Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

Os percalços e sucessos do golpe

Por Miguel do Rosário

03 de julho de 2015 : 11h28

O blogueiro está um pouco enrolado hoje e por isso vou deixar aqui algumas sugestões de leitura, acompanhadas de comentários. Provavelmente vocês já leram a maioria, mas vale a ênfase, até porque precisamos compartilhar ao máximo essas denúncias contra o arbítrio, os golpes e as conspirações.

Primeiro, vamos ao Tijolaço, do meu parceiro Fernando Brito. Vou indicar os cinco últimos posts dele (amanhã estou lá, escrevendo também).

1) Mídia “abafa” escuta e, na falta de um ministro da Justiça, vale o “Mário”…

Texto muito bom do Fernando Brito sobre dois fatos: a gravíssima e ilegal escuta encontrada na cela de Youssef, que pode melar a Lava Jato; e o destaque ridículo que a mídia deu a uma fofoca sem sentido do próprio Youssef. O caso grave é abafado; o caso pueril é elevado à grande notícia.

2) O caso da escuta pode melar a Lava Jato? É o que ameaça o advogado de Youssef

É o post anterior ao citado acima, ainda sobre o caso da escuta ilegal encontrada na cela de Youssef. Traz detalhes sobre as reportagens feitas na grande imprensa sobre o episódio que poderia, em tese, servir para amainar os ímpetos golpistas da Lava Jato, se tivéssemos um ministro da Justiça interessado em defender a estabilidade de seu próprio governo.

3) Agente e delegado acusam dirigentes da PF por escuta e por sindicância “armada”

Elementos que agregam gravidade à denúncia sobre o grampo encontrado na cela de Youssef. A sindicância para apurar o caso é falsa. O golpe protege a si mesmo.

4) Telmário Mota, no Senado: José Serra é um traidor do Brasil. Imperdível

Um vídeo para lavar a alma deste nosso Brasil nacionalista, que anda tão abatido com a onda crescente de ataques sórdidos, partindo da direita e mídia. O senador Telmário Miranda descasca o entreguismo de José Serra.

5) Mello: “em 48 h não tivemos duas sessões legislativas”. Cunha atropelou a Constituição, ouça

Pois é, desta vez, o golpezinho sujo de Eduardo Cunha pode sair pela culatra. A movimentação nos altos escalões da República e na cúpula da comunidade jurídica tem sido muito intensa para barrar a tirania inconstitucional de Eduardo Cunha. Quando perde uma votação, ele simplesmente vai votando outra vez, até ganhar, qual uma criança mimada que não aceita perder o jogo.

Agora vamos para o Brasil 247, que o UOL quer fechar para ficar com o dinheiro das verbas públicas.

6) Estaleiro fecha as portas no Rio.

Olha só no que está dando a irresponsabilidade da República do Paraná. Em sua ânsia golpista para desestabilizar o governo, está provocando fechamento de grandes empresas, e empresas estratégicas, justamente num momento delicado de nossa economia. A corrupção tem de ser combatida, mas com espírito republicano e responsabilidade, para não provocar danos à sociedade. Os prejuízos causados pela Lava Jato superam em muito tantos os desvios cometidos, e transformam a intenção dos procuradores de “recuperar” 1 bilhão em piada de mau gosto. É como alguém matar todas as galinhas do seu galinheiro e depois te dar alguns ovos como “compensação”.

7) O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, agora está chantageando publicamente o seu próprio partido. Com a chantagem, conseguiu uma sobrevida. Ninguém está pedindo que “interfira” no lado sério das investigações, ministro. E não é o PT. É um setor fortíssimo da sociedade, incluindo aí a OAB, grande parte da comunidade jurídica, e até ministros do STF, que já se manifestaram em alto e bom som contra os arbítrios da Lava Jato. Sobretudo, era preciso que o senhor liderasse um debate sobre os perigos da judicialização da política. Que fizesse ao menos uma condução política progressista e irresponsável do debate sobre a Lava Jato. E não ficasse aí pelos cantos, dando entrevistas à TV Veja, e fazendo insinuações contra seus próprios correligionários – para ficar bem na mídia, evidentemente. Se você fala mal do PT, a mídia imediatamente lhe protege e lhe blinda, mas isso – para ser delicado – é mau caratismo político.

8) Sobre a votação no TSE, que decidirá sobre as contas da campanha de Dilma. Eu tenho a impressão que tudo isso é uma palhaçada, um jogo armado. O TSE virou um mini-parlamento. Seus votos são decididos de maneira puramente política. Então rola apenas um jogo de pressão, um teatro. Não tenho confiança. Por isso era tão importante uma mídia plural, para que o jogo de pressões democráticas se desse de maneira um pouco mais equilibrada. Do jeito que está, os golpistas tem a grande mídia, abastecida com bilhões em verbas federais e estaduais, e a legalidade democrática tem apenas alguns blogs e redes sociais contra-hegemônicas. Agora: imaginar que o destino da República estará em mãos de Fux, é dose para leão. É tão trágico que dá vontade de rir. Sobretudo se lembrarmos que foi Dilma que o nomeou.

9) Moro critica outra empreiteira por se defender na imprensa

Moro é um ditador incrível. Daria um belo tiranete numa república de banana. Quer dizer que os procuradores, os delegados, ele próprio, podem acusar à vontade na imprensa? Os réus não podem se defender? Qualquer manifestação em prol de sua inocência é mais uma “prova” de que se deve permanecer preso? Ele diz que os empreiteiros usam seus bilionários recursos para se defender. Ora, ele faria o mesmo tipo de acusação se os empreiteiros publicassem, a baixo custo, sua defesa em blogs. Aliás, vale lição para os empresários de todo o país. Uma imprensa monopolista e golpista põe em risco a segurança pessoal, jurídica, financeira e política de qualquer cidadão e qualquer empresa. O sujeito, para se defender, tem de pagar anúncios milionários.

10) CUNHA LIMA MARCA LARGADA DO GOLPE: 14 DE JULHO

Eu estava torcendo para que minha tese sobre o golpe de agosto fosse paranoia. Mas pelo jeito não é. Todos os elementos estão se convergindo. Enquanto isso, o ministro da Justiça, ao invés de furar a bolha do golpe, protesta contra o PT… E a presidenta, muda. Uma coisa é certo. Se ele vier, terá que ser rápido, para não dar espaço para a defesa do governo. Manter o governo mudo e amordaçado, como já está, será fundamental. A reportagem do UOL tentando desqualificar o trabalho da mídia alternativa também cumpriu tarefa para o golpe. Afinal, é preciso deslegitimar as únicas vozes que protestam contra uma campanha em uníssono da grande mídia para violar a soberania popular.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

31 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

José Pereira Barros

04 de julho de 2015 às 17h55

Isso que não concordo!Vemos mais gente á favor do governo,e á mídia mostam que á maioria é contra!estão dando pesquisa igual dava na campanha eleitoral,é inversamente,é um bando de desenformados mesmo!

Responder

Ingrid Mariana

04 de julho de 2015 às 05h15

Muito bom, Miguel!
Coletânea de links nota 10! Gosto mto desse formato de postagem = link+resumo+comentários do blogueiro…

******************
Sobre a movimentação dos udenistas de plantão em direção ao golpe, creio que não se sustentam, vejamos:

1) O teto de vidro dos hipócritas vai desabar sob suas cabeças. Esse pessoal radical que pede intervenção militar de trejeito fascista e antidemocrático é minoria. Não me esqueci do fracasso das manifestações de 15 de março amplificadas pela histeria midiática, mas formada por eleitores do Aécio inconformados por ter perdido a eleição.

2) Não acredito nas pesquisas de opinião divulgadas por datafolha e ibope, fato é que a presidenta tem mais apoio do que essa gente ama dizer. Esse pessoal mentiroso e manipulador não é medida nem parâmetro confiável.

3) Uma pessoa muito sábia disse que é próprio do Espírito do brasileiro oscilar entre a terça feira gorda e a quarta feira de cinzas. Tudo muito oito ou oitenta: otimismo alucinado ou pessimismo apocalíptico. Não, eles não tem capital político pra bancar uma ruptura institucional desse porte e sim, eles têm consciência disso. Toda essa movimentação não passa de desespero por saber que de um modo geral mídia, judiciário, oposição, MP, PF, estão sendo vistos e percebidos tal qual são pela população: um bando de fascistas mal intencionados. O rei está nu e é feio de doer!

4) Os milhões de brasileiros que tiveram sua dignidade resgatada nessa década de inclusão social não vão aceitar retrocessos. Os jovens, os tals dos “millenials” então… Quero ver quem vai segurar… Não há aparelho repressor do Estado que segure o tamanho do levante. Junho de 2013 vai parecer uma coisinha pequena.

5) Os fascistinhas que recebem pra promover discurso de ódio na Internet e palhaços como aquele que ameaçou a presidenta em Stanford são minoria. Esse pessoal é barulhento, mas é minoria, é organizado, mas é minoria. São inflados virtualmente, histéricos e pagos. Parece que são muitos, mas muitas vezes é um palhaço que controla dez quinze perfis desses…

Não vamos piscar! Que eles pisquem! Esse pessoal quer causar medo, mas não tem força! Não há força na covardia de quem se comporta com palavrões e bravata. Se fosse assim, eles teriam ganhado no grito em 2014… Estar pronto para o enfrentamento com serenidade espanta o “bicho papão”.

Responder

    Ingrid Mariana

    04 de julho de 2015 às 05h21

    Ah, sim… Um último detalhe: O Brasil não é a Ucrânia! 202 milhões de pessoas espalhadas em 27 estados. E essa canalha entreguista não tem o apoio das forças armadas dessa vez…

    Responder

Mauricio Cambraia Sanches

04 de julho de 2015 às 01h24

Se tiver golpe paraguaio o pais entra em convulsão, duvido a galera de esquerda aceitar de boas, desfecho imprevisível.

Responder

Ana Lucia Elizabeth Rodrigues

04 de julho de 2015 às 00h29

#ÉPelaDignidadeFeminina

Responder

Daulto Bitencourte Garcia

03 de julho de 2015 às 22h45

É ignorancia ou fanatismo demais. Daqui a pouco verão golpe em baixo da própria cama.

Responder

Arlete Duarte

03 de julho de 2015 às 21h20

Responder

Arlete Duarte

03 de julho de 2015 às 21h20

#Dilma13

Responder

Fatima Campos

03 de julho de 2015 às 20h50

As oligarquias brasileiras se utilizam do PT, assim como fizeram os nazistas, ao escolherem os judeus como elemento catalisador de unificação contra um “terrível” inimigo comum.

Funcionou naquele tempo e continua funcionando hoje. As pessoas altamente manipuláveis, perdem o senso crítico e sucumbem à catarse provocada pelo ódio inexplicável a um partido político, como se a existência deles só continuaria possível com a destruição desse partido.

Embora para nós, que ainda conservamos o senso comum, pareça inacreditável, essas pessoas que tiveram suas mentes sequestradas pelas mentiras difundidas pela mídia corrupta, acreditam que com o fim do PT o país voltará a ser a maravilha que NUNCA foi. As estatísticas estão à disposição de quem queira pesquisar, os números e os fatos são inegáveis. O PT é o governo que mais realizou obras e propiciou conquistas para todos. Isso é público e notório! Mas, infelizmente, o preconceito cega as pessoas, e o ódio não as permitem pensar com lógica…

Lamento muito por essa geração de marionetes que está sendo criada em parte da população do país. Desejo sinceramente que algumas delas se libertem dessa condição e voltem a viver e agir como seres humanos normais, livre do preconceito e do ódio e com possibilidade de fazer novamente suas livres escolhas…

Vanderlei Laudelino dos Santos

Responder

Luiz Carlos Cruz Lima

03 de julho de 2015 às 19h19

São os “filhotes” da Ditadura Militar… Cabeças feitas pelo A.I.5. Alás, existe um estudo de autoria do Luciano Martins com esse título: “A GERAÇÃO AI 5”. Em tal estudo fica evidente que tais cabeças foram formadas para servirem de “capacho” ao Capial Internacional que nos explora. Eles (os coxinhas) ficam com as migalhas que caem da mesa do opressor…Vale a pena ler (menos para os “cochinhas fascistas”)…. rsrsrsrs

Responder

Messias Franca de Macedo

03 de julho de 2015 às 14h35

Quando é que ‘o [tíbio] PT da Governança’ vai endurecer com esses fascigolpistas/terroristas?
Endurecer de forma responsável, soberana, patriótica e, sobretudo, lídima!…

[E este mais um escândalo envolvendo a filha do DEMoTucano José (S)erra “não pode passar barato!”
Além da rigorosa punição fundamentada nos rigores estritos da Lei!…
Ou *Erga Omnes não se aplica às(aos) “cheirosas(os)”?!
*expressão latina, usada principalmente no meio jurídico, para indicar que os efeitos de algum ato ou lei atingem todos os indivíduos de uma determinada população ou membros de uma organização, para o direito nacional.]

… Afinal de contas, estão em jogo mais de 54 milhões de votos!
E, preponderantemente, está em jogo a história do país, o futuro do seu povo, a soberania nacional, a civilidade e a própria democracia!

… Já não suportamos mais: todos os dias as indefectíveis agonias golpistas!

Algumas mais recentes:

CUNHA LIMA MARCA LARGADA DO GOLPE: 14 DE JULHO

Cassado por compra de votos quando foi governador da Paraíba, o senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB), um dos principais interlocutores de Aécio Neves (PSDB-MG), já marcou a data para o início do processo de guilhotina da presidente Dilma Rousseff e do vice Michel Temer; segundo ele, será no dia 14 de julho, data do depoimento de Ricardo Pessoa no TSE e também da Revolução Francesa.

3 DE JULHO DE 2015 ÀS 10:57

(…)

FONTE: http://www.brasil247.com/pt/247/poder/187492/Cunha-Lima-marca-largada-do-golpe-14-de-julho.htm

Derrota de Dilma no TSE em processo sobre campanha deixa PT em alerta

A derrota dos representantes de Dilma Rousseff no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) no processo em que o empreiteiro Ricardo Pessoa, da UTC, é convocado para depor sobre a contribuição financeira que fez à campanha da presidente, em 2014, acendeu o sinal amarelo no PT. O resultado foi acachapante: os ministros rejeitaram os recursos, para que Pessoa não desse depoimento, por unanimidade.
(…)

CACHOEIRA – perdão, ato falho -, FONTE: http://www1.folha.uol.com.br/colunas/monicabergamo/2015/07/1650934-derrota-de-dilma-no-tse-em-processo-sobre-campanha-deixa-pt-em-alerta.shtml

Messias Franca de Macedo
Feira de Santana, Bahia
República Desses(as) Bananas Fascigolpistas, Terroristas, Antinacionalistas, Entreguistas de meia tigela IMUNDA e Corruptas(os) até a enésima geração!

Responder

jose carlos lima

03 de julho de 2015 às 13h44

Que lasqueira, só a elite tupiniquim é uma das mais burras e atrasadas do mundo, só pensa em golpe quando deveria ajudar o pais conitnuar avançando, e olha lá que se empanturraram de dinheiro nos ultimos tempos,…paises como os EUA passam por cima de coisas como a fraude de Bush para não interromper o andamento do pais…por aqui o pais não passa de 30 anos sem um golpe, assim não dá

Responder

Berenice Coutinho

03 de julho de 2015 às 16h06

Assisti em vídeo um filhote de Bolsonaro agredir Dilma nos Estados Unidos. Infiltrou-se na comitiva, com crachá de jornalista da Globo, chamou-se de comunista de merda, que merecia ser morta etc. O que a segurança dela fez? Nada !!! Foi uma americana, que pediu que o golpista se retirasse.

Responder

    Fatima Campos

    04 de julho de 2015 às 12h20

    Só pelo fato de estar com crachá falso já é crime de falsidade ideológica.
    Porém, de estiver nominal a ele alguém armou pra que isso ocorresse, o qual ambos deveriam ser punidos.
    A democracia tem que ser respeitada, porém a liberdade de um termina quando tira o direito do outro.

    Responder

Janaina

03 de julho de 2015 às 12h51

Senhor Aécio é só sorriso. Golpistas burgueses….. Assumir de forma suja o comando do Brasil, a Dilma venceu por votos e agora vem um Governo sujo e pior golpista. Ainda pior é que esse tipo de midia que mostra a verdade não está na massa das casas dos brasileiros, eles estão com suas tevês ligadas na MIDIA GOLPISTA. E todo dia dose de choque “ODIO AO GOVERNO DILMA” e a população hipnotizada..
MEU VOTO FOI PARA DILMA, MEU GOVERNO E DILMA!!!!!! DIGO NÂO AO GOLPE PARA ASSUMIR O PODER, House of Cards. SEGUIRAM ESSA CARTILHA !!!!!!! LAMENTÁVEL, DAS TELAS PARA A REALIDADE BRASILEIRA. ACHO QUE PODERIA FAZER UMA VERSÃO BRASILEIRA, A GLOBO PODERIA FAZER..

Responder

Carlos Teixeira

03 de julho de 2015 às 15h38

E’ impressionante , o congresso nacional que se diz a casa do povo, que dizem, sempre lutaram contra a ditadura e golpe militar, está fazendo tudo igual. Eu pergunto : esse congresso representa a vontade de quem os elegeu, ou representa uma mídia, que sempre apoiou a ditadura no Brasil? Será que esses deputados e senadores tão pretendendo isso?

Responder

Ana Letycia Crespo

03 de julho de 2015 às 15h13

Kkkkkkkkk

Responder

Fernando Zambroni

03 de julho de 2015 às 14h55

As vezes eu me pergunto: será que a Dilma fica muda pq ela tem informações que a gente não tem, e essas informações lhe dão a certeza de que a tentativa de golpe não irá pra frente? Será que é muito infantil pensar isso? Afinal de contas, a Dilma é uma mulher inteligente, não?

Responder

    Enaura Campos Freitas

    03 de julho de 2015 às 15h09

    Ela é técnica demais, não é política!Mas boba não é!Não se esqueça que ela é mineira e nós mineiros, comemos e escutamos, quietos!

    Responder

    Janaina Miranda Macedo

    03 de julho de 2015 às 15h24

    Às vezes me ocorre esse pensamento.

    Responder

    Deise Cristina Braga Ferreira

    03 de julho de 2015 às 16h59

    Me faço a mesma pergunta… Ela e Lula são inteligentes o suficiente para estarem onde estão. Militam na política nacional desde a década de 70, pelo menos. Conhecem melhor do q nos esses velhos personagens. Todos muito velhos, inclusive. Alguns vem da década de 60, da ditadura. Então me pergunto: que estratégia e essa, e que tanta certeza e essa, q os leva a acreditar q estão no caminho certo???

    Responder

    Simone Guarani-Kaiowá Martins

    03 de julho de 2015 às 17h25

    Também tenho essa impressão. Me pergunto como serão esses bastidores… Respondo para mim mesma: há mais coisas entre o céu e a terra do que posso imaginar. Eles vivem num mundo cão, rodeados de gente hipócrita, superficial, puxa saco e traíra. Não chegaram onde chegaram sendo ingênuos.

    Responder

    Maiara Mascarenhas

    03 de julho de 2015 às 18h07

    Não vai ter golpe. Quem assumisse assumiria por osmose a rejeição do governo. Outra coisa, querem caçar a candidatura da Dilma. Vão decepar a cabeça do Temer assim? Não mesmo. É muito mais lógico sangrar o PT e a presidenta. Esse discurso arregão de impeachment só enfraquece o governo que, sim, só termina em 2018.

    Existem outras pautas mais importantes: o PL 131/2015 que é entreguista e tramita no Senado em caráter de urgência – Serra quer entregar o Pré-Sal à Chevron.

    Precisamos pressionar Janot para prender Cunha. O STF para revogar as atrocidades desse doente. Zé Cardozo para agir: porque não adianta tirá-lo de lá agora no epicentro do furacão.

    Precisamos fazer ativismo na rua. Com colegas, familiares, desconhecidos. A sociedade precisa fazer política de base.

    A gente não pode arregar… ter medo. Eles querem isso. Mas nós não vamos deixar isso acontecer.

    Responder

    Mari Rebouças

    03 de julho de 2015 às 20h16

    Eu também me pergunto a mesma coisa. Mas acho difícil acreditar que ela tenha informações para impedir esse golpe. Não posso aceitar a apatia dela e do governo diante de ataques que colocam em cheque a nossa soberania e os nossos direitos de estado democrático.

    Responder

    Regina Lucia Regina

    03 de julho de 2015 às 20h36

    A impressão que dá em que ninguém tem mais poder que Eduardo Cunha e seus aliados.a presidenta,os ministros da justiça estão abaixo deles,isso é preocupante.

    Responder

    Fatima Campos

    03 de julho de 2015 às 23h05

    A melhor forma de vencer o inimigo é não dar a eles o que eles querem.

    Responder

    Fatima Campos

    03 de julho de 2015 às 23h07

    Dilma é estrategista, como ela mesmo disse, não vai ficar pedra sobre pedra!!!

    Responder

    Ana Maria Garcia

    04 de julho de 2015 às 00h30

    Concordo ela e inteligente e estrategista , ela vai ate o fim em pé , e nos com ela ..

    Responder

Carlos Roberto

03 de julho de 2015 às 11h46

Gente humildemente vou descer do “palanque’ da Dilma, pois ao ver um vídeo em que o coxinha chama a comitiva da Dilma de “Vagabundos” e nada é feito contra este crápula , chego a conclusão que não há nada mais a ser feito pois ela ganhou a eleição com 54 milhões de votos e logo em seguida se calou , ou seja, ela não queria vencer e o pior é que Dilma alimentou o seus inimigos com 10 bilhões de reais durante todos estes anos. Triste Dilma.

Responder

Deixe um comentário