Jornal da Forum: Lula quer reindustrializar o Brasil!

Curitiba - PR, 08/08/2016. Presidenta Dilma Rousseff participa do Ato “Circo da Democracia”. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

Coração valente: Dilma irá ao Senado para julgamento final do impeachment

Por Redação

17 de agosto de 2016 : 14h58

Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

Dilma irá ao Senado para julgamento final do impeachment, diz assessoria

Presidente afastada ainda não definiu data que irá ao Congresso Nacional. Julgamento da petista está marcado para iniciar na próxima quinta-feira (25)

no G1

A presidente afastada Dilma Rousseff decidiu que irá comparecer ao julgamento final do processo de impeachment no Senado, informou nesta quarta-feira (17) a assessoria da petista. No entanto, assessores ressaltaram que Dilma ainda não definiu a data na qual irá ao Congresso Nacional. O julgamento está marcado para começar na próxima quinta-feira (25).

A assessoria de Dilma destacou ao G1 que, no Senado, ela responderá a eventuais questionamentos que forem formulados a ela pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Ricardo Lewandowski, pelos senadores, pela acusação ou pela defesa. Lewandowski comandará o julgamento no plenário do Senado.

Na manhã desta quarta, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), disse em entrevista coletiva prever que o julgamento final de Dilma se estenderá por quatro dias.

Ele sinalizou ainda que, assim como defende Lewandowski, o julgamento deverá ser interrompido na próxima sexta (26) e será retomado somente na segunda-feira seguinte, sem sessões no final de semana.

Renan se reuniu na manhã desta quarta com o presidente do STF e com os líderes partidários do Senado para discutir e definir o cronograma do julgamento e procedimentos que terão de ser seguidos pelos senadores, pela acusação e pela defesa.

Segundo o colunista do G1 Matheus Leitão, o roteiro sugerido por Lewandowski prevê que Dilma terá 30 minutos para se manifestar livremente no plenário do Senado antes de começar a ser interrogada. O prazo de defesa da presidente afastada poderá ser prorrogado a critério de Lewandowski.

O roteiro do presidente do STF prevê que ele próprio, os senadores, a acusação e a defesa terão até 5 minutos cada para questionar a petista. Ela, no entanto, tem o direito de ficar calada diante das perguntas.

(…)

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

16 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Dilma Coelho

22 de agosto de 2016 às 19h25

QUEREMOS A ANULAÇÃO DO PROCESSO DE IMPEACHMENT DA PRESIDENTE DILMA ROUSSEFF
Melissa de Paula Rio Grande, Brasil
Pedimos a anulação do processo de impeachment da Presidente da República Dilma Rousseff, por não haver crime de Responsabilidade e por conter vícios claros no processo, além da manipulação já descrita pelo STF por parte do ex-presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, nas deliberações e votações.
Compartilhe este abaixo-assinado
52.579 apoiadores
Ainda faltam 22.421 assinaturas para a meta de 75.000

https://www.change.org/p/queremos-a-anula%C3%A7%C3%A3o-do-processo-de-impeachment-da-presidente-dilma

NÃO CUSTA TENTAR…

Responder

Gabriel Moreno

19 de agosto de 2016 às 01h26

Não basta votar, tem que ser cidadão e participar, principalmente quando a democracia é ameaçada. Dilma foi eleita por conta de um conjunto de valores. Esses valores, de maneira inequívoca, apontam para um governo de linhagem social-democrata, com extensão de direitos, diminuição das desigualdades e papel ativo do Estado na promoção disso tudo. Esses valores estão sob ameaça agora e vão se perder.

O povo precisa saber que tem direito de ir à rua e defender aquilo que escolheu nas urnas. Sem isso, não é só hoje, mas sempre vão tomar o poder como se toma doce de criança. Talvez o povo (principalmente o trabalhador e o povo mais pobre) se dê conta disso quando o pouco que tem for retirado. O Brasil dos últimos 13 anos é outro, mais avançado em muitos aspectos. Voltar no tempo vai ser um choque, principalmente para quem está no limite e vai voltar a condições indignas e inumanas (fome e miséria).

Acredito no caráter dinâmico da História e que, pela primeira vez, talvez essa parte mais de baixo da sociedade, ao ver a barriga roncar, consiga se revoltar contra aqueles que lhes tiraram o pouco que tinha. Não sabemos como seria essa reação. Só sabemos que eles são milhões e os que tomaram o poder são meia dúzia. Eles já tem o poder, só não sabem que tem. Se mexerem com o que eles conquistaram – e que não tinha sido conquistado em 500 anos de história brasileira – talvez eles descubram isso. Elite brasileira é imprudente. Acho que esse fator está sendo muito subestimado.

Responder

Dilma Coelho

18 de agosto de 2016 às 20h50

VAMOS JUNTO, DAR APOIO A NOSSA PRESIDENTA…

Dilma vai ao congresso sozinha? Se eu fosse ela, começava uma caminhada fora de Brasília…
entrava na esplanada junto com o povo e com as forças legalistas…
será que ela vai perder essa oportunidade (também)? (se a Dilma entrar junto com o povo, eu vou..)…

Responder

Luiz Augusto

18 de agosto de 2016 às 00h54

Presidente DILMA ROUSSEFF, compareça SIM ao Senado na votação do impeachment, olhe no olho do presidente do STF, olhe no olho da golpista Ana Amélia e dos outros parlamentares golpistas, pergunte a estes senadores se eles sabem o que é honestidade.

Dilma Rousseff a senhora deve comparecer SIM e falar, falar a suficiente para dizer ao povo brasileiro que trata-se de um ERRO SUA DESTITUIÇÃO. Mostre os dados do seu governo, as melhorias das classes menos favorecidas, mostre que seu governo a fome e a miséria foram reduzidas, compare seu governo e de LULA com o governo de FHC, mostre os valores das nossas reservas, mostre a quantidade de estudantes nas universidades, mostre as novas universidades criadas no seu governo e LULA, fale dos jogos pan-americanos, da copa do mundo e das Olimpíadas e o legados destes, mostre o Brasil se tornou uma potência mundial (está entre as oito mais rica), mostre as novas tecnologias em prospecção e extração de petróleo na maior estatal brasileira, a PETROBRAS, mostre o que representa o Pré-Sal. Mostre a união do Brasil com os povos das América, Europa, Asia, Africa e Oceania em seu gover. Mostre o Brasil de 2016 comparando-o com o Brasil 2002. Mostre o que representa o BRIC’s, mostre enfim o Brasil e as obras, as construções de novas hidrelétricas, usinas eolicas, mostre que temos uma das maiores agriculturas do universo. MOSTRE O BRASIL DE HOJE. VÁ AO SENADO NO DIA DA VOTAÇÃO. A GRANDE MAIORIA DOS BRASILEIROS QUER SEU RETORNO À PRESIDENCIA DO BRASIL

Responder

Gerson

17 de agosto de 2016 às 21h52

A Presidenta Dilma nesse dia tem que ser recebida na frente do congresso pelos movimentos sociais. A Presidenta Dilma não pode chegar no ninho dos abutres sozinha, sem o povo que a elegeu.

Responder

Atineli

17 de agosto de 2016 às 20h28

Coração Valente vai deixar os golpistas na maior saia justa. Olhar nos olhos desses vermes não tem preço. Da-lhes Dilma guerreira !!!

Responder

Dilson Magno

17 de agosto de 2016 às 19h02

Dilma por não dominar a oratória política, a sacrificaram mesmo sem culpa, e agora os revoltosos coxinhas aplaudem essa quadrilha de fala mansa… Más são verdadeiros bandidos e corruptos.
O Brasil não merece essa gente no poder…

Responder

    Atineli

    17 de agosto de 2016 às 20h23

    Perto de Temer ela é quase Lula. Isso é papo do PIG e machismo. Dilma é muito melhor que todos esses golpistas juntos.

    Responder

Jar Borah

17 de agosto de 2016 às 18h56

Ela lerá um discurso pré escrito. podem ter certeza . Se esquivará das perguntas. O que será ruim para ela .

Responder

    Atineli

    17 de agosto de 2016 às 20h25

    De onde vc tirou um absurdo destes? Dilma vai falar o que tiver que falar e está do lado certo, não tem nada a TEMER.

    Responder

      Jar Borah

      18 de agosto de 2016 às 16h15

      Bom, nada a TEMER mesmo, alias não pode TEMER o vice dela, eleito igualmente com 54 mi de votos.
      Ela caindo, povo na rua também para tirar ele. Foi eleito com dinheiro ROUBADO igualzinho aos demais .

      Responder

        Sandra Siqueira

        18 de agosto de 2016 às 20h39

        Jar Borah você acredita mesmo que alguém votou no Temer? Acho que nem ele mesmo

        Responder

        Atineli

        19 de agosto de 2016 às 17h14

        Não misture água cristalina com água suja de esgoto. O inseto nunca teve chapa própria e sempre foi decorativo.

        Responder

          Jar Borah

          19 de agosto de 2016 às 18h43

          Concordo, mas o PT precisou da aguá suja não foi ?
          Ambos eleitos com dinheiro Roubado . Devem cair os dois, e novas eleições , mas aturar o que tá ai ? Sei não ?

Joel Martins

17 de agosto de 2016 às 15h11

ENCONTRARAM O BROCHE!!!

O broche da faixa presidencial estava embaixo de um armário do Cerimonial do Palácio do Planalto.

Ô POVO LADRÃO DOS INFERNOS, JÁ TINHAM ROUBADO A FAIXA PRESIDENCIAL DAI DEVIDO A GRANDE REPERCUSSÃO RESOLVERAM SEPARAR A FAIXA DO BROCHE E DESOVARAM EM LOCAIS DIFERENTES. LADRÕES MISERAVEIS.
A ESQUERDA TUPINIQUIM REDUTO DE BANDIDOS

Responder

    tonho

    17 de agosto de 2016 às 17h55

    prova

    Responder

Deixe um comentário

O 2021 de Bolsonaro O 2021 de Ciro Gomes O 2021 de Lula Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade