Coletiva de Rodrigo Maia (ao vivo) sobre medidas contra a crise

O exército de um homem só

Por Tadeu Porto

08 de maio de 2017 : 11h57

Por Tadeu Porto*, colunista do Cafezinho

Sempre pensei, desde que comecei a admirar Engenheiros do Hawai no começo da minha adolescência, que “Exército de Um Homem Só” era uma música fortemente inclinada ao anarquismo, ideologia que, obviamente, não pertence aos atos e pensamentos do presidente Lula.

Contudo, não consigo pensar em melhor arte para fazer um paralelo com o depoimento do ex-presidente, marcado para ocorrer nesta Quarta-Feira, dia 10 de Maio.

Primeiramente, pela parte da música que diz: “Se no jogo não há juiz, não há jogada fora da lei”.

Bom, essa frase representa muito o que significa as ações da Lava-Jato, tanto que as capas da “Veja” e “Isto É” já desnudaram – com uma inteligência muito incomum para os dois tablóides – o processo no qual Lula é réu: Moro não é um juiz, longe disso, o paranaense é apenas um burocrata que, com respaldo da mídia e da elite nacional, resolveu agir ilegalmente fazer política partidária num cargo pensado e constituído para ser imparcial. Ou seja, numa distorção que lembra as políticas da idade média, Moro hoje consegue ser oponente e julgador de Lula ao mesmo tempo.

Em segundo lugar, pois no campo político institucional Lula parece ser a única figura que enfrenta, abertamente, as arbitrariedades do judiciário (MP incluído) mais autoritário da República Nova. Portanto, pensá-lo como um homem que representa, hoje, um exército de pessoas a favor do Estado democrátido de direito não é exagero algum.

Até mesmo porque, a essa altura do jogo, não tem muito como esconder que o Brail foi transformado, graças a Moro e & cia, numa terra sem lei. Não há a menor dúvida que o báscio do direito foi jogado as favas com a atuação da Força Tarefa LJ, principalmente no que tange a imparcialidade e ao direito de defesa.

É claro que existe certa satisfação em ver famílias símbolo da aristocracia nacional – como os Odebrecht, Andrade Gutierrez, Queiroz Galvão e afins – atrás das grades, mas não faz sentido algum pensar que a Lava Jato seja evetiva no combate a corrupção, pois, no curto prazo, tanto essas empresas brasileiras estarão destruídas e subtituídas por multinacionais estrangeiras igualmente corruptas quanto o alto escalão de empresários e diretores estarão livres por terem delatado (da maneira parcial e interesseira) alguns políticos do quadro nacional.

Assim, enfrentamos uma encruzilhada complexa: de um lado temos um sistema altamente corrompido (do legislativo ao judiciário e do mercado à mídia) e que necessita de uma mudança efetiva. Do outro, temos um pseudo combate a corrupção que, na prática, utiliza o mesmo jogo sujo que faz do Brasil um dos países mais desiguais do planeta, trazendo um vício de origem impossível de não contaminar o resultado final.

Nesses momentos de caos e insegurança, é natural que as pessoas procurem algum ponto de estabilidade e, mais natural ainda, que essa porto seja o presidente da República mais bem avaliado da nossa história. Talvez por isso, Lula cresça tanto nas pesquisas de opiniões que o aponta como favorito para se reeleger em 2018.

Portanto, no campo da política, dos argumentos e da disputa democrática numa terra sem lei, não há ninguém mais capacitado para representar um lado desse jogo do que alguém que tem amparo social e de massa, como tem o presidente de honra do PT.

Tadeu Porto é diretor do Sindicato dos Petroleiros do Norte Fluminense. Sigam-o no Facebook! :)

Tadeu Porto

Colunista do Cafezinho e diretor da Federação Única dos Petroleiros e do Sindicato dos Petroleiros do Norte Fluminense.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

26 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Cleberton Oliveira Oilveira

09 de maio de 2017 às 15h12

Cadeia nesse safado facista dono da maior facção do Brasil ladrãozinho

Responder

Sandra Hortencio Dos Santos

09 de maio de 2017 às 03h24

Moro tão descente deveria chamar e punir tais revistas. Aí dim um átomo de confiança pensaria em dar.

Responder

Joaci Queiroz

08 de maio de 2017 às 23h19

Quanto custa “O Cafezinho”, e quem tá pagando?

Responder

André Petsch

08 de maio de 2017 às 22h44

Qual o medo se ele não deve?

Responder

Maria Do Socorro Da Silva Silva

08 de maio de 2017 às 20h03

OS VAGABUNDOS! MAL CARÁTER! ESTA REDE DE ANUNCIO DE RATOS É UNS LIXO É UMA FALTA DE VERGONHA!1111 E AINDA TER GENTE IMBECIL COM MENTE CACHORRO PRA CHAMA ESTE FILHO DA PUTA ! DE EMPRESARIO? É NESTE TAL BRASIL MESMO!

Responder

Andrea Prates

08 de maio de 2017 às 19h59

Coincidência o juizeco vestido com as cores do psdb, né?

Responder

Najara Borges de Carvalho

08 de maio de 2017 às 19h58

De verdade quero mais que os dois se lasquem.

Responder

Alberto Jorge Lula da Silva

08 de maio de 2017 às 19h38

E os coxinhas midiotas alienados mbletes ainda acham que esses pasquins fazem “jornalismo”? Isso aí é capa da MAD Kkkkkkkkk

Responder

Stela Pinheiro

08 de maio de 2017 às 17h00

Serio?!!!!!!

Responder

Stela Pinheiro

08 de maio de 2017 às 16h58

Cafezinho que decadência achei que vcs fossem um pouquinho melhor mais são ruim mesmo

Responder

    Giuditta Ribeiro

    08 de maio de 2017 às 17h53

    Stella Pinheiro Nós rimos de pessoas como você , típico exemplo pessoa manobraveis, partidárias e incultas politicamente, a operação lava jato de seu juiz de primeira instância é uma farsa, nada haver com a operazione mani pulite na Italia, que investigou todos os partidos e diversos políticos, porém o objetivo do juiz, príncipe sem trono de Curitiba é eliminar o mais forte, Lula, chora, não vai o conseguir, o Brasil já sabe quem é Moro e o porque ele colocou o país diante da maior destabilidade política dos últimos tempos, eu sei, para você é difícil entender, lendo o antagonista, assistindo novelinhas românticas ilusórias, o intelecto entra em estado retroativo. Estude, se informe, investe em sua cultura, com MBL e vem para as ruas, uma pessoa se minimiza a ser massa de manobra, gado marcado . melhore sua dialética seria um bom começo.

    Responder

Rogerio Bermudes

08 de maio de 2017 às 16h10

EU FICO COM MORO. VAI ARRASAR O VELHO LADRÃO LULA.

Responder

Ivone Ctaheb

08 de maio de 2017 às 15h51

isto nao é um embate, é um juiz honesto interrogando um ladrao..Agora quem gosta de esquerda,va pra Venezuela e os de la que nao gostam venham pra ca….ha ta nao querem ne? preferem Paris…

Responder

    Paulo L Maia

    08 de maio de 2017 às 16h38

    República de Caipiras

    Responder

    Andrea Prates

    08 de maio de 2017 às 20h00

    Afff… penso nisso sozinho?

    Responder

    Luiz Pereira

    08 de maio de 2017 às 18h30

    O Cafezinho porque seu blog tem tantos agentes de viagens nos comentários? Toda hora tem alguém falando “vai para Venezuela”,”vai para Cuba”,”vai para a Coreia do Norte”. To achando que as agencias de turismo desses países estão fazendo marketing muito agressivo. Será que pelo menos eles oferecem algum pacote promocional?

    Responder

Arthur Caria

08 de maio de 2017 às 15h19

Responder

Hannibal de Sousa

08 de maio de 2017 às 15h19

Responder

Allan Patrick

08 de maio de 2017 às 15h09

Mensagens Subliminares

Numa pequena olhada na capa da Veja, de cara fiz as seguintes análises.

1 – A linha do desenho para Moro com contornos suaves remete aos bonzinhos e heróis dos animes/desenhos. Já a linha escolhida para Lula retangulares e pontiagudas são as dos vilões e ladrões (quase padrão nos desenhos animados) . De cara associei Moro aos Cavaleiros do Zodíaco e Lula ao Sapo do He Man( Aqua Men, acho?) . Faça o teste, mostre a capa a crianças para escolher o bonzinho e o malvado.

2 – As cores escolhidas. A de Moro é do PSDB, em todos os tons. Já a de Lula é do PT, mas não é vermelho.

3 – A proporção e angulação das cabeças coloca Lula como submisso.

Tem muito detalhes …

Responder

    Stela Pinheiro

    08 de maio de 2017 às 16h59

    Filozofia barata perda de tempo

    Responder

      Marcelo Cougo

      08 de maio de 2017 às 14h34

      Chama-se semiologia, coisa que vc é vítima todo dia mas demonstra não saber.

      Responder

    Allan Patrick

    08 de maio de 2017 às 17h01

    faça o teste, mostre a capa a algumas crianças de 5-7 anos e pergunte quem é o bom e o mal. Depois me diga como foi

    Responder

Paulo Joel

08 de maio de 2017 às 15h06

Essa mascara azul e amarelo lembra as cores de um partido.

Responder

Carlos Silva

08 de maio de 2017 às 15h00

Acho que o PSDB deixou a batatas na mão de Sergio Moro e deu pista …….

Responder

Deixe uma resposta