O Cafezinho

terça-feira

12

dezembro 2017

2

COMENTÁRIOS

Human Rights Watch acompanha a Anistia Internacional e condena governo de Honduras: “indícios de fraude”

Escrito por , Postado em Tulio Ribeiro

A Human Rights Watch instigou, a necessidade de aprofundar uma investigação contra a fraude eleitoral nas eleições presidenciais de 26 de Novembro em Honduras. A abordagem de José Miguel Vivanco, diretor da HRW, se estende a preocupação do uso desproporcional da força e cerceamento dos direitos humanos :

” Há indícios contundentes de fraude eleitoral em Honduras e estamos registrando a necessidade de averiguar. Também se faz necessário respeitar a vontade dos votantes e se abster do uso desproporcional da força garantindo o direito
de grupos de pessoas se reunirem. Desta forma implica que todos votos sejam contados corretamente inclusive que as autoridades garantam o direito de protestar pacificamente.”

Não é a primeira organização a condenar a ação do governo, no sentido de silenciar a população via uma repressão com tática que se mostram perigosas e ilegais. A Anistia Internacional, em 8 de dezembro condenou “a brutalidade em controlar e limitar o exercício da liberdade.”

Hoje o candidato Salvador Nasralla da “Alianza Oposición” e que seria o verdadeiro ganhador da eleição, denunciou:

” O Tribunal Supremo Eleitoral de Honduras praticou a maior fraude eleitoral da História quando sacou 21% de frente que obtive sobre Juan O. Hernandéz.Eu já coloquei na rede social as provas e parece que não interessa a OEA, EUA ou União Européia.”

terça-feira

12

dezembro 2017

2

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 COMENTÁRIOS

  1. Cristiane
  2. Jáder Barroso Neto
Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com