Marina Silva na Jovem Pan

CPI controlada por fascistas do MBL ordena sequestro do curador do Queer Museum

Por Miguel do Rosário

09 de novembro de 2017 : 16h32

Os leitores me perdoem se pareço exagerado ao chamar “condução coercitiva” de sequestro. É que é assim que eu entendo.

O instrumento de condução coercitiva está sendo usado no Brasil como uma maneira de sequestrar e prender pessoas pelo tempo necessário à sua humilhação pública.

A vítima da vez é o curador do Queer Museum. A ordem vem do senador Magno Malta (PR-ES), inspirado pelos ataques fascistas do MBL e da extrema direita à liberdade artística.

O sequestro do curador é, portanto, mais um capítulo do regime de exceção que parece endurecer cada dia mais, com a cumplicidade de uma imprensa golpista, antidemocrática, antinacional e covarde.

***

(Foto: Cristiano Estrela / Correio do Povo)

NOTA DE IMPRENSA: CONDUÇÃO COERCITIVA CPI DOS MAUS-TRATOS

Porto Alegre, 09 de novembro de 2017.

Vejo com estranhamento a aprovação pela CPI dos Maus Tratos, sob a presidência do Senador Magno Malta (PR-ES), destinada a investigar Maus-Tratos em Crianças e Adolescentes, de um requerimento de condução coercitiva de minha pessoa, tendo em vista que em 04.10.17 foi submetido à referida Comissão um requerimento no qual eu concordava em comparecer a CPI, a partir do deferimento parcial do Habeas Corpus impetrado junto ao STF. No referido requerimento eu expressava minha concordância em comparecer. Portanto uma nova agenda reunião deveria ter sido agendada.

Mesmo reafirmando minha convicção de que tal convocatória desviava-se integralmente do objeto desta CPI ingressando visivelmente em motivações eleitoreiras e obscuras, não me recusei ao comparecimento.

Portanto não cabe dentro dos procedimentos da CPI, a condução coercitiva aprovada pela Comissão, e mostra mais uma vez que o Senador busca, não só dar prosseguimento à sua intenção de continuar criminalizando a produção artística e os artistas, mas ao mesmo tempo fazer disso um fenômeno midiático em seu beneficio. Adicione-se a isso
o fato de que, para tanto, o Senador se utiliza de dinheiro público, o que não é condizente com os procedimentos de probidade administrativa e relevância institucional do Senado Brasileiro, que deve primar inclusive pelos direitos do cidadão e da democracia.

Gaudêncio Fidelis
Curador e doutor em História da Arte

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

64 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Cléo Silva

13 de novembro de 2017 às 08h49

Eles querem se aparecer querem visibilidade aparecer nos jornais querem voto tomada de poder

Responder

Victor Jadiel

10 de novembro de 2017 às 17h55

Vai para a CPI abaixo de vara. Vagabundo…

Responder

Rosimeire Batista Gusmão

10 de novembro de 2017 às 15h58

Vale-tudo pra conseguir voto dos sonâmbulos que morrem de medo de acordar e ver que o Castelo deles é de fumaça

Responder

Maria Rosa Fernandes Mendes

10 de novembro de 2017 às 10h45

Responder

Roberto Santos

10 de novembro de 2017 às 04h31

Quando é da laia de vcs ..ficam brabinhos né

Responder

Roberto Santos

10 de novembro de 2017 às 04h30

Pena de morte pra ele

Responder

Robin

10 de novembro de 2017 às 01h12

Já passou a hora de nos rebelarmos contra esses abusos! É falta de, de frente a esse fascista, mandá-lo à PQP na frente de todos…

Responder

Zarah Zoul

10 de novembro de 2017 às 02h30

Que absurdo… sem palavras… foge pra suíça e pede asilo político!!! Estamos em GOLPE! TEMPOS SOMBRIOS!

Responder

Silvia

10 de novembro de 2017 às 00h29

Em que Brasil vivemos hoje? Voltamos ao passado? Só a luta muda isto. Luta por Justiça, Liberdade e Democracia!

Responder

Edmilson Guermacoski

10 de novembro de 2017 às 01h49

Coisas podres em 2018: guerra nuclear ideológica contra a esquerda. Canalhice vai brotar de diversos meios da direita.

Responder

Joaquim Lopes

10 de novembro de 2017 às 01h35

O curador está certo, expor desrespeitos aos símbolos cristão, pederastia, zoofilia e pedofilia… são artes.
Para maioria que ainda tem juízo e discernimento, tal exposição não passa de pornografia explícita vestida de arte.
Querem enganar quem ?
Suruba de quadros. Sem dúvida, uma porno ofensiva.
Agora o que me intriga, já que os ditos “artistas” querem causar impacto porque não desrespeitaram a religião dos muçulmanos.
Nesse ponto deixam de ser “artistas”. Agem, até, como pessoas normais… O fato é que não se atrevem a enfrentar a ira dos Aiatolás.
Teriam de fugir, teriam de se esconder, sob a ameaça da pena de morte.
Um sofrimento longo. Que diga o escritor Salman Rushdie que ofendeu a fé islâmica, forçado a viver no anonimato por anos e até hoje, sem perdão, a pena continua válida.

Responder

    Cleuber Cruz

    11 de novembro de 2017 às 14h58

    nossa cara, nunca li tanta besteira na vida. E, claro, vc que decide o que é arte ou não, ta? Tudo passa pelo seu critério.

    Responder

    Joaquim Lopes

    11 de novembro de 2017 às 20h46

    Cleuber Cruz, não decido, é o que entendo por arte. Certamente você me considera um analfabeto no assunto.
    E a grande maioria que repudiaram a exposição “queermuseu” do Santander.
    Efetivamente, nessa questão, (nós a maioria) somos incultos, toscos e ignorantes.
    Enfim, um nu artístico, remete a sentimentos de beleza do corpo humano. E não a repulsa que causa os quadros do queer. Embrulha o estomago. Dá vontade de vomitar.
    E convenhamos Cleuber, se retirarmos o sentido ideológico/politico, até você há de concordar: é pornografia das ruins.
    Entretanto, percebo a proposta da filósofa Judith Butler, colocar as claras, as diferentes expressões de gênero, mas… discordo da forma como o faz. Suprimindo a inocência das crianças. Expondo um queer pornográfico de zoofilia, pedofilia e pederastia.
    Ao expor o problema de gêneros diversos, ela simplesmente agride a sociedade e cria um infortúnio maior.

    Responder

    Erick Felinto

    12 de novembro de 2017 às 13h19

    Um amontoado de asneiras costurado pela mente tipicamente religiosa. Nada novo aqui, pessoal…

    Responder

    Joaquim Lopes

    12 de novembro de 2017 às 18h48

    Eric Filinto, lamento. Minha mente é tipicamente religiosa quando se trata de conhecimentos.
    Se tem argumento pra arrumar o que está amontoado e quais asneiras há numa opinião contrário à sua… você ajudaria ao autor e o pessoal.
    E, acredite não é fácil, expressar de forma simples ou complexa. Fácil elaborar palavras “amontoado”; “asneiras”; “costurado” e “tipicamente”… num só parágrafo.
    Tente ir além. Alongue seu comentário:
    Porque, asneiras?
    Porque, tipicamente religiosa?
    E infelizmente, por um ranço qualquer contra as religiões, preconcebeu que não há nada novo…

    Responder

Jaime Gomes

10 de novembro de 2017 às 00h04

Canalhas

Responder

Dálvaro Soares

09 de novembro de 2017 às 23h59

Tomara que a lei contra o desarmamento passe, esses caras do MBL vão ser ver em maus lençóis quando a população puder se armar. Adeus Fernando Holliday , adeus kim kataguri

Responder

gustavo

09 de novembro de 2017 às 21h38

Esse MAGNO MALTA é asqueroso. Falso moralista. Envolvido com o crime organizado no Espírito Santo, que, inclusive, assassina crianças e adolescentes. E, ainda, quer dar uma de paladino da moral, fingindo ser defensor de criancinhas. Que canalha.

Responder

Márcia Figueiredo

09 de novembro de 2017 às 23h19

Que abominável! Malta.

Responder

    Zenio Silva

    13 de novembro de 2017 às 21h05

    Malta, esse sobrenome diz tudo!

    Responder

Andrea Cristina Marcolino

09 de novembro de 2017 às 23h13

Quanto retrocesso!

Responder

Antonio José Silva

09 de novembro de 2017 às 22h38

Vejam no que o Quadrilhão transformou o Brasil !!!

Responder

jossimar

09 de novembro de 2017 às 20h01

Magno Malta é o maior bandido do estado do espírito santo. Já foi denunciado por participação em vários esquemas de roubo aos cofres públicos.
E os analfabetos capixabas continuam votando em um bandido para representá-los o senado.
Deve ser por isto que o estado está dominado pelo crime e é o estado que mais se mata no brasil.

Responder

Roger Queiroz

09 de novembro de 2017 às 21h56

É por essas e outras que Lula NÃO deve perdoar o golpe…Não se alia com esse tipo de gente.

Responder

Wagner Homem

09 de novembro de 2017 às 21h46

ridículos

Responder

Edlberto Pires

09 de novembro de 2017 às 19h36

Esse “cenador ” pastor de meia tigela tem se revelado, e sua igreja bem que deveria saber se saer cristão e aceitar JESUS, É na condição de um verdadeiro SENADOR DA REPÚBLICA, e não pastor “cenador”, mesmo que eleito pela sua igreja o indigitado, se fosse cristão seria mais comedido e não sair julgando como oportunista inclusive sua respeitável esposa, tem um programa na TV (assistir por acaso). claro seu convidado especial o marido e soca o pau no PT, sem piedade,covardemente, SEM presença QUALQUER CONVIDADO DO PARTIDO PARA SE DEFENDER, aliás, é uma deformação de caráter desses pastores como o outro desta feita o JOÃO LEITE de cobra, só pode, também só parla criticado o que não sabe fazer e só esculhambar, inclusive o procurador não sei se pastor, mas ocupa o púlpito de sua igreja que diz ser evangélico para mostra seu venal ódio peçonhento contra o PT. refiro-me aNome completo Deltan Martinazzo Dallagnol
Nascimento 29 de janeiro de 1980 (37 anos)
Pato Branco, Paraná
Nacionalidade brasileiro
Cônjuge Fernanda Dallagnol
Alma mater Universidade Federal do Paraná
Ocupação Procurador da República
Prêmios
Global Investigations Review 2015
Prêmio República, hors concours 2016
Prêmio Ajufe 2016
Religião Protestantismo (Igreja Batista)
Página oficial
Twitter oficial eles, evangélicos, SER HOMEM DE DEUS, dizem acerar JESUS, QUE NOS ENSINA “AMAR O PRÓXIMO COMO A TI MESMO” E QUAL MINHA DÚVIDA SER je$u$ ou de fato JESUS O CRISTO?, E PORQUE TANTO O DITO SENADOR DA REPÚBLICA MAGNO MALTA É TÃO VENAL, ÁSPERO, ROSEIRO, MAL EDUCADO SEMEIA ÓDIO, COM VIRULÊNCIA ATACA O PT, ASSIM SÃO MUITOS PASTORES DA BANCADA PERGUNTO É ISSO QUE FOI EDUCADO? E NA SUA IGREJA APRENDERAM SÓ ISSO? É TODO MALAFAIS DA VIDA? QUE PENA O BRASIL VAI MUITO MAL COM ESSA GENTE. E ISSO VAI DAR NUMA MERDA ESCUTA, OU MELHOR LEI O QUE PROFETIZO. E O QUE SALVA SÃO OS PROTESTANTES SÉRIOS QUE CONHEÇO E OUTROS QUE NEM SÓ ACEITA JESUS MAIÚSCULO, COMO COLOCA EM PRÁTICA OS SEUS ENSINAMENTOS. TÃO CARENTE NOS DIAS DE HOJE. O PT SABE QUE FORA DA BOA POLITICA NÃO HÁ SALVAÇÃO. ALIÁS , O PT O MAIOR EXEMPLO DE DEMOCRACIA SOCIAL CRISTÃ COM QUE UMA RELIGIÃO. RESPEITA TODAS DIVERSIDADES SEM PERDER O EQUILÍBRIO.

Responder

Cicero Magalhães

09 de novembro de 2017 às 21h29

Fosse eu convocado, deporia: “Essa comissão, formada por ladrões, corruptos, golpistas, não tem moral para legislar sobre nada! Vão tomar no cu, seus fdps!!”

Responder

Luiz Ventura

09 de novembro de 2017 às 21h16

Condução.coercitiva não é nada mais nada menos do que abuso de autoridade

Responder

Higor Henrique Advenssude Teixeira

09 de novembro de 2017 às 20h47

estamos perdidos na mão destes fascistas

Responder

Gerdes Kildery Costa Damasceno

09 de novembro de 2017 às 20h39

O cara chamar um represante da Lei de bandido? Rapaz, cria vergonha na cara homi. Que pouca vergonha é essa aí?

Responder

Eduardo Annes

09 de novembro de 2017 às 20h38

bando de calhorda.

Responder

Alexandre Persona

09 de novembro de 2017 às 20h28

Chegaremos…

Responder

Marcos Rogerio Heck Dorneles

09 de novembro de 2017 às 20h22

Responder

Rose Anjos

09 de novembro de 2017 às 20h17

A cada dia com mais nojo desses facistinhas. Tem “gente” que apoia isso.

Responder

Ana Angélica

09 de novembro de 2017 às 20h09

Geeente, quem me acorda desse pesadelo?
Não acredito no que estou lendo, mas sei que é verdade.Conflito brabo em tempos obscurantistas. Esse tal senador é uma piada grosseira!

Responder

Lulu Pereira

09 de novembro de 2017 às 19h59

com fascista não se conversa

Responder

Marcio Gandra

09 de novembro de 2017 às 19h55

nunca pergunte se não tem como piorar ….. esse Magno Malta é da turma dos Mercadores da Fé que exploram gente pobre ….. vergonha de compartilhar o planeta com esse sujeito …

Responder

Cesar Weinmann

09 de novembro de 2017 às 19h43

Como assim “coerção coercitiva”? A que título? Vergonhoso.

Responder

Zé Marchese

09 de novembro de 2017 às 19h31

Esse senador e esse grupelho MBL (Movimento das Bibas Lesadas) não resistem a uma boa investigação. Minha avó é quem tinha razão: isso é falta de um bom tanque de roupa pra lavar…

Responder

Helena Rodrigues

09 de novembro de 2017 às 19h20

Esse MBL tá mandando demais.

Responder

Janaina Chichorro

09 de novembro de 2017 às 19h13

Responder

Clélia Carvalho

09 de novembro de 2017 às 19h09

Absurda situação

Responder

Rhenner B. Santos

09 de novembro de 2017 às 19h07

Pólítico populista oportunista querendo criar fato para ganhar votos do povão em cima do sensacionalismo. Nunca mais elejam esse picareta!

Responder

Valéria Lamin

09 de novembro de 2017 às 18h58

Comecem a postar os podres do Magno Malta aí nos blogs. Já que ele quer esconder sua sujeira prejudicando o historiador , está na hora dos blogs relembrarem os podres dele.

Responder

Maria Do Carmo Moraes

09 de novembro de 2017 às 18h58

MBL isso é escória humana

Responder

Joel Araujo

09 de novembro de 2017 às 18h57

Matem esse fdp, logo! Limpem Brasília!

Responder

Vivian Jamur

09 de novembro de 2017 às 18h55

Bando de dementes.

Responder

Xerebeta Lacomia

09 de novembro de 2017 às 18h54

CPI DO MBL ja

Responder

    Mirela Maria

    09 de novembro de 2017 às 19h06

    paredão ou guilhotina pra essa tralha empregada dos Lehman

    Responder

Edilza Ferreira

09 de novembro de 2017 às 18h53

falsos moralistas, sujeitos venais e corruptos

Responder

Fátima

09 de novembro de 2017 às 16h50

Esse apedeuta, analfabeto funcional…GOLPISTA e outras cositas mais que vir de borzeguins ao leito? Mas com que roupa, que roupa esse senadorzinho GOLPISTA, CANALHA, CANALHA, CANALHA…quer vir cantar de GALO agora…nenhum voto nesse pilantra!!! Farei campanha contra TODOS OS GOLPISTAS!!! Vamos mostrar quem manda nessa bandalha…

Responder

    Maria Thereza

    09 de novembro de 2017 às 18h25

    faço coro e assino embaixo. Saiu uma pesquisa indicando que 81% das pessoas não votarão em quem aprovou a reforma trabalhista. Temos 2 trabalhos: lembrar esses nomes com insistência e prestar atenção a cara novas, com ideias velhas, se dizendo não-políticos, com discursos falso moralistas, pois podem ser testas de ferro de alguns que não vão se re-candidatar. Mãos à obra.

    Responder

Takeo Antônio

09 de novembro de 2017 às 18h50

Não é exagero. É expressão precisa. A (i-)lógica fascistalha imposta nesta nova etapa do golpe (a fascistalhização cultural do Brasil e a sua consolidação) é a mesma da proto-história e história da escroquenta exposição de “arte degenerada”. Serve para espetacularizar e desviar a atenção às barbáries econômicas e políticas impostas, mas ao mesmo tempo, eliminar o direito à livre expressão. Para isso, criminalizar a liberdade de artistas é etapa primeira dos golpistas de hoje e de ontem.

Responder

Dallyla Alves

09 de novembro de 2017 às 18h49

A ordem vem do senador Magno Malta (PR-ES), aquele que nunca se meteu em corrupção. #SQN

Responder

Guto Rozestolato

09 de novembro de 2017 às 18h47

Pq não faz exposição pra ele ficar pelado em um presídio ??

Responder

    Bernardo Giannetti

    09 de novembro de 2017 às 18h50

    Típico comentário de quem está lutando contra os próprios impulsos…

    Responder

    Guto Rozestolato

    09 de novembro de 2017 às 18h51

    Bernardo Giannetti não , comentário de 80 % da população brasileira !!!!!!
    Que tá cansado de 💩💩💩💩💩💩🤘🏻

    Responder

    Mirela Maria

    09 de novembro de 2017 às 19h03

    Guto Rozestolato 80% de quem, mesmo? pesquisa sua, de porta em porta, ô, ómi tosco. vá safar a bunda do willian wacca, vai, é do teu time, pato LESA PÁTRIA, fundamentalista fascista.

    Responder

    Wellington Ferreira

    09 de novembro de 2017 às 19h11

    Acaba de surgir o Instituto De Pesquisas Guto Rozestolato. ✌👏👏👏

    Responder

    Guto Rozestolato

    09 de novembro de 2017 às 19h41

    Mirela Maria Pimentorium ad anus fascistam mater outrem refrescum est

    Responder

    Ronie Aguilar

    09 de novembro de 2017 às 21h37

    Tinha era que estar preso faz tempo… Lixo…

    Responder

Deixe uma resposta

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com