Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

Cidade de São Paulo ganha grau de investimento da Fitch

Por Miguel do Rosário

12 de novembro de 2015 : 10h56

Bem, se a maior cidade do país acaba de receber grau de investimento AA+ da Fitch Ratings, então podemos dizer que o Brasil não está acabando, né?

Essas agências são tendenciosas, a gente sabe, mas a opinião delas, infelizmente, influencia a tomada de decisão de importantes investidores.

A nota da Fichts para São Paulo, município administrado por um petista (ironia dolorosa para os coxinhas), é mais um sinal do fim do pesadelo golpista, que vinha se embaladando ao som da crise econômica e, sobretudo, do terrorismo midiático.

Alguns amigos temiam que os debates duros que se fazem no Brasil sobre o ajuste fiscal ajudassem a deteriorar a situação econômica, levassem ao rebaixamento do Brasil e à fuga desenfreada de capitais.

Isso não vai acontecer.

A nota da Fichts para São Paulo é a prova disso.

Ontem, demos um post aqui no Cafezinho, falando da decisão de uma estatal chinesa de investir mais de R$ 15 bilhões no Brasil ao longo dos próximos 4 anos.

Eu conversei com o cônsul de uma grande potência europeia, dias atrás, e ele me afirmou que os empresários desse país não pararam nem irão parar de investir no Brasil.

Só quem parece não confiar no Brasil são os vira-latas de sempre.

***

No site da Prefeitura de São Paulo.

Prefeitura de São Paulo obtém grau de investimento

Reconhecimento da agência Fitch Ratings torna a cidade ainda mais atrativa para interessados em participar de parcerias com o Município

20:51 11/11/2015

De Secretaria Executiva de Comunicação

A Prefeitura de São Paulo obteve, no dia 11 de novembro de 2015, o reconhecimento do “grau de investimento” pela agência Fitch Ratings, uma das mais respeitadas agências de ratings do mundo. A agência concedeu à Prefeitura de São Paulo a nota de crédito AA+, em escala nacional, e BBB-, em escala global.

Com essa nota, a seriedade e solidez financeira da Cidade passam a gozar do reconhecimento internacional, permitindo à Prefeitura integrar um seleto grupo de entes públicos considerados pelo Mercado como de baixo risco de crédito. Esse reconhecimento, por sua vez, torna a Cidade ainda mais atrativa para os investidores interessados em participar de projetos em parceria com o Município, tais como projetos de PPPs e de concessões públicas.

A atribuição do “grau de investimento” é um marco para a história recente da Cidade e abre um novo capítulo em suas finanças. Nesse novo cenário, construído com a renegociação da dívida do Município com a União Federal, a dívida consolidada do Município encontra-se confortavelmente abaixo dos limites da Lei de Responsabilidade Fiscal, assim como as suas principais despesas de natureza obrigatória, tais como as despesas de pessoal.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

3 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Elizabeth de Andrade

12 de novembro de 2015 às 13h06

A mídia terrorista vai ter que mudar as pautas, urgente!
Os vira lata, paus mandados , midiopatas, psicopatas, ficarão sem rumo, sem norte… falar mal do que? de quem?
Agora, quanto ao governo, ainda insisto: #DilmaTiraAVerbaDaTvGolpista! Aqui mora o combustível do caos, a lenha da fogueira do fascismo, do derrotismo, do terrorismo estadunidense no mundo. É inconcebível e fora de próposito o governo não atender o povo, não queremos a TvGlobo, no brasil!

Responder

Mauricio Gomes

12 de novembro de 2015 às 11h20

Agora que os retardados online e o movimento dos babacas livres vão arrancar as calcinhas pela cabeça. O Kinta Katiguria está chorando copiosamente com essa notícia.

Responder

    Pedro Pereira

    12 de novembro de 2015 às 12h58

    Vira latas, derrotados, fracassados, covardes, sem projeto e sem compromisso com a nação e seu povo, os mesmos lixos de sempre.

    Responder

Deixe um comentário