Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

Aécio, um modelo de superação!

Por Miguel do Rosário

26 de abril de 2015 : 11h30

cd3419d404c1143b5be3a6048a5b9860b17b8dd0015e1648248fae18e045a803


 

Você assistiu ao vídeo de Joseph Climber de motivação emocional? É um dos maiores sucessos do youtube, com mais de 5 milhões de visualizações.

Antes de ler o texto, aconselho antes assistir ao vídeo, para poder entender melhor.

O cientista político, blogueiro e amigo Rogério Dultra escreveu um texto em homenagem à Aécio Neves, inspirado nesse vídeo.

O Cafezinho incluiu, na lista de blogs seletos, o blog de Rogério Dultra, na coluna lateral.

*

O Joseph Climber da motivação política*

Por Rogerio Dultra dos Santos, em seu blog Democracia e Conjuntura.

Playboy com um passivo considerável relativo a vôos de helicóptero, aeroportos e afins, Aécio alçou, ele próprio, um vôo que sonhara e que, sonhando, viu despedaçar-se literalmente no último segundo do segundo turno.

Acontece que uma queda desta altura não poderia ser deglutida sem luta.

O fato é que existem pessoas que não se abatem por nada. Até os mais terríveis obstáculos são encarados como novos e maravilhosos desafios.

Assim, hoje entenderemos a história de Aécio que, no auge de sua carreira, pretendeu ser presidente.

Mas a vida, a vida é uma caixinha de surpresas.

E numa bela manhã de sol, Aécio acordou derrotado.

Qualquer um de nós ficaria chateado, triste, desmotivado. Mas não este homem. Não Aécio.

Ele abandonou a carreira de candidato e arranjou um emprego como presidente wanna be.

Por motivos insondáveis, passou a freqüentar festas e jantares proclamando, de forma comedida, o seu ministério fantástico.

Ainda na época de campanha, colocou o se futuro Ministro da Fazenda em campo. O programa de arrocho, desemprego e de nenhum cuidado com programas sociais não fez sucesso.

Mas Aécio não desistiu, nem parou por aí.

Em pouco tempo de elucubração, conseguiu montar quase todo o seu staff imaginário e, nesta semana, num jantar na casa de um dos diretores da Vênus Platinada, confessou a sua mais importante aquisição.

Num exemplo de perseverança, num exemplo de que não devemos desistir tão facilmente, declarou que, diferentemente dos anônimos assessores de Dilma Rouseff, o seu Ministro das Relações Exteriores seria FHC, o maior defensor do terceiro turno!

Mas a vida, a vida, meus amigos, a vida é uma caixinha de surpresas.

E numa bela manhã de sol, Aécio descobriu que, de repente, somente ele acreditava no impeachment.

Na esteira desta notícia, ele percebeu que Marina Silva e, de quebra, todo o seu partido, recuaram na proposta do golpe.

Qualquer um de nós, com este fato político, ficaria chateado, desmotivado, abatido.

Mas lembrem-se que estamos falando de Aécio! Aquele que passou a comunicar-se com os manifestantes pró-impeachment através de vídeos maneiros dentro de seu apartamento em Ipanema, dizendo a todos: – Vem pra rua comigo!

E vejam o que é a perseverança! Vejam o que é a força de vontade!

Graças à sua fantástica habilidade de comunicação, adquirida depois de anos de censura violenta à imprensa no Estado de Minas Gerais, resolveu abandonar de vez o respeito às instituições democráticas.

Aécio é um exemplo de que não devemos desistir tão fácil. O mais impressionante é que, mesmo sem o apoio do partido, mesmo destituído do status de liderança política considerada e ouvida, Aécio, neste momento, solta um urro desesperado de libertação.

Aécio resolve, hoje, continuar insistindo na disputa presidencial de 2014.

E assim, em uma noite especial, fechado em seu apartamento, envolto em uma aura de magia, Aécio incorpora o espírito de Carlos Lacerda.

Neste momento, ele se imagina nas rodas políticas mais altas do mundo.

Os BRICS, a Cumbre das Américas, o G20, e mesmo o discurso inaugural na ONU tornam-se parte do seu itinerário onírico.

E, hoje, este incrível homem que aqui está, sem que percebêssemos, e em pouquíssimo tempo, tornou-se o mais feliz e qualificado colaborador de Jair Bolsonaro pelo impeachment!

* Inspirado no vídeo e copiando o texto dos Melhores do Mundo, no Programa do Jô.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

12 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Maria Eunice

28 de abril de 2015 às 11h37

Não nos esquecamos.Sem o empurrão de mentiras das pesquisas eleitorais e sem a morte de Eduardo Campos Aécio hoje seria tao lembrado quanto Levy Fidelix.

Responder

Marcelo Gaúcho

27 de abril de 2015 às 15h11

Cocaína demais faz mal à saúde.

O neoliberalismo vai morrer surtado.

Responder

maria meneses

26 de abril de 2015 às 20h55

Amei. É isso mesmo. Quero mais.

Responder

julio campos

26 de abril de 2015 às 20h15

Kkkkkkkkk

Responder

Arestides Fronza

26 de abril de 2015 às 19h55

Fantástico não. Uonderfulllllllll….

Responder

a vida como ela é

26 de abril de 2015 às 18h56

?????????

Responder

Simone Simona

26 de abril de 2015 às 21h03

Carlos Amaral vem dar risada. kkk

Responder

Maria Cristina Sette

26 de abril de 2015 às 18h14

Acreditar é mais fácil que pensar….

Responder

Omar Gonçalves

26 de abril de 2015 às 18h06

“Colaborador de Jair Bolsonaro pelo impeachment”
Ou seja, Aécio vale menos que o peso de papel da peça original…

Responder

Henrique Pedreira

26 de abril de 2015 às 18h02

Fernando Limna,Francisco Costa, eis o homem!

Responder

Henrique Pedreira

26 de abril de 2015 às 18h01

Aaron Enrico,Brenda Podanosqui,Cintia Maria Lemos Tavares,Ed Ferreira,Eura Ataide,Jay Wallace Mota, eis o homem!

Responder

Alexa Archer

26 de abril de 2015 às 17h52

fantastico!

Responder

Deixe um comentário