Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

OMS desmente boatos sobre vacinas da rede pública brasileira

Por Redação

16 de fevereiro de 2016 : 11h17

Em nota divulgada nesta segunda-feira (15), a Organização Mundial de Saúde desmente os boatos associando vacinas para grávidas com o aumento dos casos de microcefalia no Brasil. De acordo com o comunicado, “as vacinas que a organização recomenda para as gestantes e que são oferecidas no Sistema Único de Saúde (SUS) são seguras e eficazes”

no Vermelho

Recentemente, vieram à tona diversas notícias sobre supostos casos de gestantes que tomaram vacinas vencidas ou uma vacina contra rubéola e que tiveram bebês com microcefalia.

A OMS ressalta que a vacina contra a rubéola não faz parte do calendário das gestantes e que sua aplicação em mulheres que ainda não sabiam que estavam grávidas não resultou em problemas para o feto.

Segundo a organização, outras vacinas, como a contra o tétano neonatal e a contra a gripe também podem ser aplicadas em grávidas com segurança para o bebê. A OMS reforça a importância de a população seguir todo o calendário de vacinação.

O Ministério da Saúde já havia desmentido os boatos e reforçado que as gestantes devem continuar tomando as vacinas destinadas a este público.

Em agosto de 2015, o ministério começou a registrar o aumento inesperado de casos de microcefalia no Nordeste. No final de novembro, a pasta confirmou que os casos tinham origem na infecção de gestantes pelo vírus Zika, que começou a ter circulação registrada no Brasil no ano passado.

Microcefalia e surto da Zika

O ministro da Saúde, Marcelo Castro, afirmou nesta segunda-feira (15), durante balanço da mobilização nacional contra o Aedes Aegypti, que aconteceu no sábado (13), que “não há dúvidas” por parte do Governo Federal de que a epidemia de microcefalia é uma consequência direta do surto da Zika em algumas regiões do Brasil.

Com agências

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

10 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Gleyda Cordeiro Costa Aragão

16 de fevereiro de 2016 às 20h29

Viu, Rejane Caetano!?

Responder

Tereza Cristina Martins

16 de fevereiro de 2016 às 18h35

Isto é má fé.A quem interessam boatos?

Responder

Nelson Moz Antunes

16 de fevereiro de 2016 às 18h16

Pesquise você! É incrível como as pessoas espalham essas histórias fantasiosas.

http://www.e-farsas.com/o-virus-zika-foi-criado-pelos-rockefeller.html

Responder

Marcio Generoso

16 de fevereiro de 2016 às 18h06

A OMS e ligada as Mafias dos lobbys Multinacionais Farmaceuticas, os Iluminattis em Acao Oficial!

Responder

Jairo Menezes Jr.

16 de fevereiro de 2016 às 17h28

Linda

Responder

Karina Longo

16 de fevereiro de 2016 às 15h10

Vilma Figueiredo

Responder

    Vilma Figueiredo

    16 de fevereiro de 2016 às 16h01

    Ainda bem Karina Longo. Já tinha visto entrevista sobre o assunto. Venho acompanhando essa triste situação. Bj grande em todos.

    Responder

Mauricio Cardoso Bento

16 de fevereiro de 2016 às 14h45

Responder

Mauricio Cardoso Bento

16 de fevereiro de 2016 às 14h45

Pesquise:

Responder

Deixe um comentário