Jornal da Forum: Lula quer reindustrializar o Brasil!

Ministro Dias Toffoli em sessão plenária. Foto: Dorivan Marinho/SCO/STF (18/03/2015).

Ministro Dias Toffoli mostra toda sua “jênialidade” ao Estadão

Por Redação

10 de outubro de 2016 : 13h47

(Foto: Dorivan Marinho /SCO/STF)

O inacreditável Ministro Dias Toffoli

por Luís Nassif, no Jornal GGN

Sempre que indagada sobre os abusos da imprensa, a ex-presidente Dilma Rousseff dizia que antes uma imprensa que exagera que uma imprensa calada, como nos tempos da ditadura. Dilma falava na condição de detentora de um poder de Estado contra um poder civil.

Dias Toffoli é Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), o tribunal dos tribunais, o tribunal que define a jurisprudência final, que corrige os erros dos demais.

Aí o repórter do Estadão vai até Toffoli e lhe indaga sobre os shows midiáticos de procuradores da República. E o brilhante Toffoli repete o mesmo bordão.

Ora, procuradores detém um poder de Estado contra réus que detém apenas direitos civis. A lei define direitos dos cidadãos, como a presunção da inocência, o direito de não ser execrado, o direito de não ser preso sem culpa formada. Em suma, defende o cidadão contra os poderes de Estado.

Quando esses direitos são atropelados, se está em um estado de exceção, a não ser que se defina que a exceção é o novo normal.

E o que responde nosso brilhante Ministro:

“Eu não me impressiono como esse tipo de declaração do Ministério Público. É muito melhor um Estado democrático de direito em que o órgão acusador vai lá, e publicamente divulga a sua opinião, do que nós termos um regime de exceção, em que ninguém pode falar. Aqueles que se sentirem prejudicados com algum tipo de excesso vão ter a Justiça para se socorrer. A mim, não causa espécie”.

Em Estado democrático de direito, procurador não vai lá e publicamente divulga sua opinião, especialmente em cima de temas que não figuram na ação que conduz.

Mas para o brilhante Toffoli, estado de exceção é impedir o procurador de tomar atitudes que configuram um estado de exceção… Está claro?

Toffoli  equipara a posição do Procurador, dotado de poderes de Estado, avançando em acusações contra o réu, que sequer figuram na ação que conduz, com o direito de crítica de qualquer cidadão.

E manda os descontentes se socorrerem na Justiça. Onde certamente irão encontrar magistrados com o nível de compreensão de Toffoli para interpretar a Constituição.

A convivência estreita com Gilmar Mendes garantiu blindagem a Toffolli. Mas decididamente não lhe trouxe mais luzes

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

36 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

JOHN J.

12 de outubro de 2016 às 01h07

Onde está a Dra Eliana Calmon? QUE FALTA ELA FAZ.
ONDE ESTÁ ESCONDIDO O BANDIDAO DA CÂMARA FEDERAL, O TAL EDUARDO CUNHA E PORQUE O DR. MORO AINDA NÃO MANDOU PRENDÊ-LO?

Responder

Nando Oldenburg

12 de outubro de 2016 às 00h26

Pior é que é, Luís. Lula deixou quieto e foi traído da pior forma possível. Dilma idem. Com aquele bocó do Cardozão como ministro da justiça a coisa rolou solta e deu no que deu. Quando Aragão foi chamado não havia mais o que fazer pois o incêndio já tinha tomado proporções catastróficas. São erros e ponto final. A melhor coisa é admitir e repensar as estratégias políticas em relação ao mais corrupto dos poderes da república que é o judiciário desta colônia.

Responder

Daniel

11 de outubro de 2016 às 10h44

Mais um medieval de toga, desafio este capiau atrasado a fazer parte do grupo de high IQ’s de London. Tem que ser acima de 155. Tente tupiniquin de toga.

Responder

Rafael Cezar

11 de outubro de 2016 às 06h19

O problema todo é que a esquerda está perdendo o foco, quando a direita era a oposição fechamos os olhos, não se acreditava na hipótese da nossa queda, então antes a democracia funcionava, agora que não funciona a nosso favor(esquerda) fica muito difícil acreditar em justiça…

Responder

    Daniel

    11 de outubro de 2016 às 10h45

    A direita nao ganhou no voto, eles deram o golpe, e’ bem diferente.

    Responder

      Zeketi

      11 de outubro de 2016 às 14h47

      o mais grave é que boa parte da opinião pública está apoiando as coisas que estão acontecendo e estão convencidos de que o petismo (leia-se esquerda) acabou com o país.
      e isso não tá acontecendo só aqui, até porque o Trump não continua no páreo a toa.
      fico pensando se tudo isso não mostra que o capitalismo tá agonizando, até porque, se a esquerda fez mal ao mundo, a direita fez muito mais, mesmo com todas as coisas boas.

      Responder

      Rafael Cezar

      10 de dezembro de 2016 às 22h37

      O seu choro está errado, desde quando o temer é de direita? A direita não ganhou, a direita não apóia socialismo, mas gosto de ver a ptralhada chorando kkkkkkk

      Responder

Fábio Brito

11 de outubro de 2016 às 00h46

OCUPE BRASÍLIA!!! CERCO AO PALÁCIO DO PLANALTO!!! CHEGOU A HORA DA AÇÃO!!!

NINGUÉM AGUENTA MAIS TANTA CONVERSA MOLE!!!

JÁ SABEMOS TUDO QUE PRECISAMOS, FALTA AGIR!!

“NÃO TEMOS TEMPO DE TEMER A MORTE”!!!

Responda a enquete e sugira ações!
https://uploads.disquscdn.com/images/078e4d57524de45dd1566dd4a15e005f667438be9ed51405df588903b5635c66.jpg

Responder

    Rafael Cezar

    11 de outubro de 2016 às 06h24

    E vc acha que tem Louco pra tudo? Apesar de sermos revolucionários como na derrubada da ditadura, ninguém resolve nada na pancada, Dilma caiu por causa da manifestação muito forte dos coxas, eu duvido que consigamos colocar o tanto que colocaram no pro impeachment, protesto é bem vindo desde que seja pacífico…acorda…

    Responder

      Gabriel Serrone

      11 de outubro de 2016 às 10h07

      O exemplo da turquia te desmente. O problema é q somos um povo pacífico (pra não dizer passivo).

      Responder

        Daniel

        11 de outubro de 2016 às 10h50

        O progressistas sao guerrilheiros de teclados. O que a direita fez foi puro terrorismo e ainda continua.

        Responder

          Rafael Cezar

          10 de dezembro de 2016 às 22h40

          Terrorismo foi o petrolão e o mensalão, roubando o erario tirando da saúde e demais áreas, acorda a direita não ganhou, pmdb é da esquerda acorda…

      Daniel

      11 de outubro de 2016 às 10h49

      Nao concordo, foi golpe, nao ganharam no voto. E’ motivo de guerra. Nao ha democracia. O que ha’ e’ uma farsa para esfriar ainda mais a esquerda com a midia tirando o foco do desgoverno e pressionando a gestapo do condado de CUritiba. A propria eleicao de prefeitos nao deveria ter sido aceita pela esquerda.. A esquerda nao deveria ter participado, e’ como assinar o golpe. Se derrubaram a presidente sem crime, e’ inconstitucional, e a esquerda perdeu mais uma chance de fazer um protesto historico.

      Responder

        Rafael Cezar

        10 de dezembro de 2016 às 22h35

        Kkkkkkkkkkkk quanto chororô kkkkk

        Responder

Luiz Antonio Ferreira

10 de outubro de 2016 às 23h39

Esperar o que desse tof foli? Ele é mais um banana na republica das bananas.

Responder

Adilson s

10 de outubro de 2016 às 22h59

Alguém lembra a frase do Sérgio Machado sobre esse supreminho.?

Responder

Luciano Prado Prado

10 de outubro de 2016 às 22h41

Dá um desânimo…
Mas é o que temos para o momento.

Responder

RENATO ANDRETTI

10 de outubro de 2016 às 20h23

justiça..
que inhaca é isto..
só na biblia tem esta palavra..
e no dicionário..

Responder

Almir Silva

10 de outubro de 2016 às 19h43

Juízes que procuram holofotes e popularidade, e se metem a dar pitaco no legislativo e no executivo só existem no Brasil.

Responder

Almir Silva

10 de outubro de 2016 às 19h38

Mas como, que justiça?

Responder

Calebe

10 de outubro de 2016 às 18h32

O prejudicado irá buscar justiça onde? No Vaticano?

Responder

Maria Aparecida Lacerda Jubé

10 de outubro de 2016 às 17h07

Dá medo quando concluímos que, é a isso que se chama de justiça no Brasil.

Responder

Antonio Passos

10 de outubro de 2016 às 16h49

Uma grande parte destes juízes do STF que aí estão, não são os mesmos de três anos atrás, parece terem sofrido uma transmutação. O fenômeno STF é algo que só daqui a décadas será elucidado, provavelmente quando um certo país liberar seus documentos secretos.

Responder

    Luiz Antonio Ferreira

    10 de outubro de 2016 às 23h40

    Eles estão todos gravados e chantageados.

    Responder

    Daniel

    11 de outubro de 2016 às 10h52

    Queria ver o supremo federal fracassado reformado, juizes eleitos por OAB’s do Brasil inteiro para mandatos de no maximo 4 anos.

    Responder

Atreio

10 de outubro de 2016 às 15h31

quem fiscaliza o supremo por essas bandas? pode ser eu ir lá cobrar pessoalmente? ele fala comigo se eu tocar a campainha lá? será q encontro ele no ponto de ônibus?
pq tá f*da ser republicano hj em dia.

Responder

Marcvs Antonivs

10 de outubro de 2016 às 15h15

Mais uma vez (já repeti isso várias vezes, pra todo lado). Nem FHC poderia ter indicados juizes mais afinados com o PSDB que Lula e Dilma!!!

Responder

    Atreio

    10 de outubro de 2016 às 15h30

    veio de uma lista feita pela casa, esperto. não se nomeia por afinidade como seus dotores exemplares citrados. a história define o mérito. o nome do procedimento é respeito. mas isso requer interlocutores minsimamente coerentes e q respeitem a lei. aqui não é cangaço. nem era de voto de cabresto. aprenda a viver num mundo justo.

    Responder

    Maria Aparecida Lacerda Jubé

    10 de outubro de 2016 às 17h14

    Essa foi a herança mais maldita que os governos LULA e DILMA deixaram para o Brasil, não conseguiram acertar em uma única escolha, parece que todas as escolhas foram tramadas por alguém de dentro do governo que estava lá a serviço do PSDB.

    Responder

Luís Eduardo

10 de outubro de 2016 às 15h09

Tofolli.. ex-advogado do Partido dos trabalhadores, Tofolli… indicado ao STF pelo Lula…

Responder

tadeunova

10 de outubro de 2016 às 14h46

Agora ficou claro, claríssimo. Esse é o nível do entendimento de uma magistrado do SUPREMO!!!
Fudeu!!!!

Responder

Roberto Goren

10 de outubro de 2016 às 14h41

nao me causa estranheza esse comentario do Ministro. Me causou estranheza o Toffoli ter sido indicado como ministro. Nao gosto do Mendes, por exemplo, mas o conhecimento do Direito por parte dele eh imenso… se usa com seletividade ou nao, eh outro assunto… mas o toffoli, nunca vi o notavel saber juridico pra ser um ministro do stf. Poderia ser ate um bom advogado, nao sei se era. Mas isso nao eh o bastante pra ser ministro da corte constitucional

Responder

    Rafael Cezar

    11 de outubro de 2016 às 06h31

    Mas os cochas viviam dizendo isso dele, pq só agora perbeu-se isso? Eu acho que a democracia e a justiça so funcionam se favorecer a nós esquerda, só acho!

    Responder

17Abril2016

10 de outubro de 2016 às 14h15

A verdade ‘e que o PT so’ indicou trairas e covardes. Cabe apenas saber em qual categoria cada um se encaixa.

Responder

    Nando Oldenburg

    10 de outubro de 2016 às 18h46

    Esse é o preço que o PT paga por promessas de campanha não cumpridas. Prometeu abrir a caixa de pandora da justiça. Não abriu e ainda vai tomar no c… quem sabe, agora, aprendem que nesse matagal chamado Brasil querer republicanismo de jagunços é um luxo. Temos muito feijão e arroz prá comer ainda, infelizmente.

    Responder

      Luís Ribeiro

      10 de outubro de 2016 às 21h53

      Claro, a culpa só podia ser do PT.

      Responder

Deixe um comentário

O 2021 de Ciro Gomes O 2021 de Lula Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou?