Jornal da Forum: Lula quer reindustrializar o Brasil!

O discurso de Carmen Lucia e a privatização dos presídios

Por Miguel do Rosário

11 de novembro de 2016 : 12h15

(Foto:Cármen Lucia discursa no 4º Encontro do Pacto Integrador de Segurança Pública Interestadual)

O blog do Josias publicou hoje trecho de fala de Carmen Lucia em encontro sobre segurança pública. A metralhadora de clichês de Carmen é um perigo!

A presidenta do STF está sempre repetindo lugares comuns vazios. Ou seja, ao invés de ajudar a combater os preconceitos do que Hannah Arendt chamava de “mob”, a saber, dos setores incultos da população (e nestes setores, inclua-se sobretudo a classe média brasileira, que é assustadoramente ignorante), Lucia os reforça, apenas para aparecer bem juntos aos holofotes da pior mídia do planeta.

Um amigo, um dos maiores especialistas em direito penal no Brasil, e que estudou a fundo o que aconteceu nos Estados Unidos, onde se determinou o “encarceramento” em massa da pobreza, mandou-me um recado sobre ele:

Esse discurso da Cármen Lúcia sobre custo dos presos que saiu no Josias de Souza prepara terreno para privatização dos presídios e encarceramento em massa. Se tiver tempo, leia o livro Punir os pobres, do Loic Wacquant, sobretudo o primeiro capítulo. A PEC 241 dos EUA veio em 1996 com Clinton. Destruição da previdência, da saúde e da educação aumentou a miséria e deu desculpa para Estado Penal.

Eu acrescentaria que golpes de Estado, extermínio de jovens por parte da polícia, encarceramento sem sentença, arbítrio judicial, mídia fascista, suspensão de políticas sociais, ausência de políticas para fomento do emprego, castas jurídicas que desprezam a economia real e fecham empresas, provocando desemprego, tudo isso ajuda a elevar os índices de violência, em qualquer país!

Seria tão bom se Carmen Lúcia entendesse questões de segurança pública pela ótica de uma representante do judiciário, e não através das lentes sujas de sangue do aparelho repressor!

***

No blog de Josias de Souza

Preso custa mais que estudante, lamenta Cármen Lúcia, presidente do Supremo9

Josias de Souza 10/11/2016 19:32

A ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal, participou nesta quinta-feita de um encontro sobre segurança pública, em Goiânia. Ao discursar, lamentou que o Estado no Brasil gaste 13 vezes mais com os presos do que com os estudantes. Evocando o antropólogo Darcy Ribero, ela declarou que falta dinheiro para construir presídios hoje porque, no passado, negligenciou-se o investimento em educação.

“Um preso no Brasil custa R$ 2,4 mil por mês e um estudante do ensino médio custa R$ 2,2 mil por ano. Alguma coisa está errada na nossa pátria amada”, disse Cármen Lúcia. “Darcy Ribeiro fez, em 1982, uma conferência dizendo que, se os governadores não construíssem escolas, em 20 anos faltaria dinheiro para construir presídios. O fato se cumpriu. Estamos aqui reunidos diante de uma situação urgente, de um descaso feito lá atrás.”

Entre as pessoas que ouviram a presidente do Supremo estava o ministro Alexandre Moraes (Justiça). Ele apresentou no encontro um Plano Nacional de Segurança Pública. Para Cármen Lúcia, as mudanças devem ser estruturais e o esforço precisa envolver Estados, municípios e União.

“São necessárias mudanças estruturais. É necessária a união dos poderes executivos nacionais, dos poderes dos estados, e até mesmo dos municípios, para que possamos dar corpo a uma das maiores necessidades do cidadão, que é ter o direito de viver sem medo. Sem medo do outro, sem medo de andar na rua, sem medo de saber o que vai acontecer com seu filho.”

Na opinião da ministra, o país se encontra em estado de guerra. “A cada nove minutos, uma pessoa é morta violentamente no Brasil. Nosso país registrou mais mortes em cinco anos do que a guerra da Síria. Estamos, conforme já disse o Supremo Tribunal Federal, em estado de coisas inconstitucionais. Eu falo que estamos em estado de guerra. Temos uma Constituição em vigor, instituição em funcionamento e cidadão reivindicando direitos. Precisamos superar vaidades de detentores de competências e, juntos, fazer alguma coisa.”

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

49 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Daniel

12 de novembro de 2016 às 17h18

A mudança precisa começar pelo STF, que deixou de ser o guardião da nossa Constituição, exemplo para os demais poderes.

Responder

zazul

12 de novembro de 2016 às 14h33

horror

Responder

Luis Claudio

12 de novembro de 2016 às 11h40

Essa presidento do Supremo(sic) é bizarra . Imagino ela falando com seus pares, após estas desastrosas falas: “Fiquei bem no vídeo?”, “Vai sair no Jornal Nazional?” “Será que vou ganhar outro prêmio Faz a Diferença?”

Responder

alfredo sternheim

12 de novembro de 2016 às 11h11

Dona Carmen Lucia poderia ter feito a conta quanto custa um professor de ensin9o médio e um juiz do no Judiciário. Ela também poderia ter tido que , se existe alta criminalidade no Brasil, entre outras razões é porque paira a sensação de impunidade diante da imensa lerdeza de nosso custoso Judiciário e dos baixos salários pagos a PMs e carcereiros.

Responder

Sergio Santos

12 de novembro de 2016 às 10h46

A suprema corte do Brasil e uma piada. Ela mal começou e o pior está por vir, o próximo da lista e o Dias Tofolli . Estamos fu…..

Responder

José Carlos

12 de novembro de 2016 às 09h56

… a proposito essa “coisa” está bem adequada aos nossos tempos de termer, de renan, de maia, e vai longe a lista, o Brasil vive uma época “sombria”, que será de triste lembrança para os verdadeiros brasileiros …
… a esperança está no povo liderado por um Robespierre para iniciar né …
… em tempo essa tal de ministro do supremo parece mais uma “bruxa”, que conduz sua própria vassoura

Responder

Fé e Política

12 de novembro de 2016 às 08h59

Um juiz custo 10 mil estudantes,

Responder

Pafúncio Brasileiro

12 de novembro de 2016 às 05h41

Sobre aspectos de cultura humanística, os conhecimentos da Ministro(a) Carmen, não passa das montanhas que cercam a cidadezinha dela, lá em Minas.

Responder

Paulo Zeka

11 de novembro de 2016 às 22h54

E a suprema propõe o quê? Esquadrão do Alckmin? Mais cemitérios? Que tal construir creches (6000 governo Dilma e ZERO pra presidentes de outros partidos), construir universidades públicas (18 no governo Lula, e ZERO pro boca mole Fernandinho prof. universitário). COM A PEC55, DO FIM DO MUNDO, bandido político estará passeando nos jatos da FAB ou em Liechtenstein ou na Suíça e bandido pobre nem será encarcerado, o esquadrão do Alckmin dará um fim.

Responder

zuleica jorgensen

11 de novembro de 2016 às 22h31

O que Carmem Lucia fala não é discurso para as elites midiáticas, é o que ela pensa mesmo. Isso é que é horripilante, ela é rasa, vazia, sem conteúdo, uma midiota de classe média. É não mão dessas pessoas que estamos.

Responder

Marcos Augusto Neves

11 de novembro de 2016 às 22h23

Por que não começar fazendo uma faxina no judiciário, principalmente em relação aos altos salários e mordomias?

Responder

GERALDO

11 de novembro de 2016 às 22h10

como um chefe de stf pode sentar ao lado de bandidos que deveriam estar preso

Responder

    Marcos Augusto Neves

    11 de novembro de 2016 às 22h25

    …é mesmo, sabe que tive a mesma impressão

    Responder

    Guilherme

    12 de novembro de 2016 às 01h46

    Também reparei nos acompanhantes!

    Responder

Alexandre

11 de novembro de 2016 às 20h31

Alguém já percebeu a semelhança, da presidentA do supremo com o simpático ET do Spielberg? Coloque uma peruca grisalha e uma toga no ET ,pronto!

Responder

Maria Aparecida Lacerda Jubé

11 de novembro de 2016 às 19h37

E os bandidos do judiciário e do MP custam mais caro ainda ministra, pois recebem um gordíssima aposentadoria como prêmio por ter entrado na bandidagem..

Responder

Charles Chaves

11 de novembro de 2016 às 17h41

ela é uma bizonha….

Responder

    Lenhador da Federal

    11 de novembro de 2016 às 17h43

    Bisonho é escrever “bizonha ” . Você é o exemplo de o quanto fracassou a pátria educadora !

    Responder

      zuleica jorgensen

      11 de novembro de 2016 às 22h32

      Com esse machado na mão você vai arrancar cabeças? Comece pela sua.

      Responder

      Paulo Zeka

      11 de novembro de 2016 às 23h39

      O idiota…vai pesquisar os números da educação. Bota essa baita preguiça de lado e vai estudar.

      Responder

      Luís CPPrudente

      11 de novembro de 2016 às 23h56

      Esse lenhador da federal é o próprio bisonho representante dos paneleiros.

      Responder

      Robinson Pimentel

      12 de novembro de 2016 às 02h55

      E você é um exemplo de como o analfabetismo funcional aumentou, neste País!

      Responder

        Luis Claudio

        12 de novembro de 2016 às 11h48

        kkkkkk muito bom!

        Responder

Roberto

11 de novembro de 2016 às 17h34

Não vai demorar para que as empresas comecem a mandar panetones no final do ano.

Responder

Roberto

11 de novembro de 2016 às 17h33

A privatização já está ocorrendo faz tempo.
O que dizer do fornecimento de “quentinhas”?
E os terceirizados que trabalham como guardas em presídios?

Responder

    Charles Chaves

    11 de novembro de 2016 às 17h42

    exatamente, e isso os governos tucanalhas estão explorando e fazendo escola, vide o dória com a gocil que lhe financia

    Responder

    Paulo Zeka

    11 de novembro de 2016 às 23h44

    Temos presídios terceirizados, e constatou-se que manipulam os índices pois escolhem os presos “bonzinhos”, aqueles que têm bom comportamento, e deixam os barra pesadas pra ser penitenciárias do estado. Além do custo ser muito maior.

    Responder

Dilma Coelho

11 de novembro de 2016 às 17h03

Por que os EUA decidiram deixar de usar prisões privadas – BBC Brasil
http://www.bbc.com/portuguese/internacional-3719594427 de ago de 2016 – “O sistema de prisões privadas nos Estados Unidos cresceu …. que a privatização possa levar a um número ainda maior de presos, sem …
Essa “juiz” é outra que calada é uma poetiza.

Responder

Antonio Luiz

11 de novembro de 2016 às 15h49

Ela é chic. Citou Darcy Ribeiro que, aliás acho que é seu conterrâneo de Montes Claros. Se for, considero uma vergonha para os monteclarenses. Poderia ter citado Paulo Freire, Anísio Teixeira e etc que em nada mudaria o que ela é: uma jeca.
Uma jeca troglodita. Certamente apoiará a ideia gaúcha de enlatar presos. Fica mais barato até para atirá-los ao alto mar, ou cozinhá-los ao sol?

Responder

João Bosco

11 de novembro de 2016 às 15h20

E o que os dotores têm a dizer de juizes unidos a traficantes, juizes que vendem sentenças, juizes que vendem habeas corpus? Será a privatização do judiciário?

Responder

Andre_Gotha

11 de novembro de 2016 às 15h15

“Um preso no Brasil custa R$ 2,4 mil por mês e um estudante do ensino médio custa R$ 2,2 mil por ano. Alguma coisa está errada na nossa pátria amada” e qual a conclusão da Ministro (assim mesmo com “o”), que se gasta pouquíssimo com a educação? Não, que se gasta muito com presos…

Responder

    Des

    11 de novembro de 2016 às 16h38

    Já que se gasta muito com presos, pois não se gastou com estudantes, gastaremos ainda mais com presos, é a #unicasolucao…($o$)/

    Responder

    Lenhador da Federal

    11 de novembro de 2016 às 17h40

    R$ 2,2 mil anual por aluno . Essa é a Pátria educadora do pt ?

    Responder

      Alexandre

      11 de novembro de 2016 às 20h33

      Enfie uma lenha no seu rabo!

      Responder

        João Ribett

        12 de novembro de 2016 às 07h39

        Kkkkkkkkkk. Não podia faltar uma mula adestrada pra soltar uns zurros por aqui. As escolas públicas federais são as melhores escolas do Brasil, e foram ampliadas no governo Lula. Se informe melhor antes de soltar seus zurros pra não se passar por mais idiota do que você já é!

        Responder

          Alexandre

          12 de novembro de 2016 às 10h10

          Kkkk….meu você xingou a pessoa errada….

          João Ribett

          12 de novembro de 2016 às 17h19

          kkkkkkkkkkkkkkkk Desculpa aí, Alexandre! Eu não xinguei ele, eu ofendi as mulas! Vou consertar!

          Luis Claudio

          12 de novembro de 2016 às 11h43

          Olha o pseudônimo da figura: “lenhador da federal” kkkkkkk bizarro!

      Paulo Zeka

      11 de novembro de 2016 às 22h42

      O PT foi o único partido que no governo federal construiu e equipou 6000 CRECHES; construiu 18 UNIVERSIDADES (boca mole Henrique Cardoso NEMHUMA, além de ter congelado os salários dos professores das univ. federais). VAI SE INFORMAR ANTES DE PAPAGAIAR IGNORÂNCIA.

      Responder

        James Ferreira Gressler

        11 de novembro de 2016 às 23h10

        Coxinhas sabem dessas coisas mas preferem escondê-las até de si mesmos, num surrealismo demoníaco. Negar o óbvio, isto é, todas as extraordinárias realizações dos governos L U L A & D I L M A deve ser um extenuante exercício, tão inútil quanto deprimente;uma verdadeira negação da condição humana.

        Responder

      André Monteiro

      11 de novembro de 2016 às 23h49

      De fato não está bem nem foi bem, mas o que vc sugere, acabar com o ensino? Mandar cercar o Brasil, ou investir o que o PT não investiu em educação?

      Responder

      Robinson Pimentel

      12 de novembro de 2016 às 02h53

      Não se esqueça que, aproximadamente, 80% dos serviços, como segurança, educação, saúde, são realizados, conforme as leis, pelos governos dos estados e prefeituras. Então, não nos venha querer culpar o PT a respeito da educação, neste país, não… Culpe o governo de seu estado!

      Responder

      Celso Junqueira

      12 de novembro de 2016 às 12h14

      Ôh ignorante: procure saber quantas universidades federais, quantas escolas técnicas e quantos campi (campi é plural de campus) universitários foram criados nos governos Lula e Dilma. Aproveite para entubar uma brachola ou enfurnar um robalo. Ignorante, palhaço. E o desmonte da educação pública começou com a Redentora em 1964 para favorecer as escolas privadas. BABACA!!

      Responder

      João Ribett

      12 de novembro de 2016 às 17h19

      Kkkkkkkkkk. Não podia faltar uma mula adestrada pra soltar uns zurros por aqui. As escolas públicas federais são as melhores escolas do Brasil, e foram ampliadas no governo Lula. Se informe melhor antes de soltar seus zurros pra não se passar por mais idiota do que você já é!

      Responder

      Doris

      13 de novembro de 2016 às 23h38

      As verbas que são altas são direcionadas aos governadores de cada estado que as direciona . Se este governador embolsa essas verbas a educação fica a mercê da ignorância que é cada vez maior nos estados. O governo federal distribui essas verbas o estado que foi maior agraciado foi SP e MG

      Responder

    GERALDO

    11 de novembro de 2016 às 22h14

    e o custo dos bandidos de colarinho branco!!!!

    Responder

Maria Thereza G. de Freitas

11 de novembro de 2016 às 14h49

essa presidentO é um atentado à humanidade. Qual CF está em vigor? Ela lançou alguma ou segue a que é publicada em fascículos semanais?

Responder

Luís

11 de novembro de 2016 às 14h37

ALEC cooptando nossos juizes para continuar seus lucros em cima do encarceramento em massa.

Responder

Deixe um comentário

O 2021 de Bolsonaro O 2021 de Ciro Gomes O 2021 de Lula Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade