Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

Skaf devia sofrer impeachment na Fiesp!

Por Redação

17 de dezembro de 2015 : 16h43

por Altamiro Borges, no Blog do Miro

Em 1964, a Federação das Indústrias de São Paulo, a outrora poderosa Fiesp, participou ativamente da conspiração para derrubar o presidente João Goulart. No livro “Golpe de Estado”, os jornalistas Palmério Dória e Mylton Severiano descrevem como a entidade financiou os golpistas e apoiou a ditadura militar, que matou e torturou muitos brasileiros. Agora, passados 51 anos, a Fiesp volta a escancarar o seu viés fascista. Na segunda-feira (15), o oportunista Paulo Skaf, que tomou de assalto a associação patronal, anunciou seu apoio formal ao impeachment de Dilma. Já no domingo, durante a deprimente marcha golpista na Avenida Paulista, a entidade que congrega inúmeros sonegadores distribuiu milhares de “Patos”, o símbolo da sua campanha pela redução dos impostos.

A postura da Fiesp reflete, em parte, o pensamento conservador, elitista e direitista dos industriais paulistas. Segundo o noticiário, a entidade promoveu uma pesquisa interna com 1.113 empresas no Estado e 85,4% delas se manifestaram favoráveis ao impeachment. A mídia patronal não dá detalhes da enquete e nem questiona sua metodologia, mas dá como certo que “a maior parte do empresariado paulista é favorável ao afastamento da presidente Dilma” – festeja o site da revista Época. Por outro lado, porém, a postura da entidade espelha o comportamento golpista do seu questionável presidente, Paulo Skaf. Filiado ao PMDB, o mesmo partido do “ético” Eduardo Cunha, o empresário já disputou duas vezes o governo de São Paulo (2010 e 2014) e foi escorraçado nas urnas.Antes mesmo da divulgação da “pesquisa”, Paulo Skaf já estava metido nos conchavos de bastidores pelo impeachment de Dilma. Segundo a própria mídia, ele se apresentava como interlocutor junto ao patronato do vice-presidente Michel Temer, que não esconde mais sua traição e seu desejo de ocupar o Palácio do Planalto. Na semana passada, Paulo Skaf já havia antecipado a “posição formal da Fiesp”. Em entrevista coletiva, o velhaco oportunista até polemizou sobre as razões do impeachment:

“Dizer que é golpe é uma apelação. O que posso dizer é que as coisas não podem continuar como estão. Há uma grave crise política e a culpa é do governo brasileiro, que perdeu a sua credibilidade. Acho muito difícil o governo resgatar a confiança da sociedade brasileira… São dois caminhos: ou o governo resgata a sua credibilidade, o que acho impossível, ou haverá a necessidade de mudança. Essa mudança pode ser por meio do impeachment, renúncia ou outra forma. Estender essa situação vai custar muito caro para a nação brasileira”, esbravejou o golpista. Agora, com a “posição formal da Fiesp”, o rejeitado nas urnas tenta recuperar o seu cacife político entre os próprios empresários.

Na sua frustrada ambição política, Paulo Skaf acabou se desgastando. Ele já foi acusado – inclusive por outras líderes empresariais – de usar a estrutura e os recursos da Fiesp para atingir seus objetivos. Ele é quase uma figura obrigatória – e chata – nas telinhas da televisão com os anúncios publicitários financiados pela entidade e pelo Sesi (Serviço Social da Indústria). Muitos dos seus pares questionam sua custosa exposição midiática, sua postura de caudilho e seus métodos truculentos na presidência da Fiesp. Caso sua nova jogada golpista dê zebra, ele é que poderá sofrer impeachment na entidade.

Sobre as críticas ao oportunismo de Paulo Skaf no meio empresarial, vale conferir artigo publicado na Folha em 23 de dezembro de 2014:

*****

Golpe na Fiesp

Roberto Giannetti da Fonseca

Os sindicatos patronais associados à Fiesp (Federação de Indústrias do Estado de São Paulo) foram convocados às pressas para comparecer no dia 24 de novembro à uma assembleia-geral extraordinária da instituição. O objetivo era discutir a alteração de seus estatutos para prorrogar o período de mandato da atual diretoria, o qual expiraria legalmente em setembro de 2015.

Em nenhum momento até a data da assembleia foi esclarecida qual seria a obscura motivação para essa medida, que fere a tradição histórica da casa da indústria do Estado de São Paulo, a qual prevê a alternância de direção a cada período máximo de dois mandatos consecutivos de quatro anos cada um.

Haveria alguma crise financeira, institucional ou jurídica não revelada que, por ventura, motivasse legitimamente essa prorrogação de mandato da atual diretoria e o consequente cancelamento das eleições ordinárias previstas para ocorrer entre abril e setembro de 2015?

Diante da crise conjuntural e estrutural por que passa a indústria brasileira, seriam os atuais integrantes da diretoria da Fiesp os únicos empresários habilitados e capacitados a defender os interesses do setor industrial diante dos governos federal e estadual?

Ou seria, por acaso, motivada pelo risco de uma eventual violação dos artigos 46 e 48 dos estatutos que impedem a Fiesp de promover candidaturas a cargos eletivos políticos-partidários estranhos aos seus quadros administrativos?

Em defesa da legalidade dos estatutos da Fiesp levantaram-se algumas poucas vozes de importantes sindicatos de abrangência nacional, que nada ou pouco dependem da Fiesp no seu dia a dia, mas que se sentem ameaçados pela crescente perda de credibilidade da classe empresarial diante da “politização obsessiva e desvairada” da Fiesp nos últimos quatro anos.

Eles insistem que sejam preservadas as determinações estatutárias para a realização das eleições em 2015 para a diretoria e para o conselho fiscal, e se opõem ao golpe de alteração de estatuto ocorrido nesta última assembleia-geral.

Dos 131 sindicatos patronais filiados à Fiesp, apurou-se que 34 não compareceram ou se abstiveram de votar, 5 decidiram votar contra a prorrogação, e pouco mais de 2/3 deles, ou seja, 92 apoiaram a alteração do estatuto.

A prorrogação de mandato foi consumada assim como foram eleitos por votação indireta os generais durante o regime militar. Havia um cheiro de AI-5 no ar e muitos dos votantes cochichavam entre si temerosos da absurda situação que estavam endossando naquele momento. A consciência, no fundo, registra e dói.

No momento em que o país atravessa um quadro crítico de equilíbrio macroeconômico, com ênfase na crescente crise do setor industrial, a Fiesp, pela sua tradição de digna e independente representante da indústria paulista, não deveria aceitar atitudes casuísticas e desmotivadas de razão, que venham a ensejar a perda de credibilidade e de reconhecimento junto à sociedade civil e às autoridades governamentais.

Política empresarial e política partidária não se confundem e têm de atuar de forma isolada. Queimaram-se pontes de relacionamentos dessa instituição com os governos federal, estadual e municipal, assim como com o PSB, PSDB, PT e PMDB. Um feito difícil de ser repetido ou igualado por outrem, no qual seus próprios autores insistem em não reconhecer o seu “mérito”, num caso clássico de autoengano.

Manifesto minha solitária opinião de cidadão, empresário e ex-diretor de Relações Internacionais e Comércio Exterior da Fiesp. Esse é o legítimo sentimento que me move, esperando que no futuro próximo as lideranças empresariais do país se unam nesta manifestação pela defesa da imagem e da legalidade de suas instituições, atualmente tão delapidadas de representatividade.

ROBERTO GIANNETTI DA FONSECA, 64, economista, é presidente da Kaduna Consultoria. Foi diretor de Relações Internacionais e Comércio Exterior da Fiesp – Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (2004-2013).

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

108 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Enio

19 de dezembro de 2015 às 12h29

Skaf criou o patão de tróia.
O pato representa o tamanho do medo dos sonegadores com a implantação da CPMF, que fiscaliza todas as rotas do dinheiro bancário rumo aos paraísos fiscais e esquemas de lavagem de dinheiro. Ricos não querem pagar os impostos devidos e deixa pros patinhos pagar o deles.

Responder

Jose Mario Spinelli

19 de dezembro de 2015 às 11h54

Ele tem cara de fuinha

Responder

Sonia Pompeu de Camargo

19 de dezembro de 2015 às 08h47

Quer a teeceirizacao! Derrubar os direitos dos trabalhadores.

Responder

Mazola de Novais

19 de dezembro de 2015 às 02h08

BEM LEMBRADO.

Responder

Filosofia Livre - Unifesp

18 de dezembro de 2015 às 23h38

Pagar o pato? Não, vai pagar é mico. Vai vendo… cara nojento, insuportável.

Responder

Rita Fajardo

18 de dezembro de 2015 às 23h10

Empresariado muito mal representado.

Responder

Edu Basilio

18 de dezembro de 2015 às 22h56

Aff scafff

Responder

José Silva

18 de dezembro de 2015 às 21h32

gente, como é que um sujeitinho ordinário como esse consegue ser presidente da FIESP…isso só poderia acontecer no tucanistão mesmo

Responder

José Silva

18 de dezembro de 2015 às 21h32

gente, como é que um sujeitinho ordinário como esse consegue ser presidente da FIESP…isso só poderia acontecer no tucanistão mesmo

Responder

José Silva

18 de dezembro de 2015 às 21h32

gente, como é que um sujeitinho ordinário como esse consegue ser presidente da FIESP…isso só poderia acontecer no tucanistão mesmo

Responder

Mariano Moreira

18 de dezembro de 2015 às 19h20

Skafudeu-se

Responder

Vilma Ragazzi

18 de dezembro de 2015 às 18h35

Fora Skaf.

Responder

Vilma Ragazzi

18 de dezembro de 2015 às 18h34

Ele deveria se esconder um pouco, essa cara dele ta ficando muito manjada.

Responder

Robson Dias Oliveira

18 de dezembro de 2015 às 18h29

Tá na hora de mudar esta carranca da Fiesp. Uma instituição respeitada no passado, se presta a campanhas bobas contra aumento de tributo.

Responder

Dalila Costa

18 de dezembro de 2015 às 18h28

As contas dele tb deveriam ser investigadas.

Responder

José Maria Carvalho Jr.

18 de dezembro de 2015 às 17h48

Caiu a máscara do patinho!

Responder

Genaro Galvão

18 de dezembro de 2015 às 17h40

Lixo !

Responder

Jose Brito

18 de dezembro de 2015 às 13h48

Vejo que tem pessoas coerentes aqui. Bem lembrando Misael B. S. Filho, manobras do capitalismo de coluio com a midia golpista, fazendo com que o país pare pelo simples flert do capitalismo selvagem, bem lembrando Misael!!!!

Responder

João Tavares Filho

18 de dezembro de 2015 às 13h38

Si fufu Skaf!

Responder

Maria Regina Novaes

18 de dezembro de 2015 às 13h36

A empresa dele faliu,não foi?Conheço outros tantos que depois de falir foram pra direção da CIESP!…Chano né!

Responder

Kika Zanon

18 de dezembro de 2015 às 13h34

skaf é a cara da fiesp

Responder

Mauricio Ferreira

18 de dezembro de 2015 às 12h57

Pelo tamanho do nariz esse Skaf mente pra caralho Hu3BR

Responder

Leo Sérgio Campos

18 de dezembro de 2015 às 12h23

lamentavel que um cara desses , usa de seu cargo e da estrutura da federacao e investe contra a prresidente, condicionando as empresas a agirem contra a presidente, e contra o país, frustrado na politica, quer a todo custo manter-se em evidencia, vai se ferrar para aprender.

Responder

Osni Gomes

18 de dezembro de 2015 às 12h08

Este é só mais um idiota que tenta enganar os incautos que nele acredita.. fala em nom,e das empresas paulistas, mas compra pato na China…..tem idiopta que acredita…

Responder

Maria Roseli Lara

18 de dezembro de 2015 às 10h25

é tucanalha o que se esperar deque se lambusa na roubalheira

Responder

Cristina Tenuta

18 de dezembro de 2015 às 06h57

Sai, múmia!

Responder

Katia Maia

18 de dezembro de 2015 às 04h31

Sanguessunga do capitalismo.

Responder

Renato Antonini

18 de dezembro de 2015 às 04h29

O povo aos pouco vai conhecendo a cara de cada político neste País e vendo quem está ao lado da maioria do povo ou ao lado dos bandidos , ladrões, corruptos e nocivos ao País. Está caindo a mascara de todos eles, e não perceberam ainda o vexame em que se atolam a cada dia que passa, diminuem os números de pessoas que apoiam estes marginais, diminuiram os numeros de pessoas que votariam no PSDB, o que dira do DEM. e ou Solidariedade.

Responder

    Fatima Tomas Musacci

    18 de dezembro de 2015 às 16h39

    este ano, batemos o record de descaramento dos que estão contra o povo, políticos só a favor dos exploradores sem dó do povo, eles mostraram a cara e tiraram as peles do cordeiro e mostraram as caras exploradores, sangue- sugas que são.

    Responder

    Fatima Tomas Musacci

    18 de dezembro de 2015 às 16h39

    este ano, batemos o record de descaramento dos que estão contra o povo, políticos só a favor dos exploradores sem dó do povo, eles mostraram a cara e tiraram as peles do cordeiro e mostraram as caras exploradores, sangue- sugas que são.

    Responder

    Fatima Tomas Musacci

    18 de dezembro de 2015 às 16h39

    este ano, batemos o record de descaramento dos que estão contra o povo, políticos só a favor dos exploradores sem dó do povo, eles mostraram a cara e tiraram as peles do cordeiro e mostraram as caras exploradores, sangue- sugas que são.

    Responder

Sílvia Eugênia Galli

18 de dezembro de 2015 às 03h27

#ForaEmpresárioTraidorDoBrasil

Responder

Maria Do Rosário Brandão Nogueira

18 de dezembro de 2015 às 02h55

Esse aí morreu e esqueceram de enterrar.

Responder

Jaime Baghá

18 de dezembro de 2015 às 01h46

Skaf seu boneco de ventrílogo ridículo.

Responder

Gabee Gabee

18 de dezembro de 2015 às 01h43

Sim!!!!!!!

Responder

Rodrigo de Mendonça

18 de dezembro de 2015 às 01h40

QDO a oposição derrubou a CPMF no gov Lula, esse pilantra afirmou com todas as letras que sem a CPMF o preço dos produtos ia cair ! CAIU? poisé os empresários abocanharam a diferença da cpmf

Responder

Monica De Castro

18 de dezembro de 2015 às 01h39

Seguinte, SKAF e SKAFandristas em geral: #NãoVaiTerGolpe, mas … #VaiTerZelotes #VocesVaoSimPagarOPato !!! Canalhada sonegadora, corja!!

Responder

Celso Almeida

18 de dezembro de 2015 às 01h30

É um fora da realidade, enganado pela urubologa.

Responder

Thaís Mesquita

18 de dezembro de 2015 às 01h27

Fora tucano maldito!!!!

Responder

Gilberto Araujo Barros

18 de dezembro de 2015 às 01h04

Semi analfabeto foi provado, devia pelo menos estudar ainda da.

Responder

Gilberto Araujo Barros

18 de dezembro de 2015 às 01h01

Esta sujando o nome do sesi senai sesc e fiesp.

Responder

Francisco De Assis Assis Kelly

18 de dezembro de 2015 às 00h56

ALERTA GERAL!!!!
É COM MENTIRAS MASSIFICADAS NA MÍDIA GOLPISTA PAGA COM O SUJO DINHEIRO QUE ELES TETAM O GOLPE!!!

OS PATROCINADORES DO GOLPE FINALMENTE MOSTRAM A CARA E AS GARRAS!!!

A FIESP FOI QUEM FINANCIOU A DITADURA MILITAR E É COMPOSTA PELOS “EMPRESÁRIOS GOLPISTAS” PARA O BRASIL E VOCÊ FICAREM NA MERDA!!! SÃO ELES QUE PATROCINAM COM “DINHEIRO SUJO” O CAOS INFLACIONANDO E PAGANDO A MÍDIA PARA MENTIR.

QUEM NÃO DEVE NÃO TEME. DILMA FICA!

AGUARDE…

Responder

Fernando Lanna

18 de dezembro de 2015 às 00h43

Tá bolado né patinho Skaf, gilbertão tá dominando o SESI dn e VC tá perdendo espaço. Fica assim não fio VC nunca será governador de SAMPA.

Responder

Sergio Bianchi

18 de dezembro de 2015 às 00h41

golpista narcisista.

Responder

Luiza Helena Stoler

18 de dezembro de 2015 às 00h37

Já vai tarde

Responder

Paulo Lima

18 de dezembro de 2015 às 00h31

Incurável patológico…

Responder

Matheus Tanamy

18 de dezembro de 2015 às 00h26

O cara “mama” sem concurso público, indicado por empresários, e é pago com dinheiro de tributo… Essas mamatas deveriam acabar no Brasil.

Responder

Vanderlei Ramos Ramos

18 de dezembro de 2015 às 00h05

ESSE IMBECIL SKAFUNDEU-SE …GOLPISTA SEM VERGONHA..

Responder

Carlos Henrique Lamothe Cotta

17 de dezembro de 2015 às 23h50

Fora pato !

Responder

Carlos Henrique Lamothe Cotta

17 de dezembro de 2015 às 23h50

Fora pato !

Responder

Marcia Denise

17 de dezembro de 2015 às 23h49

o autêntico pato pateta …

Responder

Marcia Denise

17 de dezembro de 2015 às 23h49

o autêntico pato pateta …

Responder

Marcia Denise

17 de dezembro de 2015 às 23h49

o autêntico pato pateta …

Responder

Marcos Antonio Camilo Silva

17 de dezembro de 2015 às 23h29

e outro babaca fica so comendo dinheiro do sesi

Responder

Marcos Antonio Camilo Silva

17 de dezembro de 2015 às 23h29

e outro babaca fica so comendo dinheiro do sesi

Responder

Marcos Antonio Camilo Silva

17 de dezembro de 2015 às 23h29

e outro babaca fica so comendo dinheiro do sesi

Responder

Roberto Humai

17 de dezembro de 2015 às 23h27

Esse puto fica com esses patos na rua, trabalhando contra a cpmf e não diz que as associadas da FIESP receberam 400 bilhões em renúncia fiscal. Por que os patos dele não dizem isso para o povo? FDP golpista que mama nas tetas do governo e luta para derruba-lo. Corno.

Responder

Roberto Humai

17 de dezembro de 2015 às 23h27

Esse puto fica com esses patos na rua, trabalhando contra a cpmf e não diz que as associadas da FIESP receberam 400 bilhões em renúncia fiscal. Por que os patos dele não dizem isso para o povo? FDP golpista que mama nas tetas do governo e luta para derruba-lo. Corno.

Responder

Roberto Humai

17 de dezembro de 2015 às 23h27

Esse puto fica com esses patos na rua, trabalhando contra a cpmf e não diz que as associadas da FIESP receberam 400 bilhões em renúncia fiscal. Por que os patos dele não dizem isso para o povo? FDP golpista que mama nas tetas do governo e luta para derruba-lo. Corno.

Responder

Misael B. S. Filho

17 de dezembro de 2015 às 23h14

Skaf é um laranja do Capitalismo, não passa de uma marionete contratado para fazer o jogo sujo dos Empresários de SP.

Responder

Misael B. S. Filho

17 de dezembro de 2015 às 23h14

Skaf é um laranja do Capitalismo, não passa de uma marionete contratado para fazer o jogo sujo dos Empresários de SP.

Responder

Misael B. S. Filho

17 de dezembro de 2015 às 23h14

Skaf é um laranja do Capitalismo, não passa de uma marionete contratado para fazer o jogo sujo dos Empresários de SP.

Responder

    Taylor

    07 de maio de 2018 às 08h58

    Será porque Lula praticamente o colocou na presidência da FIESP em 2004? Será porque ele é faz parte da tal falada “ELITE” tão temida pelos trabalhadores brasileiros??? Vocês não enganam mais o povo brasileiro gente podre!!!

    Responder

Ronaldo Alexandre

17 de dezembro de 2015 às 22h58

Essa praga se parece com o freddy Krueger

Responder

Ronaldo Alexandre

17 de dezembro de 2015 às 22h58

Essa praga se parece com o freddy Krueger

Responder

Vinicius Farias

17 de dezembro de 2015 às 22h45

Esse safado pensa que pode mandar no país!!!! Golpista de merda!!!

Responder

Vinicius Farias

17 de dezembro de 2015 às 22h45

Esse safado pensa que pode mandar no país!!!! Golpista de merda!!!

Responder

Roland Costa

17 de dezembro de 2015 às 22h41

Outro golpista

Responder

Roland Costa

17 de dezembro de 2015 às 22h41

Outro golpista

Responder

Fjsantos Santos

17 de dezembro de 2015 às 22h01

O homem dos patinhos de borracha gigantes….

Responder

Fjsantos Santos

17 de dezembro de 2015 às 22h01

O homem dos patinhos de borracha gigantes….

Responder

Rita Cassia Le Sénéchal Cruz

17 de dezembro de 2015 às 21h56

Belo exemplo de “patriota”…

Responder

Rita Cassia Le Sénéchal Cruz

17 de dezembro de 2015 às 21h56

Belo exemplo de “patriota”…

Responder

Fatima Paris

17 de dezembro de 2015 às 21h56

Esse está trabalhando para derrubar a Dilma, faz tempo.

Responder

Fatima Paris

17 de dezembro de 2015 às 21h56

Esse está trabalhando para derrubar a Dilma, faz tempo.

Responder

Mario Quadros

17 de dezembro de 2015 às 21h27

A FIESP foi el maior suporte da ditadura militar. Tudo fascista podre.

Responder

Mario Quadros

17 de dezembro de 2015 às 21h27

A FIESP foi el maior suporte da ditadura militar. Tudo fascista podre.

Responder

Enio

17 de dezembro de 2015 às 19h20

Skaf criou o patão de tróia.
O pato representa o tamanho do medo dos sonegadores com a implantação da CPMF, que fiscaliza todas as rotas do dinheiro bancário rumo aos paraísos fiscais e esquemas de lavagem de dinheiro.

Responder

Edilberto Pires

17 de dezembro de 2015 às 19h13

Skaf Um desplanaviado contra a saúde pública um inerte, boçal se acha o tal do contra a CPMF, porque? será que pagam corretamente retamente os impostos devidos?

Responder

Luizbandeira Gomes

17 de dezembro de 2015 às 21h02

Paulo Skaff é libanês da Vila Mariana / de origem industrial do ramo têxtil / formado na Mackenzie / tem aspiração política !

Responder

Cesar Valente

17 de dezembro de 2015 às 21h01

Como? Ele eh o dono.

Responder

Antonio Sampietro

17 de dezembro de 2015 às 20h52

Iniciando campanha ” fora skaf e leve a fiesp junto “

Responder

Luís Henrique Martin

17 de dezembro de 2015 às 20h44

Responder

Fabricio Pyramides

17 de dezembro de 2015 às 20h38

Esse é um fdp. .. quer dar e ninguém come

Responder

Fabricio Pyramides

17 de dezembro de 2015 às 20h38

Esse é um fdp. .. quer dar e ninguém come

Responder

Daniel Assunção

17 de dezembro de 2015 às 20h31

Jéssica Skaf eita kk

Responder

Daniel Assunção

17 de dezembro de 2015 às 20h31

Jéssica Skaf eita kk

Responder

Jose Aparecido Gonçalves

17 de dezembro de 2015 às 20h28

Esse é um picareta

Responder

Jose Aparecido Gonçalves

17 de dezembro de 2015 às 20h28

Esse é um picareta

Responder

Orlando Bonetti Junior

17 de dezembro de 2015 às 20h21

E ele vai viver do que? Tadinho gente, que maldade.

Responder

Orlando Bonetti Junior

17 de dezembro de 2015 às 20h21

E ele vai viver do que? Tadinho gente, que maldade.

Responder

Denis Oliveira Damazio

17 de dezembro de 2015 às 20h16

Bom, mas se for no facebookda Fiesp, vocês vão ver que 92% dos empresários apoiam o impeachment. Sao ridículos, mas Skaf os representa (e eh ainda mais ridículo).

Responder

Denis Oliveira Damazio

17 de dezembro de 2015 às 20h16

Bom, mas se for no facebookda Fiesp, vocês vão ver que 92% dos empresários apoiam o impeachment. Sao ridículos, mas Skaf os representa (e eh ainda mais ridículo).

Responder

Wagner Nelson de Oliveira

17 de dezembro de 2015 às 20h14

Demoro

Responder

Wagner Nelson de Oliveira

17 de dezembro de 2015 às 20h14

Demoro

Responder

Helio Eduardo Pinto Pinheiro

17 de dezembro de 2015 às 20h13

VIVEM MENDIGANDO DINHEIRO DO BNDES….FALCATRUAS COM O FISCO…., MANIPULAM CRISES ECONÔMICAS E POLÍTICAS, DESEMPREGO, INFLAÇÃO…..QUEREM O QUE MAIS? PODER TOTAL E ABSOLUTO?!
MOSTREM AO PÚBLICO, AO POVO, INICIATIVAS DE CUNHO SOCIAL QUE NÃO TENHAM, POR TRÁS, RETORNOS PESSOAIS, SEJAM ATRAVÉS DO IMPOSTO DE RENDA, SEJA NA QUALIFICAÇÃO DE SEU EXÉRCITO DE RESERVA…….MOSTREM SEUS COMPROMISSOS COM O PAÍS!

Responder

Luiz Henrique

17 de dezembro de 2015 às 20h13

ELE TEM CARA DE CANALHA IGUAL A DE CUNHA, TEMER, AECIO, COM A DE AECIO UM POUCO, PORQUE SO APARERECE COM CARA DE NOIADO, FHC, SERRA E ALCKIMIN.

Responder

Du Silva

17 de dezembro de 2015 às 20h02

Mas para isso ele deveria ter cometido um crime, como por exemplo enganar toda a nação nas eleições de 2014, dizendo que o PSDB ia roubar o povo e trabalhador e, logo depois de ganhar as eleições, fazer justamente aquilo que estava acusando o Aécio Pó de fazer: roubar o povo e expropriar direitos dos trabalhadores!

Responder

Aslan Rito

17 de dezembro de 2015 às 20h01

Fora, lixo!! Se manda, se aqui não está te agradando!! Vai pra puta que o pariu, lá talvez te agrade mais!! Fora!!

Responder

Euripedes Benedito da Silva

17 de dezembro de 2015 às 20h00

e um ordinario

Responder

Rubem Almeida

17 de dezembro de 2015 às 19h56

Canalha golpista paraguaio

Responder

Angelo Filomena

17 de dezembro de 2015 às 19h56

Esse libanês ê terrorista talibã

Responder

Eduardo Benzatti

17 de dezembro de 2015 às 19h54

Sonegador!

Responder

Leandro Nunes

17 de dezembro de 2015 às 19h53

Com essa pauta aí eu até animo me mudar para SP e filiar minha indústria de entretenimento na Fiesp … hahahaha

Responder

Danilo F. Amorim

17 de dezembro de 2015 às 19h50

esse skaff tinha mais é q ter um puta câncer na porta do cú mega dolorido sangrando na cueca , urubú filho da puta

Responder

Pietro Azzulk

17 de dezembro de 2015 às 19h46

Verdade este canalha é golpistas

Responder

Marcos Portela

17 de dezembro de 2015 às 19h40

?OBCECADOS PELO PODER, não conseguindo CHANTAGEAR o GOVERNO para não ser CASSADO, o LADRÃO evangélico CUNHA, “HERÓI” da REDE GLOBO e dos PANELEIROS da sociedade ALIENADA pela MÍDIA BRASILEIRA, agora tenta ROUBAR o meu VOTO e os da MAIORIA dos BRASILEIROS, iniciando a FARSA do GOLPEACHMENT com AJUDA dos CORRUPTOS do STF, TRAFICANTES de COCAÍNA do CONGRESSO, GANG dos LAVAJATISTAS do PARANÁ e dos SAQUEADORES da PRIVATARIA da DIREITA FASCISTA, com o objetivo de se APOSSAREM das RIQUEZAS do BRASIL para VENDÊ-LAS a preço de BANANA como fizeram com a VALE e trazer de VOLTA o FINANCIAMENTO EMPRESARIAL para CAMPANHAS POLÍTICAS, enquanto a PRESIDENTA, mesmo sendo sabotada, TRABALHA por melhorias no PAÍS e ainda LUTA contra o CAOS que foi INSTALADO pelos RATOS DA REPÚBLICA, que não tendo VOTOS suficientes para ELEGEREM um PRESIDENTE tentam pelo GOLPE, sem CONSIDERAR que para toda AÇÃO há uma REAÇÃO.

Responder

Aslan Rito

17 de dezembro de 2015 às 19h39

Sai daí, judeu safado!! Se manda!! Quem precisa de um bosta que nem você no nosso Brasil!? tel Aviv te espera, se manda, usurário!!

Responder

Deixe um comentário