Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

PT mantém liderança na preferência do paulistano

Por Redação

03 de novembro de 2015 : 13h17

O Brasil é um país divertido. Em São Paulo, capital do Tucanistão, o prefeito é do PT e o partido preferido é o PT.

Pesquisa Datafolha divulgada nesta terça-feira (03), mostra que de todos os candidatos favoritos para assumir a prefeitura de São Paulo, nenhum é do PSDB. Faltando um ano para as eleições municipais, o deputado federal Celso Russomanno (PRB) desponta mais uma vez como líder isolado, com 34% das intenções de voto.

Logo atrás aparecem a senadora, ex-prefeita e ex-petista Marta Suplicy (PMDB), com 13%; o apresentador da TV Bandeirantes, José Luiz Datena (PP), com 13% ou 12%, dependendo do cenário; e o prefeito Fernando Haddad (PT), com 12%. Andrea Matarazzo (PSDB) aparece com míseros 4%.

Abaixo segue trecho de reportagem da Folha

***

Desinteresse pelos partidos em SP é recorde, mostra Datafolha

Por Ricardo Mendonça, na Folha

(…)

No levantamento feito nos dias 28 e 29 de outubro, 11% dos eleitores da cidade apontam o PT como o partido preferido. Em fevereiro, eram 17%. Em dezembro do ano passado, 22%. A taxa recorde de popularidade da sigla na cidade foi 35%, alcançada em duas ocasiões: em novembro de 2010, logo após a primeira eleição da presidente Dilma Rousseff, e abril de 2013, pouco antes dos protestos de junho daquele ano.

Apesar do desgaste petista, a preferência pelo PSDB, seu principal rival, não parece apresentar crescimento equivalente. Variou de 8% para 10% desde a pesquisa anterior. Mas em vários períodos já esteve acima disso, chegando ao pico de 13% em três ocasiões: abril de 2006, setembro de 2011 e junho de 2014.

(…)

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

30 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Julio Sanchez

04 de novembro de 2015 às 17h06

Kkkkkkkk

Responder

Regina Maçol

04 de novembro de 2015 às 11h06

Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Responder

Leandro Werdan

04 de novembro de 2015 às 01h28

Seu cu

Responder

Meire Souza

04 de novembro de 2015 às 01h19

O partido que está na frente na pesquisa é o NENHUM.

Responder

Cláudio Vieira Vieira

04 de novembro de 2015 às 01h00

#DilmaFica

Responder

Cláudio Vieira Vieira

04 de novembro de 2015 às 00h57

#Lula70RumoA2018

Responder

Hélio Fernandes Garcia

04 de novembro de 2015 às 00h11

Dilma 13 até 2018 Haddad 13, PT Municípios do Brasil 13 em 2016 para 2017 a 2020 Lula 13, PT SP 13, PT Estados e DF 13 em 2018 para 2019 a 2022 !!!!!!!

Responder

Hélio Fernandes Garcia

04 de novembro de 2015 às 00h11

Dilma 13 até 2018 Haddad 13, PT Municípios do Brasil 13 em 2016 para 2017 a 2020 Lula 13, PT SP 13, PT Estados e DF 13 em 2018 para 2019 a 2022 !!!!!!!

Responder

Ninha Senna

03 de novembro de 2015 às 21h35

Vc e paulistano? Entendi do a sua preferência…

Me poupe..

Responder

Murilo Alberto

03 de novembro de 2015 às 21h24

1% à frente do psdbosta…
11% de palermas…
Aqui nunca mais…

Responder

Gelson Cardoso

03 de novembro de 2015 às 20h59

PT sempre!!

Responder

Vilma Souza

03 de novembro de 2015 às 20h21

Tá de brincadeira. ..???

Responder

Glauco Oliveira

03 de novembro de 2015 às 18h55

Com toda a rejeição do prefeito ?? Kkkkkkk Elavi Cunha

Responder

Farias Furtado

03 de novembro de 2015 às 18h53

Que eu saiba o dístico da Bandeira de São Paulo diz ; “CONDUZO NÃO SOU CONDUZIDO” !

Responder

Zequinha G Dos Santos

03 de novembro de 2015 às 18h05

A cidade de São Paulo e os municípios da Grande São Paulo são mais progressistas. O Estado de São Paulo é portanto de um lado um reduto do conservadorismo e por outro, paradoxalmente, mais politizado, prefere a alternância local de poder e não têm medo de errar. Elegeu Erundina após Jânio. Depois da dupla Maluf-Pita elegeu Marta Suplicy ( que não se reelegeu porque por questões morais e afetivas – traiu a confiança do povo ao abandonar o carismático Eduardo) e agora Haddad após a dupla Serra-Kassab. Os paulistanos são mais abertos ao novo que os paulistas de modo geral. É preciso que fique clara essa distinção ao se falar de “São Paulo”…

Responder

Luiz

03 de novembro de 2015 às 15h59

Pesquisa eleitoral antes do inicio da campanha não tem valor algum. O tucano ainda não é um nome conhecido, Haddad ainda não apresentou os números de sua gestão, lembremos que a reeleição sempre favorece quem está se reelegendo. Russomano e Datena tem o mesmo problema: tempo curto no horário eleitoral. Uma pesquisa a essa altura do campeonato não diz muita coisa.

Responder

Célia Nadir Anselmi

03 de novembro de 2015 às 17h24

Mas nem em sonho isso poderia ser verdade. Já estão na fase do delírio?

Responder

Eduardo Santtos

03 de novembro de 2015 às 17h20

kkkkkkkkkkkkkkkkkk….nós vimos na eleição presidencial do ano passado! kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Responder

Robson André Costa Lopes

03 de novembro de 2015 às 17h00

E o mundo anda tão complicado…

Responder

Everaldo

03 de novembro de 2015 às 14h27

Miguelito, certa feita li o seguinte… Quando nos identificamos com um partido é a mesma coisa que como nos identificamos com um time de futebol. O time ganha, ficamos alegres, entusiasmados, certo? E quando o time perde, empata, está em último na tabela, vai pra segundona… Etc.. Você fica puto, xinga jogadores… Não vai torcer … Enfim fica decepcionado.. E a pergunta é a seguinte: você muda de time? Não muda jamais, não é mesmo?. Assim é na política… Ninguém muda, basta as coisas melhorarem ( e irão melhorar certamente) que tudo volta ao normal. É assim em qualquer lugar. Escreve aí . À direita sabe que a perspectiva é melhorar antes de 2018. Esse é o medo.

Responder

Luiz Henrique

03 de novembro de 2015 às 16h23

Mexeram no enxame de abelhas, porque quiserem, agora guentem, até 2018 é so LULA.

Responder

Elavi Cunha

03 de novembro de 2015 às 16h06

Glauco Oliveira kkkkkkkk

Responder

Rodrigo Ribeiro

03 de novembro de 2015 às 16h04

ILUSÃO!!

Responder

Vicente

03 de novembro de 2015 às 13h58

Nada de surpreendente: o Haddad é o único prefeito que apanha da mídia em três níveis: mídia municipal, estadual e federal. Tomara que seja reeleito. O fato é que muita coisa irá mudar quando a campanha começar e ele tiver mais espaço para mostrar as suas realizações e futuros projetos.

Responder

    Anônimo

    03 de novembro de 2015 às 14h14

    Os golpistas fazem campanha durante 3 anos e 8 meses e ainda conseguem perder eleições. São muito ruins mesmo.

    Responder

Richard Oliveira

03 de novembro de 2015 às 15h42

Perfeita possível a situação e nada de absurda. O problema são essas avaliações vesgas de tomarem uma parte (da população paulistana) como se fosse o todo!!

Responder

Iasmin Moris

03 de novembro de 2015 às 15h37

Acordando pra vida.

Responder

Franklin Caetano

03 de novembro de 2015 às 15h37

Muito doido.

Responder

Deixe um comentário