de janeiro de 2014 às 19h53

Ansiosíssimo para ver esse desdobramento. Será que, afinal, o Brasil conhecerá a verdade?

Responder

Neto Peneluc

23 de janeiro de 2014 às 20h02

será?

Responder

Teco

23 de janeiro de 2014 às 15h25

Ver para crer. É muito bom para ser verdade.

Responder

Felipe Tadeu Barata de Macedo

23 de janeiro de 2014 às 16h55

Ele de fato ficou sob sigilo por muito tempo, mas já está acessível há bastante tempo também.

Responder

Felipe Tadeu Barata de Macedo

23 de janeiro de 2014 às 16h53

Segue o inquérito na íntegra dividido em 2 partes:

Responder

Fabiana Baum

23 de janeiro de 2014 às 16h47

Agora o JB vai querer ficar escondido em Paris para sempre.

Responder

nurenberg

23 de janeiro de 2014 às 14h15

joaquim “Stephen” barbosa.

Responder

Suzana De Souza Leão

23 de janeiro de 2014 às 15h55

Ainda estou cética!

Responder

Ermindo Castro

23 de janeiro de 2014 às 15h46

fazer plantão em frente o STF urgente !!!!!!!

Responder

Ermindo Castro

23 de janeiro de 2014 às 15h45

precisam ficar de olho pois o ministro pode vir correndo da Europa e trancar!!!

Responder

Ermindo Castro

23 de janeiro de 2014 às 15h30

tem a Visanet, contratos preferenciais!! tem Banco do Brasil!!

Responder

Ermindo Castro

23 de janeiro de 2014 às 15h28

esse gavetão tem coisa braba !!!!tem o 547 , !!!! que tem muita coisa grande!!!

Responder

Vera Billie Jean

23 de janeiro de 2014 às 13h12

Que venha!!!

Responder

Felipe Tadeu Barata de Macedo

23 de janeiro de 2014 às 15h05

Esse inquérito já foi vazado pela Carta Capital há tempo, eu inclusive tenho uma cópia.

Responder

Pedro

23 de janeiro de 2014 às 12h57

Mais cedo ou mais tarde isso teria que vir a público. As provocações do Sr. Joaquim Barbosa de certo contribuiram para que isso fosse uma prioridade entre os outros ministros.

Responder

Edson Cordeiro da Silva

23 de janeiro de 2014 às 14h50

agora a verdade vem. já estava na hora..quando um homem pensa quê é dono da verdade!!!!.aí o tempo prova quê ela é amiga dos injustiçados..e inimiga dos poderosos opressores.

Responder

Thyago Humberto da Silva

23 de janeiro de 2014 às 14h37

O PIG chora!

Responder

Deixe um comentário

Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou? As Refinarias da Petrobras À Venda pelo Governo Bolsonaro O Brasileiro se acha Rico ou Pobre?