Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

Delcídio descarta aderir ao golpe premiado

Por Miguel do Rosário

01 de dezembro de 2015 : 12h39

Ninguém pode negar que a Lava Jato marcou um golaço com a prisão de Delcídio do Amaral.

Independente das polêmicas jurídicas sobre a validade constitucional de sua prisão, a sua queda foi merecida.

Delcídio é um ladrão.

Senador, petista (um petista de origens tucanas e tendências atucanadas, mas petista), líder do governo, e ladrão.

Nesse tempo inteiro, a gente travando uma luta terrível para evitar um golpe, e Delcídio, ocupando um cargo estratégico, apenas cuidava de salvar a própria pele.

Ou seja, Delcídio não estava nem aí para o povo ou para a democracia.

Pensando em retrospectiva, era estranho que Delcídio não tenha dado uma entrevista contra o golpe, nem protagonizado nenhuma articulação mais visível em favor da presidenta.

Agora está explicado.

No entanto, menos mal que o senador tenha ao menos a dignidade de não aderir ao golpismo premiado dos procuradores da Lava Jato, que não escondem seu objetivo: destruir os partidos e organizações políticas dos trabalhadores, destruir a Petrobrás e, se isso for preciso para aniquilar o PT, destruir a economia brasileira.

***

No Brasil 247.

DEFESA DE DELCÍDIO DESCARTA DELAÇÃO PREMIADA

Quem afirma é o assessor do parlamentar, Eduardo Marzagão; “Ninguém, em segundo nenhum; nem advogado, nem familiar; ninguém nunca cogitou ou propôs a ele que fizesse delação premiada”, afirmou Marzagão, tendo por base conversas com os advogados de defesa e com parentes do senador Delcídio Amaral (PT-MS), que foi preso na semana passada.

1 DE DEZEMBRO DE 2015 ÀS 12:20

Pedro Peduzzi – Repórter da Agência Brasil

O senador Delcídio do Amaral (PT-MS) não pretende fazer acordo de delação premiada, de acordo com Eduardo Marzagão, assessor do parlamentar. Delcídio foi preso semana passada numa das fases da Operação Lava Jato.

“Ninguém, em segundo nenhum; nem advogado, nem familiar; ninguém nunca cogitou ou propôs a ele que fizesse delação premiada”, afirmou Marzagão, tendo por base conversas com os advogados de defesa e com parentes do senador.

Os advogados de defesa pretendem apresentar ainda esta semana um “pedido de relaxamento” da prisão, sob a justificativa de que o senador em nenhum momento tentou obstruir as investigações que estão sendo feitas em decorrência da Operação Lava Jato. Marzagão disse ainda que isso deve ser feito após o segundo depoimento do senador às autoridades, previsto para os próximos dias.

Na sexta-feira (27), Delcídio recebeu a visita da esposa, Maika do Amaral Gomez. Está prevista uma nova visita dela ainda esta semana. De acordo com o assessor, Delcídio tem sido “super bem tratado” na Superintendência da Polícia Federal, onde está preso desde o dia 25, após ter a prisão decretada pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

Leitura

O senador tem dedicado parte do seu tempo à leitura. Atualmente está lendo o livro Brasil: Uma Biografia, de Lilia Moritz Schwarcz e Heloisa Starling. Nos primeiros dias leu o livro A Origem do Estado Islâmico, do jornalista irlandês Patrick Cockburn. Os dois livros foram presenteados por Marzagão.

Segundo denúncia da Procuradoria-Geral da República, Delcídio ofereceu R$ 50 mil mensais à família do ex-diretor da Área Internacional da Petrobras Nestor Cerveró para evitar a citação do nome do parlamentar nas investigações. Delcídio teria oferecido também ajuda política no Poder Judiciário em favor de Cerveró para que o ex-diretor não fizesse acordo de colaboração premiada com o Ministério Público Federal.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

38 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Jacqueline Alcantara

02 de dezembro de 2015 às 22h43

ACHACADOR E CHANTAGISTA LADRÃO, CUNHA NA CADEIA.

Responder

Celso Junqueira

02 de dezembro de 2015 às 10h56

O verdadeiro motivo da prisão do Delcídio é que ele deixou a entender que os ministros do STF são, digamos, “conversáveis”. Nada como uma boa conversa, não é? Aí, os “homi” de preto ficaram bravos. “Êpa, êpa, êpa, isso não. Isso não aceitamos. Se ele apenas tentasse obstruir as investigações ou tentasse ajudar o Cerveró a fugir,, nós ficaríamos quietos. Mas dizer que nós somos “conversáveis”?? Ah não”.

Responder

Eduardo Santtos

02 de dezembro de 2015 às 10h08

Golpe é camuflar a verdade para proteger bandidos!!!

Responder

Célia Nadir Anselmi

02 de dezembro de 2015 às 07h12

Acho que primeiro ele vai esconder a família.

Responder

Ben-Ten Martins

02 de dezembro de 2015 às 03h38

Uma policia, um juiz e a globo param o país por discordarem do resultado das urnas. Esses crimes apontados por este juiz inquisidor e medíocre acontece em todoa os poderes do menos municipio brasileiro à União. Palhaçada.

Responder

Ben-Ten Martins

02 de dezembro de 2015 às 03h36

Sinceramente, isso já virou palhaçada.

Responder

Glaucia Reggina Loriato Do Nascimento

01 de dezembro de 2015 às 21h36

não se iluda, nós estamos sob a direita jurídica

Responder

Orlando Domingos Rodrigues

01 de dezembro de 2015 às 21h27

N?o vai demorar muito e vai entregar a gang inteira. Esse post é uma vergonha.

Responder

Gelson Teles

01 de dezembro de 2015 às 21h10

Deixa o cinto apertar q ele abre o bico, faz todo negocio

Responder

Leon Leona

01 de dezembro de 2015 às 19h17

Sendo a delação premiada composta por verdades não é golpe.
Golpe é impedir que a verdade se mostre.
O próprio Ceveró se não fosse pego como chegaríamos aos demais!?
O artigo se contradiz pois afirma que o senador é ladrão sim ( este que nem foi julgado ainda) mas esquece que este fato ( a prisão) assim como outros vem de uma cadeia de acontecimentos desde outra delação premiada.

Líder do governo no Senado agora é visto como bandido.

Quantos outros virão!? Quantos outros estão ocultos!? Ou depois de Dirceu, Delúbio, Genuíno etc, vocês acham mesmo que é fato isolado!? Ingenuidade ou má fé mesmo!?

Responder

Marcelo Silva

01 de dezembro de 2015 às 19h15

Delcídio marajá! Se fosse petista, entregava a quadrilha!

Responder

Ge Munhoz

01 de dezembro de 2015 às 17h48

Mais que nao prender Cunha tambem???

Responder

Ge Munhoz

01 de dezembro de 2015 às 17h48

Mais que nao prender Cunha tambem???

Responder

José Ciríaco Pinheiro

01 de dezembro de 2015 às 16h47

Será que já leu a série da privataria tucana?

Responder

Roberto Oliveira

01 de dezembro de 2015 às 16h08

Só se eu estiver enganado, mas da impressão que ele esta protegendo o PT, pois ele é ligado ao partido.

Responder

Meire Souza

01 de dezembro de 2015 às 15h58

Esse Delcidio tem que falar tudo. Ou será que tem medo da turma do Serra?

Responder

Murilo Artoni

01 de dezembro de 2015 às 15h55

Se esse cara abrir a boca vai faltar presídio
Não vai sobrar ninguém no governo e no Senado

Responder

    Hell Back

    02 de dezembro de 2015 às 10h47

    Vai faltar combustível prá mover os tanques e suas respectivas tropas.

    Responder

Marcos Portela

01 de dezembro de 2015 às 15h35

??ORGULHO DE SER PETISTA, é RESISTIR por mais de UM ANO ao BOMBARDEIO dos PODEROSOS da MÍDIA BRASILEIRA (REDE GLOBO, RECORD, SBT, BAND, REDETV, VEJA, ISTOÉ, ÉPOCA, etc), NEGOCIANTES JUDICIÁRIO, FASCISTAS DA DIREITA, FEDERAIS LAVAJATISTAS do PARANÁ e dos TRAFICANTES de COCAÍNA do CONGRESSO NACIONAL,uma grande QUADRILHA MAÇÔNICA com o único objetivo de SAQUEAR RIQUEZAS do BRASIL, usando o GOLPE de ESTADO como atalho para suas PRIVATARIAS, sem CONSIDERAR que para toda AÇÃO há uma REAÇÃO.

Responder

    Clovis Pacheco F.

    01 de dezembro de 2015 às 16h21

    De pleno acordo com o Marcos Portela!

    Responder

Marcos Portela

01 de dezembro de 2015 às 15h35

??ORGULHO DE SER PETISTA, é RESISTIR por mais de UM ANO ao BOMBARDEIO dos PODEROSOS da MÍDIA BRASILEIRA (REDE GLOBO, RECORD, SBT, BAND, REDETV, VEJA, ISTOÉ, ÉPOCA, etc), NEGOCIANTES JUDICIÁRIO, FASCISTAS DA DIREITA, FEDERAIS LAVAJATISTAS do PARANÁ e dos TRAFICANTES de COCAÍNA do CONGRESSO NACIONAL,uma grande QUADRILHA MAÇÔNICA com o único objetivo de SAQUEAR RIQUEZAS do BRASIL, usando o GOLPE de ESTADO como atalho para suas PRIVATARIAS, sem CONSIDERAR que para toda AÇÃO há uma REAÇÃO.

Responder

Guilherme Scalzilli

01 de dezembro de 2015 às 13h26

A estranha reação do STF

(Publicado no Brasil 247)

O debate sobre as flagrantes inconstitucionalidades que marcaram o encarceramento do senador Delcídio Amaral está deixando passar a grande questão do episódio: por que prender o indivíduo agora? Por que não processá-lo nos ritos normais, que acabariam inevitavelmente arruinando sua carreira política e seu apoio no Congresso?

A tese de “obstrução da Justiça” é ridícula. Ora, depois que o Judiciário conheceu o teor das gravações, a chance das tramóias vingarem desintegrou-se. Réu nenhum conseguiria fugir. Além disso, do ponto de vista estratégico, seria mais inteligente acompanhar as manobras de Amaral, apanhando todos os envolvidos no auge da ação criminosa.

Então repito: por que interromper um conluio fadado ao fracasso, diminuindo assim o alcance das investigações? Que tipo de malefício Amaral poderia causar conspirando à toa, sob a fiscalização atenta das autoridades?

Isento e probo como é, o STF não precisa temer ilações maldosas. Com o apoio da imprensa, os ministros citados já tiveram inúmeras oportunidades para afastar qualquer suspeita incômoda. A prudência legalista inclusive traria benefícios à imagem da corte, manchada exatamente pelo partidarismo intempestivo dos tempos de Joaquim Barbosa.

Tudo isso apenas reforça a certeza de haver um esforço na cúpula do Judiciário para evitar que as apurações em curso ultrapassem certos limites. Os elos de Amaral e do banqueiro André Esteves com o PSDB, de resto notórios, ganharam menções bastante constrangedoras nos diálogos que arruinaram o senador.

Amaral e Esteves trazem consigo a Petrobrás dos anos FHC, um nebuloso parente de José Serra, a Alstom da máfia metroviária paulista e as viagens de Aécio Neves. Sem contar Renan Calheiros, Michel Temer e os ministros do STF mencionados. É fácil imaginar o estrago que causariam algumas horas a mais de conversas grampeadas.

Alguém parece ter decidido recolher o falastrão antes que o caldo entornasse de vez.

http://www.guilhermescalzilli.blogspot.com.br/

Responder

Erico Depine

01 de dezembro de 2015 às 15h23

Cadeia prá todos. Apertem o homem que ele grita e vomita tudo.

Responder

Erico Depine

01 de dezembro de 2015 às 15h23

Cadeia prá todos. Apertem o homem que ele grita e vomita tudo.

Responder

    Go Lopes

    02 de dezembro de 2015 às 00h27

    Menos os do PSDB

    Responder

    Go Lopes

    02 de dezembro de 2015 às 00h27

    Menos os do PSDB

    Responder

    Erico Depine

    02 de dezembro de 2015 às 00h31

    Eu não olho partido, se comprovar roubalheira, corrupção etc. Cana neles.

    Responder

    Erico Depine

    02 de dezembro de 2015 às 00h31

    Eu não olho partido, se comprovar roubalheira, corrupção etc. Cana neles.

    Responder

Jorge Henrique Farias Nagel

01 de dezembro de 2015 às 15h14

Maika vai convencê-lo rapidinho a falar o que sabe.

Responder

Jorge Henrique Farias Nagel

01 de dezembro de 2015 às 15h14

Maika vai convencê-lo rapidinho a falar o que sabe.

Responder

Edson Santos

01 de dezembro de 2015 às 15h00

Defender esse ou aquele partido ou político não passa de infantilidade mental. Eles só estão divididos para usar a técnica de combate chamada martelo e bigorna usada até mesmo por chimpanzés para caçar outros tipos de macacos. Eles lutam apenas pelo poder, nenhum deles luta pelo bem estar do povo, que político está lutando para a liberação de milhares de invenções que facilitariam imensamente a humanidade, Como por exemplo a fosfoetanolamina? https://www.youtube.com/watch?v=iHPuBwyDxVU, que político está lutando para que o povo pare de gastar com combustiveis?http://www.portal-energia.com/espanha-privatiza-sol-proibe-gerar-energia-para-auto-consumo/, basta ler O Príncipe de Maquiavel http://www.ebooksbrasil.org/adobeebook/principe.pdf, Luta pela mente https://ateus.net/artigos/miscelanea/luta-pela-mente/, Servidão voluntária http://www.culturabrasil.org/zip/boetie.pdf, A Carta de William Lynch http://palavracomfogo.blogspot.com.br/2013/09/carta-de-william-lynch.html e outros livros equivalente e prestar atenção no que acontece no mundo para ver que tudo não passa de uma grande enrolação

Responder

    Nelson Mazzocco

    02 de dezembro de 2015 às 01h14

    O sistema é forte. Dificil de achar brechas. Mas quando se diz eles. Quem são eles? Eles somos nós. Inclusive tu. Tu náo percebe diferenças entre os governos liberais e os que vieram após com Lula? Um liberal acredita que o estado não tem responsabildade com os excluidos. Eu acredito que o estado tem essa obrigação sim. Amenizar a desigualdade,criando condições para que o seu povo pelo menos tenha esperança. Agua no nordeste, pobres em universidades particulares,investimento em casas populares com a cef. , bolsa familia e outras iniciativas que se voltaram para as classes menos favorecidas. Não perceber diferenças entre um governo liberal de Fhc e um governo popular de Lula Dilma é na minha opinião ma vontade ou cegueira.

    Responder

    Edson Santos

    02 de dezembro de 2015 às 02h08

    Nelson Mazzocco , Você não está argumentando com um teórico, meu pai que trabalhava de servente de pedreiro e minha mãe de empregada doméstica, sei na prática o porquê que eu e colegas pobres e colegas ricos mudamos de status independente de governos, religiões, amigo, parentes e etc., foi por mérito próprio ou a falta dele, essa conversa de que temos que esperar a ajuda de deus, dos pais, dos governante e etc., ´conversa de quem não tem coragem de assumir a sua própria vida e de quem quer viver as custas deste tipo de pessoa. Alias, é fácil verificar que pessoas são diferentes apesar de serem criadas em um mesmo ambiente, é só verificar a nossa família e nossos conhecidos e vermos que uns progridem, uns permanecem do mesmo jeito e outros regridem e não é por nada façam ou deixe de fazer por eles e sim pelo que eles fazem por si. ,

    Responder

Replicante Seletivo

01 de dezembro de 2015 às 14h53

Decidio ainda acredita em sua histórica imputabilidade tucana e vai continuar se valendo deste trunfo.

Responder

    Hell Back

    02 de dezembro de 2015 às 10h59

    Imputável???? Acredito que você queria dizer INIMPUTÁVEL.

    Responder

Valdir Dantas

01 de dezembro de 2015 às 14h50

A PF TAMBÉM NÃO VAI FAZER QUESTÃO NENHUMA , IAC,IAC, IAC, IAC

Responder

Deixe um comentário