Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

Exclusivo! Wanderley Guilherme analisa os últimos desdobramentos do golpe

Por Miguel do Rosário

15 de agosto de 2016 : 18h16

Arpeggio – Coluna política diária – 15/08/2016

Por Miguel do Rosário, editor-chefe do Cafezinho

O professor Wanderley Guilherme dos Santos, um dos maiores expoentes mundiais da ciência política, analisa, em entrevista exclusiva para o Cafezinho, gravada em vídeo na tarde de hoje, segunda-feira, os últimos desdobramentos do golpe em curso no Brasil.

Conversamos sobre quatro pontos:

1) Declarações recentes do presidente do Tribunal Superior Eleitoral, Gilmar Mendes, de que iria pedir a cassação do registro partidário do Partido dos Trabalhadores (PT). O que significam essas ameaças ao sistema democrático?

2) Sobre a expansão do eleitorado brasileiro. Em 1964, o eleitorado brasileiro ainda era reduzido. João Goulart, que teve quase tantos votos quanto Jânio Quadros, obteve 5 milhões de votos. Dilma obteve 54 milhões de votos. Em que essa diferença abissal de magnitude, entre 1964 e 2016, diferencia os dois golpes?

3) Sobre a inércia da população brasileira mais pobre, que hesita em fazer parte de ações coletivas contra seus opressores.

4) Sobre o papel da classe média na construção do impeachment.

Observação importante: no vídeo, a pintura na parede, atrás do professor, é de Juliano Guilherme, filho de Wanderley. Juliano é um grande artista plástico, além de um cidadão consciente politicamente, progressista – e, claro – radicalmente antigolpe.

Assista ao vídeo abaixo:

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

4 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Jojo The Man

17 de agosto de 2016 às 01h25

A inércia do povo, opino , deve-se em grande escala ao poder hipnótico da Globo. Minha profissão leva-me a verificar todo dia o inexplicável poder da Globo sobre a mente desta gente . A falta de atitude e reação já se tornaram parte do rotineiro comportamento do povo.A aceitação da opressão .

Responder

Messias Franca de Macedo

15 de agosto de 2016 às 21h13

Por que ela sumiu de novo? As revelações do documentário do DCM sobre o caso Mírian Dutra / FHC.

Por ínclito e impávido jornalista Kiko Nogueira

Postado em 15/08/2016

O DCM orgulhosamente apresenta o nosso documentário sobre o caso Mírian Dutra e FHC.
Ele é resultado de um dos nossos projetos de crowdfunding com a plataforma Catarse. Foi totalmente financiado pelos queridos leitores.
O autor da série de reportagens, Joaquim de Carvalho, conduz o espectador ao longo de uma história sobre a mistura entre o público e o privado, um clássico nacional.
Joaquim foi à Espanha encontrar com Mírian, com o filho Tomás e com amigos dela. Trouxe o retrato de uma mulher que optou por um caminho do qual não consegue mais sair.
(…)
O que aconteceu para ela mudar de ideia?
Esta vídeo-reportagem tem algumas respostas para esse mistério. Não vou dar spoiler. Convido você a pegar sua pipoca e assistir.

FONTE [LÍMPIDA!]: http://www.diariodocentrodomundo.com.br/por-que-ela-sumiu-de-novo-as-revelacoes-do-documentario-do-dcm-sobre-o-caso-mirian-dutra-fhc-por-kiko-nogueira/

Responder

Dilson Magno

15 de agosto de 2016 às 21h07

É isso que dá colocar essa quadrilha de ladrões no poder… Lá se vão ás reservas de U$ 400 Bilhões, ou seja, os R$ 1.5 Trilhões vão evaporar mais cedo do que se pensava logo estaremos novamente no FMI. Pobre povo, Esses golpistas em dois anos já causaram 12 milhões de desempregados com o golpe, só que não vai parar por ai devemos ter uma queda do PIB de 10% com esse golpe, ou seja, os golpistas vão causar algo próximo de 20 milhões de desempregados, e uma redução no PIB de U$ 200 Bilhões de dólares, ou seja, a valores de hoje algo próximo de R$ 700 Bilhões de reais e tem mais vão culpar a Dilma, e tentarão esconder que foram eles os causadores de todo esse roubo.

Responder

Deixe um comentário