Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

Chomsky à imprensa argentina: o que houve no Brasil foi um golpe

Por Miguel do Rosário

08 de junho de 2016 : 11h16

Em entrevista ao jornal argentino Página 12, o linguista e ativista político Noam Chomsky, um dos maiores intelectuais dos Estados Unidos, afirmou que “é justo considerar o que aconteceu no Brasil como um “golpe de Estado brando”, sem dúvida bem vindo em Washington, e com apoio dos Estados Unidos.

Abaixo, tradução do trecho da entrevista (que mereceu a manchete do Página 12) em que Chomsky aborda a política brasileira.

Página 12: Que reflexão merece a situação no Brasil, após a votação em favor do início do juízo político contra Dilma Rousseff?

Não há dúvidas que muitos delitos foram cometidos pelas elites políticas e econômicas, em todo o espectro. E por conseguinte, quem os cometeu devem ser castigados. Dilma é uma das poucas lideranças políticas que está aparentemente isenta da acusação de atuar em benefício próprio. As acusações contra ela são muito limitadas e não merecem um juízo político, seguramente não em mãos de um bando de ladrões, tal como já registrou inclusive a imprensa internacional. É justo considerar o que aconteceu no Brasil como um “golpe de Estado brando”, sem dúvida bem vindo em Washington, e com apoio dos Estados Unidos.”

Touché, mestre!

Aliás, leia resenha do Cafezinho sobre um excelente documentário, em cartaz no Netflix, com Noam Chomsky.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

Nenhum comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »


Deixe um comentário