Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

Brasília - A presidenta Dilma Rousseff e o ex-presidente e atual senador uruguaio, José Pepe Mujica, participam da 3ª Conferência Nacional de Juventude, no Estádio Nacional Mané Garrincha (Wilson Dias/Agência Brasil)

Dilma: “Os que querem interromper meu mandato não resistem a pesquisa no Google”

Por Redação

17 de dezembro de 2015 : 16h32

por Paulo Victor Chagas, na Agência Brasil

A presidenta Dilma Rousseff fez hoje (16) um dos mais inflamados discursos em defesa de seu mandato e contra o pedido de impeachment. Ao participar da 3ª Conferência Nacional de Juventude, em Brasília, evento que reúne lideranças jovens de todo o país, Dilma disse que “jamais houve desvio” durante o exercício da Presidência, atacou enfaticamente adversários, disse que há uma “invenção de motivos” por parte dos que “tentam chegar ao poder de forma assaltar a eleição direta” e afirmou que tem o “compromisso de continuar mudando o Brasil”.

Antes de seu discurso, vários participantes do evento puxavam coros de apoio a Dilma e contra o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Durante o discurso, ela foi interrompida algumas vezes por gritos de “Não vai ter golpe” e “Ai, a Dilma fica o Cunha sai”. Cunha aceitou, no último dia 2 de dezembro, a abertura do processo de impeachment, cujo pedido foi feito pelos juristas Hélio Bicudo, Mighel Reale Jr. e Janaína Conceição Paschoal.

“Neste momento, usando todos os instrumentos que o Estado Democrático de Direito me faculta, lutarei contra a interrupção ilegítima do meu mandato”, declarou a presidenta, enumerando argumentos que, segundo ela, comprovam que os que tentam interromper o “mandato popular conquistado legitimamente” não encontram razões consistentes para oimpeachment.

“É a falta de razão que nós chamamos de golpe. A Constituição brasileira prevê sim esse processo [de impeachment]. O que ela não prevê é a invenção de motivos. Isso nao está previsto em nenhuma Constituição.” De acordo com Dilma, os argumentos sobre as mudanças no Orçamento não são consistentes pois “jamais houve desvio nenhum”. Segundo ela, seus opositores oscilam entre “invenções e falácias porque não há como justificar o atentado que querem cometer contra a democracia”.

“Não sustenta qualquer argumento porque não houve irregularidade. Nós pagamos o Bolsa Família sim. Pagamos o Minha Casa, Minha Vida sim. E, ao fazê-lo, sempre respeitando as leis e os contratos que existiam. Eu assinei decretos e mudanças na locação de recursos quando estes recursos sobravam e, portanto, podiam ser deslocados para outras atividades pela lei orçamentária aprovada neste país”, afirmou.

Biografia

Sem citar diretamente ninguém, a presidenta elencou políticas implementadas pelos governos do PT desde 2003, quando o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva assumiu o governo. De acordo com a presidenta, “os que buscam atalho para o poder não querem derrubar apenas uma mulher” e sim um projeto.

Dilma comparou a sua biografia com a de adversários políticos. “Sabem que têm de usar de artifícios porque não conseguirão nada atacando minha biografia, que é conhecida. Sou uma mulher que lutou. Amo meu país e sou honesta. Além disso, não compartilho com algumas práticas da velha política que alguns deles professam. O mais irônico é que muitos que querem interromper meu mandato têm uma biografia que não resiste a uma rápida pesquisa no Google”, criticou.

Diante de uma plateia de cerca de 3 mil pessoas, de acordo com a Secretaria Nacional da Juventude, a presidenta fez referências à política de oposicionistas como o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB). “Vamos mudar o Brasil fortalecendo a sua democracia e impedindo retrocessos. Não mudaríamos o Brasil fechando escolas. Nós também não vamos mudar o Brasil reprimindo movimentos pacíficos com forças policiais. Sabemos que fechar escolas é extinguir sonhos”, disse.

A presidenta criticou ainda medidas atribuídas a setores conservadores como a redução da maioridade penal, a aprovação da proposta de emenda à Constituição que transfere para o Legislativo o poder de demarcar terras indígenas e a adoção de medidas contrárias à diversidade das famílias.

“Certamente não mudaremos para melhor o Brasil se permitirmos que a nossa democracia, jovem ainda, seja golpeada agredida ou desrespeitada. Para mudar o Brasil temos de garantir respeito ao voto da população e respeitar o resultado das eleições. Hoje, sabemos que defender a democracia é mudar o Brasil para melhor. Está em curso uma batalha que ditará os rumos do nosso país por muito tempo”, disse a presidenta.

Demandas

Além dos refrões em coro proferidos pela plateia, os discursos da cerimônia de abertura da conferência também foram de apoio a Dilma. Ela recebeu, porém, uma reivindicação do presidente do Conselho Nacional de Juventude, Daniel Souza. “Que esse governo se coloque cada vez mais à esquerda e com o povo”, disse Daniel. Delegados da conferência também pediram a demissão do ministro da Fazenda, Joaquim Levy.

Mujica

Antes da chegada de Dilma à Conferência Nacional da Juventude, o ex-presidente do Uruguai, José Pepe Mujica, discursou e foi ovacionado pelos participantes do evento. A presidenta foi acompanhada pelos ministros Jaques Wagner, da Casa Civil; Edinho Silva, da Secretaria de Comunicação Social da Presidência; Miguel Rossetto, do Trabalho; e pela ministra do Desenvolvimento Social, Tereza Campello.

Edição: Lana Cristina

 

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

52 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Laercio Medeiros

19 de dezembro de 2015 às 12h20

Sera que Mujica abracaria a causa dos coxinhas ?

Responder

Serqiera Lú

19 de dezembro de 2015 às 11h21

VERDADE! TD CORRUPTO, MAIS SUJO Q CHIQUEIRO DE PORCOS.

Responder

Sergio DaltosoJr

19 de dezembro de 2015 às 01h11

Ahazzou presidenta!!!

Responder

Elidio Nonato

18 de dezembro de 2015 às 20h08

Viva a falta de justiça e o desgoverno brasileiro.

Responder

Célia Nadir Anselmi

18 de dezembro de 2015 às 16h08

Santo Deus Dilma, desce pra Terra!

Responder

Célia Nadir Anselmi

18 de dezembro de 2015 às 16h08

Santo Deus Dilma, desce pra Terra!

Responder

Célia Nadir Anselmi

18 de dezembro de 2015 às 16h08

Santo Deus Dilma, desce pra Terra!

Responder

Kika Zanon

18 de dezembro de 2015 às 15h48

ja apagaram quase tudo: do fhc, não tem sobre a caravela e o filho dele com o frances ilegal no país que depois foi deportado e o rombo das despesas da festa dos 500anos; não tem sobre a feira de Hannouver que o filho dele aparentemente comprou a feira e o metade da europa com o valor, aliás pq o filho dele foi tão atuante nos mandatos dele?? tem tbem o cunhado de fhc, que era firetor de assuntos internacionais da petrobras@@….tem tbém primo de aético que fou cobdenado com o marcos valério, um foi preso, o outro foi ser diretor no tre mineiro@@ aproveitem pq esta sumindo….

Responder

Kika Zanon

18 de dezembro de 2015 às 15h48

ja apagaram quase tudo: do fhc, não tem sobre a caravela e o filho dele com o frances ilegal no país que depois foi deportado e o rombo das despesas da festa dos 500anos; não tem sobre a feira de Hannouver que o filho dele aparentemente comprou a feira e o metade da europa com o valor, aliás pq o filho dele foi tão atuante nos mandatos dele?? tem tbem o cunhado de fhc, que era firetor de assuntos internacionais da petrobras@@….tem tbém primo de aético que fou cobdenado com o marcos valério, um foi preso, o outro foi ser diretor no tre mineiro@@ aproveitem pq esta sumindo….

Responder

Kika Zanon

18 de dezembro de 2015 às 15h48

ja apagaram quase tudo: do fhc, não tem sobre a caravela e o filho dele com o frances ilegal no país que depois foi deportado e o rombo das despesas da festa dos 500anos; não tem sobre a feira de Hannouver que o filho dele aparentemente comprou a feira e o metade da europa com o valor, aliás pq o filho dele foi tão atuante nos mandatos dele?? tem tbem o cunhado de fhc, que era firetor de assuntos internacionais da petrobras@@….tem tbém primo de aético que fou cobdenado com o marcos valério, um foi preso, o outro foi ser diretor no tre mineiro@@ aproveitem pq esta sumindo….

Responder

Walasse Oliveira

18 de dezembro de 2015 às 14h31

#ForaCunha #ForaAÉCIO

Responder

Maria Regina Novaes

18 de dezembro de 2015 às 14h20

Não resistem a um simples “Oi”

Responder

Beto Queiroz

18 de dezembro de 2015 às 12h44

boom

Responder

Otávio Ramos

18 de dezembro de 2015 às 11h41

Vamos colocar os pingos nos is.
Não se questiona a honestidade de Dilma Rousseff. A questão crucial é que as pedaladas fiscais são suficientes para instaurar um processo de impeachment.
A questão não é se há alguém melhor que ela. A questão é que quando não se respeita a lei de responsabilidade fiscal, o presidente da República deve ser responsabilizado.
Se queremos ver o país melhorar, que comecemos por respeitar as leis.
Dizer que um presidente não pode ser responsabilizado de suas ações simplesmente porque suas intenções foram boas, é no mínimo ridículo.
Leis estão aí para serem respeitadas.

Responder

Thiago Ramos

18 de dezembro de 2015 às 04h10

Mas quase 70% dos brasileiros querem o impeachment da incompetenta presidenta. É tão difícil de entender que é o povo que quer que ela e o PT saiam do poder??? #ForaDilma #ForaPT #ForaCorruPTos #ForaCunha #ForaRenan

Responder

    Renato Antonini

    18 de dezembro de 2015 às 05h41

    De onde voce tirou esses numeros, voce está louco ou pirado????

    Responder

      Hell Back

      18 de dezembro de 2015 às 13h57

      Provavelmente deve ter tirado do DataFalha. rs

      Responder

Dora Lima

18 de dezembro de 2015 às 04h00

Está anulado o processo de impeachment instalado pela Câmara dos Deputados.
Deverá, a partir de agora, formar nova Comissão Especial, de maneira democrática e sem voto secreto.
Não haverá a possibilidade de candidatura avulsa para tal Comissão.
O Senado não ficará subordinado à decisão da Câmara dos Deputados.
O STF determinou, ainda, que o Senado tem a competência de admitir ou não o processamento.
O PCdoB marca mais uma vez a história do Brasil em defesa da democracia.

#NãoVaiTerGolpe
#DemocraciaSimGolpeNão

Responder

Jullian Lima

18 de dezembro de 2015 às 01h58

Eu votei na Dilma, não me arrependo, mas… Me ajuda a te ajuda, mulher. Pq as vezes fica dificil te defender….. MELHORE, miga.

Responder

Edson Mário

17 de dezembro de 2015 às 23h22

Agora, minha filha, não tenha medo; farei por você tudo o que me pedir. Todos os meus concidadãos sabem que você é mulher virtuosa.
Rute 3:11 … Quem trata bem os pobres
empresta ao Senhor,
e ele o recompensará. Pv 19 : 17 … Vocês serão enriquecidos de todas as formas, para que possam ser generosos em qualquer ocasião e, por nosso intermédio, a sua generosidade resulte em ação de graças a Deus.
2 Coríntios 9:11… E deu Deus a Salomão sabedoria, e muitíssimo entendimento, e largueza de coração, como a areia que está na praia do mar. 1 Reis 4: 29 PT 13 RUMO AO PENTA !!!!!!!!!!!!!!!!!

Responder

Rose Andrade

17 de dezembro de 2015 às 22h38

PESQUISA GOOGLE…..
ESCÂNDALO CEMIG E A GLOBO
ESCÂNDALO RADIO ARCO IRIS
ESCÂNDALO NIOBIO DE ARAXA
AECIO DESVIA
DOCUMENTARIO A SALA SECRETA
Aecio processou o google tentando impedir que o google publicasse pesquisas com seu nome.

Responder

Gf Andrezão

17 de dezembro de 2015 às 21h36

E o Aécio por onde anda..???…tá Caladinho se não sobra pra ele também… Dilma fica nunca duvidei de seu carácter…!!

Responder

Roberta Ting

17 de dezembro de 2015 às 21h02

#DilmaFica

Responder

Baron

17 de dezembro de 2015 às 17h59

Agora sim, com o apoio do folclórico MUJICA, o mandato da DILMA está salvo.

Responder

Darlene Leme Ichimaru

17 de dezembro de 2015 às 19h51

#NãoVaiTerGolpe

Responder

Adriano Adauto

17 de dezembro de 2015 às 19h48

Lacrou!

Responder

Luizbandeira Gomes

17 de dezembro de 2015 às 19h39

Não tem pra ninguém : a nossa legítima Presidenta é Dilma Rousseff !

Responder

Lanna Terena Oliveira Maracanã

17 de dezembro de 2015 às 19h24

Erro ao estabelecer uma conexão com o Banco de Dados

Responder

Maria D'Orazio

17 de dezembro de 2015 às 19h21

Como diz Ciro Gomes: Aponte um nome limpo dos politicos que querem dar o golpe. Apenas um.

Responder

Wagner Nascimento

17 de dezembro de 2015 às 19h19

Responder

Wagner Nascimento

17 de dezembro de 2015 às 19h18

Responder

Wagner Nascimento

17 de dezembro de 2015 às 19h18

Responder

Joaquim Rodrigues

17 de dezembro de 2015 às 19h14

Esse foi o melhor comentário!!

Responder

Horacio Nelson

17 de dezembro de 2015 às 19h11

Responder

Paulo Henrique

17 de dezembro de 2015 às 19h10

#Dilmafica ?

Responder

Artur Lombo

17 de dezembro de 2015 às 19h09

Não é atoa que o Aécio quis censurar o Google no ano passado,solicitando a justiça que retirasse qualquer artigo que citava o nome dele em maracutaias.Felizmente o pedido foi rejeitado.

Responder

Luiz Henrique

17 de dezembro de 2015 às 19h08

Não vai ter golpe,
DILMA FICA E
FORA CUNHA.

Responder

Kleber Silva

17 de dezembro de 2015 às 19h03

#NãoVaiTerGolpe #DilmaFica #ForaCunha #EsseImpeachmentÉGolpe

Responder

Deixe um comentário