Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

Brasília - A presidenta Dilma Rousseff cumprimenta o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, na abertura do Ano Legislativo, no Congresso Nacional (Wilson Dias/Agência Brasil)

Aliados de Cunha fazem manobra no Congresso e interrompem processo no conselho de ética

Por Redação

02 de fevereiro de 2016 : 20h26

Vice-presidente da Câmara aceita recurso movido por deputado fiel a Cunha para anular a votação de parecer pelo andamento da ação contra o peemedebista no Conselho de Ética

Aliados interrompem ação contra Cunha

por Leonel Rocha e Luma Poletti, no Congresso em Foco

O Conselho de Ética da Câmara terá de votar novamente o parecer que pede a continuidade do processo contra o presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), por quebra de decoro parlamentar. A decisão de anular a votação que aprovou o parecer do relator do caso, deputado Marcos Rogério (PDT-RO), foi tomada pelo vice-presidente da Câmara, Waldir Maranhão (PP-MA), ainda no dia 22 de dezembro. Ele atendeu a um recurso impetrado pelo deputado Carlos Marun (PMDB-MS). Os dois são aliados de Cunha.

No documento, Marun questiona a negativa do pedido de vistas do processo apresentado pelo deputado Genecias Noronha (SD-CE), que deverá propor um parecer alternativo contrário ao andamento do julgamento de Cunha.

A decisão de Maranhão só chegou ao Conselho de Ética nesta terça-feira. Marun declarou que não ficou surpreso com o resultado: “É o que se esperava”. Com a anulação da votação do parecer a favor do julgamento de Cunha tomada por Maranhão, Genecias terá dois dias, a contar da primeira reunião do colegiado marcada para amanhã, para apresentar um novo relatório sobre o caso Cunha. Este relatório alternativo será submetido à votação junto com o parecer original de Marcos Rogério. Se tiver apoio da maioria do Conselho de Ética, Cunha pode se livrar do processo de cassação pedido por deputados do Psol e da Rede.

Em resposta à interrupção do julgamento de Cunha no conselho de Ética, o Psol protocolou no colegiado um aditamento às denúncias que serviram de base para a à representação. São novas evidencias de que o presidente da Câmara utiliza o cargo para impedir a própria investigação. A tropa de choque pró Cunha pretende paralisar o processo ainda no conselho ou aprovar uma punição mais branda do que a cassação do mandato pedida na representação contra o presidente da Casa.

Ainda existem mais dois recursos para barrar o processo contra Cunha. Um da defesa do próprio presidente da Câmara na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), questionando a condução do caso no colegiado, e outro de Marun também na CCJ. O recurso do deputado de Mato Grosso do Sul tem o mesmo teor do que foi provido por Waldir Maranhão: questionar a negativa do presidente do Conselho de Ética, José Carlos Araújo (PSD-BA), de conceder pedidos de vistas feitos por deputados pró-Cunha.

 

 

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

40 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Mauricio Cardoso Bento

03 de fevereiro de 2016 às 23h13

Vais pagar CPMF, O Cafezinho?

Responder

José D. Athayde

03 de fevereiro de 2016 às 20h53

Essa câmara perdeu a legitimidade.

Responder

Susi Langendorf

03 de fevereiro de 2016 às 21h53

Inacreditável

Responder

Josefaconceiçao Conceiçao

03 de fevereiro de 2016 às 21h05

Estão ganhando quanto?

Responder

Batista Barros

03 de fevereiro de 2016 às 19h12

Vejam a ficha do vice q pediu a anulação? Maior bandido, corrupção ativa e passiva, ahhh e formação de quadrilha!

Responder

Maria Regina Novaes

03 de fevereiro de 2016 às 17h15

Vergonha,vergonha e vergonha!

Responder

Sandra Sobrinho

03 de fevereiro de 2016 às 16h09

#foracunha

Responder

Zenio Silva

03 de fevereiro de 2016 às 15h24

E o STF não vê motivos para afastar o nobre deputado.

Responder

Enio

03 de fevereiro de 2016 às 13h19

Essa elite criminosa tem MEEEEDO do povo brasileiro com Lula 2018. #LulaEuConfio

Responder

Diego

03 de fevereiro de 2016 às 11h49

O Eduardo Cunha ainda se mantém na ativa porque ele é a ponta de lança da mídia sonegadora anti Brasil. Ele ainda se mantém na mesma posição porque tem centenas de ratos corruptos amarrados pelo rabo e defende o cartel midiático dos barões midiáticos sonegadores que também estão na ZELOTES. Parece que a mídia lixo quer mesmo mandar na JUSTIÇA.

Responder

Tida Andrade Tida

03 de fevereiro de 2016 às 12h27

CunhaNaCadeia

Responder

Sebastião Ilton Moraes

03 de fevereiro de 2016 às 11h46

Este está protegido mesmo !!! Até Al Cappone teria teria aprendido muito com ele !!!!

Responder

Joel Araujo

03 de fevereiro de 2016 às 07h34

O recurso político não está dando certo. Temos que optar pela saída extrema. O país não pode continuar parado e a população sofrendo! Chega de esperar!

Responder

João Valencia

03 de fevereiro de 2016 às 04h35

Bomba! Bomba!
Bolsas de Apostas de Londres, está fazendo um sorteio para apostadores acertar quem caí primeiro: o Pastor Eduardo Cunha da Presidência Câmara Federal do Brasil, e/ou, o Presidente Nicolas (Caindo de Podre) Maduro do Governo da Venezuela???
O Guinness Book quer registrar Eduardo Cunha como o político mais teimoso, mentiroso e que conseguiu enganar uma nação por mais tempo em todo a História.

Responder

Aurino Das Neves

03 de fevereiro de 2016 às 04h22

Se o povo não tirar na marra, o $TF covarde não fará nada.

Responder

Ma Lourdes Sousa Aas

03 de fevereiro de 2016 às 03h24

Idignada Com essa corja tucanada ipunes e !contra a democracia .

Responder

Jaime Junior

03 de fevereiro de 2016 às 02h19

A permanência deste rato na câmara é nada mais nada menos q a maior desmoralização da câmara pois se pêlo menos a maioria da câmara fosse honesta teriam caçado o mandato desse rato corrupto mais é só prestar atenção no nome dos q protegeram este rato e não votar neles

Responder

Hell Back

03 de fevereiro de 2016 às 00h16

Não entendi o porquê de tento medo que o Cunha tem da votação do Conselho de Ética. Será que percebeu que será considerado culpado no tal conselho?

Responder

Jaime Junior

03 de fevereiro de 2016 às 02h15

O problema Fernando é a nossa passividade quando os ratos corruptos sugeriram o eimpchiman da presidênta eles num instante se organizaram eram pouquíssimos mais organizados já a gente q é trabalhador honesto não consegue se organizar para tirar os ratos corruptos do poder

Responder

Aureo Gladimir Nogueira Morales

03 de fevereiro de 2016 às 02h09

A ratazana do cunha está, ainda servindo ao golpe, senão já o teriam jogado na lata do lixo, que é o lugar de onde nunca devia ter saído.

Responder

Eudes Machado

03 de fevereiro de 2016 às 01h14

Deprimente!!! A cada dia eu desacredito mais de um Brasil melhor, com esses políticos governando nosso país…..

Responder

Míriam Rebeca

03 de fevereiro de 2016 às 00h56

Gabriel Bagnato que f o d a

Responder

Bruno Santuario

03 de fevereiro de 2016 às 00h49

Vamos às ruas? Chegou a hora do povo dar um basta. Chegou a hora do povo fazer uma promessa aos deputados federais: Se vocês apoiaram o Cunha, não votaremos em vocês mas próxima e eleições. CHEGA.

Responder

Gf Andrezão

03 de fevereiro de 2016 às 00h48

Esse cunha e um verme

Responder

Geraldo Antonio da Silva

03 de fevereiro de 2016 às 00h06

Cadê os movimentos que se dizem sociais ?
Pra quem servem ?
So chamam pra rua pelo aumento de passagem ?
Porque se dizem sociais ?
Deveriam estar representando a juventude política, mas estão representando a futilidade e a negligência com as decisões sérias do momento atual.
Decepcionados…

Responder

    Zenio Silva

    03 de fevereiro de 2016 às 15h25

    Onde estão o MBL, o Revoltados on line e outros?!

    Responder

Joao Carlos

02 de fevereiro de 2016 às 23h55

Começou as manobra esse plenário é liso

Responder

Vidha Costa

02 de fevereiro de 2016 às 23h51

Isso é um absurdo!!!

Responder

Paulo Rogerio Rogerio

02 de fevereiro de 2016 às 23h36

Esse STF e bosta é a mesma coisa e olhe se a bosta não ganhar, esse canalha já deveria estar preso juntamente com a mulher e a filha.

Responder

Luzia Félix

02 de fevereiro de 2016 às 23h35

Conselho de Ética? Cadê a ética meu povo? É aonde menos se têm é ética nesse lugar.

Responder

Jose Aparecido Gonçalves

02 de fevereiro de 2016 às 23h34

Isso a globosta não mostra imagine se fosse do PT

Responder

Narcizo Picanco

02 de fevereiro de 2016 às 23h32

Como pode o judiciário fechar os olhos para uma situação dessa, um bandido presidindo uma casa legislativa. So no Brasil.

Responder

Tarcisio Angelo De Castro Castro

02 de fevereiro de 2016 às 23h31

so pouca vergonha e putaria ,vamos agir Teori Zavascki

Responder

Meia Lua Inteira

02 de fevereiro de 2016 às 23h30

bando de vagabundo safado

Responder

Palmira Heine

02 de fevereiro de 2016 às 23h30

começou…

Responder

Alberto Jprge Ferreira Gadelha

02 de fevereiro de 2016 às 23h25

O problema de nosso país sempre foi a corrupção que não é especialidade de partidos, mas sim, dos corruptos e seus comparsas que estão infiltrados nestes, em todos os lugares de nossa sociedade, inclusive nos três poderes da república. Ao roubarem as verbas que deveriam ser aplicadas em políticas públicas que favoreceria aos mais pobres e necessitados, vai favorecer a si mesmos, seus familiares, amigos e comparsas, e o que é pior, não são presos porque se escondem atrás do foro privilegiado, e quando acontece uma prisão as penas a eles aplicadas são leves, só servem para incentivar o continuísmos da roubalheira, inclusive os partidos incentivam seus tesoureiros a procurarem os empreiteiros para oferecerem negociatas em troca de comissões (propinas) que entram no caixa em forma de doação “legal e declarada” (lavagem de dinheiro) e vocês tem a coragem de vir a público tentar enganar os eleitores com frases de efeito e mentiras deslavadas. Sabemos que não endurecem a lei e o castigo para esses crimes porque são os próprios a fazerem uso dessas formas de agir, mas deveria de ser considerado crime contra a humanidade, porque muitos estão morrendo por falta de atendimento médico, e julgado pela ONU. Não irão conseguir nos enganar mais, chega de corrupção, corruptos, corruptores e corrompidos.

Responder

Fernando Loureiro

02 de fevereiro de 2016 às 23h24

A canalhocracia nunca foi tão poderosa no Brasil. Nem em 1954 e 1964. Como nosso sistema representativo permite que um cidadão deste quilate alcance o 3º lugar na linha sucessória da Presidência do Brasil!!!!

Responder

Marcos Buzo

02 de fevereiro de 2016 às 23h21

Lei Gerson!

Responder

William Braga

02 de fevereiro de 2016 às 23h21

Se fosse o Lula..

Responder

Nelma Lemos

02 de fevereiro de 2016 às 23h19

Mais uma vez!!!

Responder

Deixe um comentário