Bahia: Refinaria privatizada provoca desabastecimento de Gás de Cozinha

Viralatismo da mídia nacional convence Fifa a não punir Zuñiga

Por Miguel do Rosário

07 de julho de 2014 : 13h36

Mais um triste capítulo para a história do futebol e do viralatismo nacional foi escrito hoje.

A falta de indignação da nossa mídia contra a agressão à Neymar deu resultado. A Fifa, que emitiu condenação duríssima contra o uruguaio Suárez, por uma mordidinha no adversário, não fazer absolutamente nada para punir o colombiano Zuñiga, que quase quebrou Neymar ao meio com uma joelhada.

Está liberado trucidar jogadores brasileiros em campo. Não pode morder. Quebrar costela, pode.

*

Fifa decide não punir Zúñiga por falta que tirou Neymar da Copa do Mundo

Comitê Disciplinar ainda decide não retirar cartão amarelo de Thiago Silva, que segue suspenso para o jogo contra a Alemanha, pela semifinal do Mundial do Brasil

Por GloboEsporte.com

A CBF cobrou, os torcedores brasileiros reclamaram, mas a Fifa não vai punir o colombiano Zúñiga pela falta no jogo pelas quartas de final que tirou Neymar da Copa do Mundo. O Comitê Disciplinar da entidade soltou um comunicado oficial explicando porque não poderia punir o jogador colombiano. No mesmo aviso, o comitê também nega o pedido da CBF para retirar o segundo cartão amarelo de Thiago Silva, que suspende o capitão brasileiro para o jogo contra a Alemanha.

Segundo o Comitê Disciplinar da Copa, o lance não escapou aos olhos dos árbitros em campo, que é a primeira das duas condições cumulativas para que o artigo 77 a) do Código Disciplinar da Fifa seja aplicado.
No caso do artigo 77 b), que também permite que o Comitê reveja um lance, também não pode ser usado porque nenhum cartão foi mostrado ao jogador Zuñiga. Esse artigo só pode ser aplicado caso o árbitro mostre algum cartão para o jogador errado.

Quanto ao pedido da CBF para que o cartão amarelo que Thiago Silva recebeu no jogo contra a Colômbia, e que o suspende do jogo desta terça-feira contra a Alemanha, o comitê alegou que não existem bases legais para o requerimento. Dessa forma, o capitão brasileiro segue suspenso para as semifinais.

Neymar fraturou a terceira vértebra lombar após sofrer uma joelhada do colombiano Zúñiga, nas costas, pouco antes do final do segundo tempo. O jogo terminou com vitória do Brasil, por 2 a 1, e classificação para a semifinal, mas a perda de seu principal jogador acabou sendo uma grande derrota para o Brasil.

Depois de ter sido atendido em um hospital em Fortaleza e retornar com a delegação, o camisa 10 da seleção decidiu não continuar na Granja Comary e seguiu de helicóptero para sua casa, no Guarujá. Neymar se mantém em repouso e recebe visitas apenas de amigos e familiares.

O médico da seleção, José Luiz Runco descartou qualquer possibilidade de Neymar voltar à seleção caso o Brasil vença a Alemanha e avance à final. Segundo o médico, o jogador precisa de tempo para calcificar a lesão e entrar em campo seria arriscado a seu futuro como atleta. Inicialmente, o tempo de estimado para o retorno após uma lesão desse tipo é entre 40 e 45 dias.

No dia seguinte ao ocorrido, Zúñiga usou as redes sociais para desejar melhoras a Neymar e dizer que não teve maldade na jogada. O colombiano recebeu apoio dos companheiros e de seu povo, que se manifestou a seu favor na calorosa recepção da seleção a Bogotá, nesse domingo.

 

contusao2_1

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

45 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Dante

10 de julho de 2014 às 15h17

Nossa, que bola fora do Cafezinho, hein?

Responder

    Miguel do Rosário

    10 de julho de 2014 às 15h29

    Bola fora porque? Só porque o assunto não é unanimidade?

    Responder

Maria Nedithe Pereira

08 de julho de 2014 às 15h09

A fifa usa dois pesos e duas medidas contra o brasil. Abaixo a fifa e a mídia brasileira mentirosa e manipuladora.

Responder

Camisa 10 da várzea

08 de julho de 2014 às 12h05

Qualquer um que já jogou futebol, de forma competitiva e acompanha o futebol, mais com a razão do que emoção, consegue entender o seguinte:

1- A bola veio espirrada da zaga, logo, não é um lance armado ou “telegrafado”, ou seja, a bola pode cair em qualquer lugar.
2- A bola vem pelo alto.
3- O Zuniga vai para uma disputa de bola aérea e olhando SOMENTE A BOLA. Sim, ele sabe que existe um jogador com o qual ele vai disputar a bola.
4- O Neymar vai para dominar a bola com a coxa, para depois, continuar com ela no chão.
5- Momento do choque entre os jogadores:

>>>>> O Zuniga salta para a disputa de cabeça. Ao perceber que o outro jogador não subiu para a jogada, o seu corpo faz os movimentos naturais para procurar apoios. Nesse momento a mão pega na nuca do Neymar e o joelho vai às costas do jogador.
Erro do Zuniga: Foi afoito na jogada. Foi para fazer a falta e usou de força excessiva, mas não teve a intenção de machucar o Neymar.

>>>>> O Neymar curva o corpo para dominar a bola. Nesse momento ele joga o corpo para trás e recebe a pancada nas costas.
Erro do Neymar: Não verificar se vinha um marcador às suas costas. Ele se esqueceu de dar “aquela olhadinha” rápida para ver se não vinha ninguém atrás.

Olhar só a finalização da jogada, ou seja, o Zuniga já com a mão na nuca do Neymar e o joelho nas costas é errado.

A jogada tem que ser analisada em todo o seu contexto.

TODA vez que os jogadores têm “leituras” diferentes da jogada, para a qual estão indo, podem acontecer duas situações: Ou um drible fantástico ou uma falta horrorosa.

Não estou defendendo o Zuniga, mas só o crucifixa quem nunca jogou futebol competitivamente.

Se o David Luis tivesse cometido o mesmo lance, contra o camisa 10 da Colômbia, o James Rodrigues, o pessoal estaria pedindo a cabeça do David Luis ?!?

O Brasil ganhará da Alemanhã de 3×0
Pegará a Argentina na final e fará 2×0 nos hermanos !!!

O Brasil já ganhou a Copa fora dos gramados, agora, só falta ganhar dentro !!!

Responder

    Camisa 10 do pântano

    17 de julho de 2014 às 09h41

    Qualquer um que já jogou futebol, de forma competitiva e acompanha o futebol, mais com a razão do que emoção, consegue entender o seguinte:

    1 – A bola veio à frente do Neymar, a grande distância que não justificava o rapaz colombiano pular como se fosse cabecear;
    2 – O Zuniga, e todos os outros jogadores, na verdade todos nós, temos uma coisa chamada “visão periférica”. Não tem como fazer um “túnel visual” apenas na bola e “não ver” o que se passa no entorno.
    3 – Não há motivo algum para pular com o joelho arcado para a frente. Qualquer um que já fez arte marcial sabe que é muito mais difícil acertar um golpe com potência do que acertar uma “trombada” que seja um projeto de golpe. Um golpe exige uma coordenação do movimento para por todo o peso do corpo em uma pequena área de pressão. Exatamente o que o Zuniga fez.
    4 – A diferença entre o caso do Suárez e do Zuniga é que a mordida é evidentemente estranha ao futebol, ou seja, de responsabilidade objetiva, enquanto o lance do Zuniga depende de provar seu dolo (o que é difícil pois ele diz que foi “sem querer” e um monte de gente que não tem experiência em campo ou em lutas acha que “faz sentido”).
    5 – O Aguero, se não me engano, também deu uma “trombada” sem querer no Schweinsteiger na final da Copa, abrindo um corte abaixo do olho, que sangrou muito. Foi também um “tapa” sem querer? Óbvio que não, ele pulou com a mão em punho e fez o movimento. Tente pular o mais alto possível; garanto que não precisará cerrar um punho.

    Responder

sergio

08 de julho de 2014 às 11h16

Cara, deixa de ser vira latas… O sujeito foi maldoso… nem olhou para a bola… ficou olhando para cima enquanto a bola estava embaixo, no peito de Neymar… E aí o sujeito saltou… Saltou para quê? Se a bola já estava embaixo… e continuou olhando para cima como quem não tivesse visto o Neymar à frente.. E se não bastasse isso ainda flexionou o joelho… Sem falar que minutos antes deu de sola no joelho do Hulk sem bola.. Crime e se o Brasil tivesse um delegado na cidade… teriam prendido esse marginal.

Responder

Gabriela Guimaraes

08 de julho de 2014 às 13h10

Ganhou um por fora, já tinha tentado no joelho de Hulk.

Responder

Maria Rute Maciel Neves

08 de julho de 2014 às 12h52

Indignada.

Responder

Edson Silva

08 de julho de 2014 às 09h12

Lance normal de jogo? Você nunca deve ter jogado futebol para falar uma asneira dessa ou é louco ou é um dos coxinhas que torcem contra o Brasil. Nem em pelada de várzea esse lance seria considerado normal. Nem no futebol americano, que é jogo para brucutús, esse lance seria normal.

Responder

henrique de oliveira

08 de julho de 2014 às 08h51

Bate mas assopra só para fazer uma médiazinha , na verdade quer mais é que o BRASIL se ferre.

Responder

Vitor

08 de julho de 2014 às 07h57

Foi certamente sem querer. E ele foi expulso e suspenso da Copa… Mas o ponto aqui é outro… Independente de o Zuniga merecer ou não ser punido, a mídia bateu nele sim, especialmente a Globo… Viralatismo do Cafezinho!

Responder

Ana Engajada

08 de julho de 2014 às 04h18

Rodrigo Silva,joelho nas costas, nunca sera normal, levantar o joelho já é algo errado no lance. E não foi uma lesão foi uma FRATURA. Não se justifica as opiniões raivosas ou racistas de pessoas na internet que podem ser um idiota qualquer com a responsabilidade da Fifa e do jornalismo diante dos fatos.

Responder

Rodrigo Silva

08 de julho de 2014 às 03h52

Este blog perdeu pontos comigo. Pode não ser nada para o blog, mas representa muito para mim. Lance normal de jogo. Neymar não foi o primeiro, nem será o último a sair de uma Copa por uma lesão de jogo. Não tem nada haver com “viralatismo” da mídia. E ainda dá argumentos( todos furados) para idiotas continuarem com essa campanha contra o Zuniga, chamando o cara de bandido, assassino, com ofensas racistas, etc.

Responder

Jose Celio Pires

08 de julho de 2014 às 02h28

Foram inventar de descobrir (e CONTAR PARA O MUNDO) a falcatrua da FIFA com os ingressos e cambistas . Deu nisso !!Ficaram “bravinhos” e não fizeram nada para punir o bandido Zuniga ( o que ele fez é CRIME, não é futebol).

Responder

David Alexander

08 de julho de 2014 às 01h17

Bola fora do cafezinho essa materia

Responder

Rosana Gloria de Senna

07 de julho de 2014 às 23h56

certo é que o time é um coletivo. não é soh neymar. só penso que esses trogloditas não podem sair chutando,mordendo as pessoas.já pensou se isso fosse normal na vida cotidiana. me poupe,me economize.agora a punição teria que haver,com juiz ,em juiz, porque as pessoas tem que se respeitar,ppalmente pessoas públicas,os melhores do mundo.

Responder

Guilherme Preger

07 de julho de 2014 às 22h52

a grande mídia toda está pedindo o pelourinho para o zuniga. é mais uma insólita cumplicidade entre grande mídia e blogueiros, mas está longe de ter sido a primeira

Responder

Josear Pemen

07 de julho de 2014 às 22h00

Alguem entende os criterios da FIFA.

Nesse caso o Luis Suarez debe ser inocentado tambem.
Sua falta (morder o adversário) nem sequer parou o jogo para ser atendido.
Admitindo que o Zuñiga nao fez com intençao tambem o cartao amarelo do Thiago Silva debia ter sido anulado pois tampoco ele impidio q o goleiro chutase a bola a proposito.

Eu ja nao entendo.mais os criterios dos arbitros da copa dados pela FIFA.

Responder

Paulo Antonio Bondan

07 de julho de 2014 às 21h23

Ow cafezinho fale um pouco da entrada normal que o Leonardo fez no americano na copa de94

Responder

Leonardo Rosa

07 de julho de 2014 às 21h16

Lixo de mídia

Responder

sergio m pinto

07 de julho de 2014 às 17h58

O fato é o seguinte: as arbitragens nessa copa foram horrorosas. O tal de zuniga deu duas entradas prá lá de fortes: uma no Hulk e outra no Neymar. Nenhuma delas resultou em cartão amarelo, que seria o mínimo.
Tudo por conta de uma orientação prá maneirar nas punições. Onde já se viu isso? Punição tem que ser dada de acordo com as regras. Cansei de ver entradas por trás nos jogadores e isso está definido como punição com cartão amarelo.
A quem isso aproveita?

Responder

Ana Luíza Drummond

07 de julho de 2014 às 20h56

Acompanho o blog, gosto muito, mas erraram feio dessa vez. Ouvi o Datena dizendo que a entrada foi “assassina”, o Luciano Hulk e Galvão cair matando o Zuniga, tanto que ele foi super atacado nas redes sociais. Erraram feio dessa vez, O Cafezinho.

Responder

Ana Luíza Drummond

07 de julho de 2014 às 20h56

Acompanho o blog, gosto muito, mas erraram feio dessa vez. Ouvi o Datena dizendo que a entrada foi “assassina”, o Luciano Hulk e Galvão cair matando o Zuniga, tanto que ele foi super atacado nas redes sociais. Erraram feio dessa vez, O Cafezinho.

Responder

C.Paoliello

07 de julho de 2014 às 17h37

Já estão contra o Brasil: o desfalque de Neymar, os juízes, o comitê de arbitragem da FIFA, os demotucanos, a torcida apática nos estádios e, claro, a velha e carcomida mídia dominante.

Responder

Francisco Ebeling Barros

07 de julho de 2014 às 20h12

Só faltou a Globo pedir que o Zuniga fosse para a guilhotina… Acho que não é por aí…

Responder

Francisco Ebeling Barros

07 de julho de 2014 às 20h12

Só faltou a Globo pedir que o Zuniga fosse para a guilhotina… Acho que não é por aí…

Responder

mineiro

07 de julho de 2014 às 16h47

os blogs progressistas combate a midia e eu assino em baixo , mas nessa copa ta vergonhoso a parcialidade dos blogs progressista em tudo , nao ve uma critica se quer. de torcer para a seleçao ninguem aqui é contra , ir na mesma linha da imprensa golpista ajudando nessa comoçao idiota, claro que o lance foi violento e ninguem acredito vai discordar , mas fazer comoçao nacional e transformar esse neymar martire, tenha a santa.

Responder

Jose Roberto

07 de julho de 2014 às 18h58

A globo só faltou aplicar cartão vermelho no colombiano,cara vai ser parcial assim em havana,claro lendo Gramsci

Responder

Cezar

07 de julho de 2014 às 15h09

Pois é Cafezinho… Dessa vez vou discordar. Olha que sou santista e tenho o Neymar como um de meus ídolos no futebol, atrás de Pelé, Pepe, Giovanni, Robinho e Diego. Quem joga futebol sabe que essas coisas são do jogo. Um instante de insentsatez e pronto. Não acredito que o colombiando tenha entrado para quebrar, claro que houve certa maldade, mas não posso crer que ele assumiu o risco de produzir uma contusão dessa magnitude.

Responder

    Maria José

    07 de julho de 2014 às 18h17

    Ele assumiu o risco, sim, de causar uma lesão grave, no Neymar, pela maneira que entrou na jogada. Revendo as imagens, dá para perceber, que a entrada, foi mais do que imprudente. Foi maldosa mesmo.

    Responder

      Paulo Brasileiro

      08 de julho de 2014 às 10h43

      O Neymar estava sem a bola, o sujeito da colombia (sic) dá joelhada criminosa com o propósito de quebrar o Neymar para tirá-lo da partida.
      Se isso é do jogo, vou comprar um trinta e oito pra jogar pelada.

      Responder

Wagner Magalhães

07 de julho de 2014 às 17h34

Sobre o jogo do Brasil, nós batemos muito mais. O jogo foi pegado, o juiz deixou assim. O lance, em que pese forte, estava no contexto da partida. Neymar deu azar.. É como eu vejo.

Responder

Wagner Magalhães

07 de julho de 2014 às 17h33

O Cafezinho, com todo o respeito, acho equivocado achar que a FIFA puniu o Suárez por conta de uma “grita” da imprensa. Vejo Suárez uma espécie de persona non grata pela FIFA há muito, desde a Copa de 2010, quando ele, com aquela mão no jogo contra Gana, praticamente tirou os africanos da semifinal. Foi marcado o penalti no lance, mas o ganês perdeu a cobrança e o Uruguai acabou avançando.. Não fosse aquela mão, Gana teria avançado. Além disso, Suárez tem um comportamento, digamos, fora dos padrões que a dona FIFA exige dos jogadores. Enfim, na minha opinião, o que a FIFA fez com o Suárez é um ponto absolutamente fora da curva.

Responder

O Cafezinho

07 de julho de 2014 às 17h30

wagner magalhaes não é mídia ser “punitiva”. se ela expressasse indignação contra uma brutalidade imperdoável no futebol, teríamos outro resultado. não consigo ver como normal um jogador dar uma joelhada em outro e lhe romper as costelas (podia ter aleijado neymar)

Responder

Pedro Dutra

07 de julho de 2014 às 14h18

é…o Miguel deu uma viajada aí agora. tá todo mundo revoltado

Responder

Vanilson Ferreira

07 de julho de 2014 às 17h09

Um pouco óbvio, a FIFA punindo Zuñiga, estaria assumindo a culpa de um crime cometido pelos seus próprios agentes intra-campo(Juízes), crimes estes, que foram recomendados de forma indireta quando o Juiz não puniu o jogador com um cartão colorido!!

Responder

sergio

07 de julho de 2014 às 13h46

Revoltante… O Brasil recebeu tão bem a copa, as seleções e os torcedores, merecia ser respeitado como um mínimo de gratidão. Lamentável. Me sinto agredido pelas costas e esse PIG medíocre, baixo, cretino, torpe, desgraçado, mais uma vez apunhala os nossos sentimentos enquanto nação.. Sentimento de injustiça e indignação. Faltou o Zé da Justiça mandar a PF prender aquele colombiano criminoso por lesão corporal.. Já que esperávamos que ia dar nisso mesmo. Todos contra o Brasil nesta copa. Inveja internacional, torpeza do PIG nacional..

Responder

Vitor

07 de julho de 2014 às 13h44

Miguel, sério, concordo com vc que a mídia brasileira é tudo aquilo que nós pensamos ser, mas dessa vez você exagerou… Sugiro procurar um psicólogo, você está enxergando o diabo em todos os lugares!

Responder

    sergio

    07 de julho de 2014 às 13h49

    A cara, vc é que precisa. O cachorro colombiano solou o joelho do Hulk minutos antes. Depois pulou nas Depois nas costas do Neymar qdo não havia bola a ser disputa, Neymar à frente e ainda abaixou para receber a bola. Pq o cretino pulou se a bola estava à frende de Neymar e à baixa altura? Por outro lado, o cretino pulou e armou o joelho contra as costas do jogador do Brasil.

    Responder

      Vitor

      07 de julho de 2014 às 14h05

      Se ele deveria ser punido ou não é discutível, concordo! Mas o que a mídia tem a ver com isso? Li várias pessoas falando que deveria e outras que não… Acho que o Miguel deu uma viajada e você não entendeu o meu post!

      Responder

        Vitor

        07 de julho de 2014 às 14h08

        O Galvão mesmo quase chamou o colombiano de assassino…

        Responder

Wagner Magalhães

07 de julho de 2014 às 16h44

Ahh, quer dizer que a mídia nacional precisa ser mais punitivista do que já é? Acho que não é por aí…

Responder

André Quitério

07 de julho de 2014 às 13h44

Não concordo de forma alguma com o enquadramento da notícia, Cafezinho. Nossa mídia é vira-latas, claro, mas nesse caso eles estavam apoiando a punição, alguns até incentivando o clamor das pessoas, como o Luciano Huck em seu programa. Só se fala disso o tempo todo, desde quando aconteceu. Não entendi essa abordagem sua, achei bem inválida. Abraço

Responder

    mineiro

    07 de julho de 2014 às 16h40

    eu sou contra essa midia tucana , esgoto , golpista , mas eu concordo em genero e grau com o comentario aqui, eles so faltou por o colombiano na cadeira eletrica. agora voces é que devem assumir a culpa e parar com essa comoçao idiota , o lance foi violento logico que foi e merece ser pundio como o suarez foi , agora taxar ele de criminoso ai é o fim da picada. o que me parece é que os blogueiros progressista é estao querendo por o zuniga na cadeira eletrica. tenha a santa paciencia o neymar vai voltar a jogar. agora que ta dando nojo essa comoçao nacional ta.

    Responder

      Oscar Müller

      07 de julho de 2014 às 18h19

      Mineiro,

      como assim “fim da picada”?

      Voadora covarde, pelas costas, de joelhaço na coluna, é prá aleijar, é crime em qualquer canto, o fim da picada é considerar que no gramado, pode…

      Pense bem, com que justificativa? Esporte? Não cola. Tem bola neste brinquedo, não é obrigatório o uso de luvas porque não é box. Espetáculo? Também não dá, rinhas de galo também são proibidas, e as vítimas nem são humanas.

      Passou o tempo de se divertir vendo os leões jantarem cristãos, não achas que foi uma evolução?

      Responder

Deixe um comentário