Live do Cafezinho: bate papo com o cineasta cearense Wolney Oliveira

E Mick Jagger virou o garoto propaganda da reforma da previdência

Por Pedro Breier

13 de janeiro de 2017 : 11h13

(Uma capa honesta)

Por Pedro Breier, colunista do Cafezinho

A mais nova capa da revista Exame foi devidamente escangalhada nas redes sociais Brasil afora, ontem. Eis o inacreditável texto da capa:

O que você e ele têm em comum: Talvez não seja a fortuna, nem o rebolado, nem os oito filhos. Mas, assim como Mick Jagger, você terá de trabalhar velhice adentro. A boa notícia: preparando-se para isso, vai ser ótimo.

Comparar o sofrido trabalhador brasileiro – que morrerá trabalhando caso a reforma da previdência proposta por Temer seja aprovada – com um popstar mundialmente famoso é chamar o leitor de burro.

Enquanto nós teremos que trabalhar velhice adentro se quisermos nos aposentar, Mick Jagger provavelmente já tem seu pé de meia garantido, caso decida parar de protagonizar shows de rock para multidões ao redor do planeta.

Mas o ridículo não para por aí.

A página do Facebook Ligue os Pontos resgatou uma capa da Exame de 2012 criticando o excesso de trabalho:

O que mudou de lá para cá?

O Cafezinho revelou aqui e aqui: desde que Temer assumiu a presidência, em maio do ano passado, a editora Abril, que publica a Exame, passou a receber doses cavalares de dinheiro público.

Houve um aumento do repasse de publicidade federal à Abril de singelos 624,3% apenas no comparativo entre maio/agosto de 2015 e maio/agosto de 2016. A editora Caras, uma espécie de laranja da Abril, teve a verba de publicidade aumentada em surreais 2.472,9% no comparativo entre o ano inteiro de 2015 e apenas os 8 primeiros meses de 2016.

Essa matéria esdrúxula, que tenta convencer o leitor de que trabalhar velhice adentro pode ser ótimo, é o agradecimento pelos presentes generosos que Temer deu aos Civita. “Jornalismo” comprado, simplesmente vergonhoso.

Para completar o fiasco, descobriram que na verdade Mick Jagger recebe aposentadoria do governo britânico desde 2008, quando completou 65 anos.

O poço no qual o jornalismo da mídia corporativa se atirou é como uma dízima periódica: não tem fim.

Ao menos ele ainda nos proporciona algumas (amargas) gargalhadas.

 

Pedro Breier

Pedro Breier é graduado em direito pela UFRGS e colunista do blog O Cafezinho.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

34 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Marco Aurélio Novaes

13 de janeiro de 2017 às 19h08

Lixo

Responder

João Valente

13 de janeiro de 2017 às 18h56

Não pode mais ser chamada de revista: panfleto? Propaganda paga? Prostituição declarada? Publicação para idiotas? Viagra de coxinha?

Responder

Aida Rodrigues

13 de janeiro de 2017 às 18h54

Satanazn

Responder

Vera Moura

13 de janeiro de 2017 às 18h22

Que nojo esta foto

Responder

Francisco Coêlho

13 de janeiro de 2017 às 17h05

Coitado do Jagger, vão culpar seu pé frio pela reforma da morte.

Responder

João Antonio Bernardes

13 de janeiro de 2017 às 16h40

É um baita pé frio. Não li o artigo, mas vai melar..

Responder

Rejane Oliveira

13 de janeiro de 2017 às 16h39

kkkkkkkkkkkkkk

Responder

Luiz Carlos P. Oliveira

13 de janeiro de 2017 às 14h24

A Exame tem razão, gente. Façamos como o Jagger. Vamos trabalhar 30 dias por ano, como ele.

Responder

saulo

13 de janeiro de 2017 às 14h14

Como escrevi em outro site: desabafos em rede social, murros na mesa, musiquinha, etc.
Vai ficar nisso, e a lei vai passar.

Responder

Rosangela Talib

13 de janeiro de 2017 às 16h09

Ele deveria cobrar cachê

Responder

Mariane Kravczyk

13 de janeiro de 2017 às 15h56

#foratemer

Responder

Lucia Guedes

13 de janeiro de 2017 às 15h53

Kkkkkkkkkkkk

Responder

Sônia Maria Dos Santos

13 de janeiro de 2017 às 15h45

Um homem Inglês que trabalha porque quer e não por que é obrigado.Essa revista é ridícula.

Responder

Graciela Pozzo

13 de janeiro de 2017 às 15h37

Responder

Jairo Medeiros

13 de janeiro de 2017 às 15h37

O Jagger dá uma sorte… Mas, essa reforma depois da PEC walking dead é café com leite para os Golpistas…

Responder

Manu Correa

13 de janeiro de 2017 às 15h35

Bem a cara dele, só traz azar para o Brasil

Responder

Daniel Lopes Moreira

13 de janeiro de 2017 às 15h30

pela fama de frio, quer dizer que algo vai dar errado

Responder

Joao Destri

13 de janeiro de 2017 às 15h25

Vamos torcer para que o pé frio do Mick continue funcionando e essa reforma dos infernos não aconteça.

Responder

Cirley Borba

13 de janeiro de 2017 às 15h21

Esse é Mick Jegue.

Responder

Diana Damous

13 de janeiro de 2017 às 14h24

Kkkkkk

Responder

Araci Costa Ferreira

13 de janeiro de 2017 às 14h23

Cadê o botox.hororivel

Responder

Carrapa-VK

13 de janeiro de 2017 às 12h19

Onde está o MBL, para bater panelas contra o fim da aposentadoria, inclusive, deles mesmos? Não quiseram isso? Então, TÁ AÍ, O QUE VOCÊ QUERIA…!!

Responder

Elizabeth Dene

13 de janeiro de 2017 às 14h07

Maria Celeste Freire Corrêa Maria Elisa Freire Meneghini Maria Inês Pereira Tita Beltrão Luciane Castello Branco

Responder

C.Poivre

13 de janeiro de 2017 às 12h04

Grandes latifundiários devem quase UM TRILHÃO em impostos:

https://youtu.be/H_WihPiZ0L4

Responder

Carlos Souza

13 de janeiro de 2017 às 14h04

alguém tinha que avisar o jagger e pedir retratação

Responder

Thieres Sena

13 de janeiro de 2017 às 14h02

O Mick Jagger podia cumprir o seu papel de zicador nessa revista.

Responder

Marcelo Tartarini

13 de janeiro de 2017 às 13h32

Tá parecendo o Xororó kkkkkkkk

Responder

Júlia Dörr

13 de janeiro de 2017 às 13h32

Será que ele liberou o direito de imagem? Que processe essa revista sensacionalista

Responder

Débora Vales

13 de janeiro de 2017 às 13h29

Ou seja, vai dar ruim

Responder

Asclê Junior

13 de janeiro de 2017 às 13h28

E será que o Mick Jagger sabe disso?

Responder

Ricardo Lopes

13 de janeiro de 2017 às 13h26

KKKKKkkkkkk!!!!! Nossos “heróis” pra quem tem uma cabecinha bem colonizada… … … Os imperialistas agradecem toda a burrice dessa gente… … …

Responder

Marcello Infante

13 de janeiro de 2017 às 13h19

Tá parecendo o Charlie Watts hahahaaa

Responder

Deixe uma resposta