Haddad no Pânico

Jean Wyllys defende união das esquerdas

Por Miguel do Rosário

31 de dezembro de 2017 : 09h03

SOBRE A UNIDADE DAS ESQUERDAS

Por Jean Wyllys, em seu Facebook

Marcelo Freixo é meu companheiro de partido e meu amigo, como todos sabem, e eu respeito muito as opiniões dele. E nossa democracia fragilizada com o golpe parlamentar de 2016 ainda permite, felizmente, que todas e todos nós ainda possamos falar e expressar livremente nossos pensamentos e nossa opinião sobre a atual crise política. Hoje, ao ser questionado em entrevista para a Folha de São Paulo se é “esperto pulverizar a esquerda em várias candidaturas”, Freixo respondeu que não sabe “se esse é o momento de unificar todo mundo [da esquerda]”. Aos meus seguidores, amigos e eleitores que estão em dúvida e questionaram nas redes qual é a minha posição e o que eu defendo em relação ao papel da esquerda em 2018, eu aproveito para esclarecer mais uma vez aquilo que venho defendendo há tempos.

Acredito, sim, que devemos perseguir a construção de um bloco de diferentes representações políticas de esquerda e progressistas para derrotar o grupo que tomou de assalto a democracia por meio de um golpe. Essa camarilha de corruptos, fascistas, fundamentalistas e neoconservadores que usurpou o poder é composta de uma miríade de partidos de aluguel e também por um setor expressivo do alto empresariado, dos grandes proprietários de terra e até de lideranças religiosas que utilizam a fé para construir fortunas pessoais. Juntas, essas forças formam um adversário poderoso e muito bem financiado que, na minha visão, só poderá ser enfrentado com uma união das insatisfações difusas que se organizam contra essa agenda de retrocessos (tanto econômicos, sociais e trabalhistas quanto relacionados às liberdades individuais, à laicidade do Estado e aos direitos humanos); agenda que é a mais perversa possível, com o governo ilegítimo chegando ao cúmulo de acabar com leis trabalhistas, destruir a Previdência, privatizar o que ainda não foi privatizado, reduzir salários, congelar investimentos para a saúde e a educação, impor o macarthismo nas escolas, censurar museus e exposições de arte, proibir o aborto seguro até nos casos em que já era permitido, impedir qualquer avanço dos direitos LGBT, e, enquanto isso, encher malas e malas de dinheiro roubado de todos nós.

Esta união necessária das esquerdas, contudo, não deverá ter como pretensão a eliminação das diferenças no campo progressista — as divergências, que são saudáveis num ambiente democrático. Ela também não será possível sem que as velhas práticas que levaram ao afastamento de setores da sociedade sejam revistas e que novos temas ocupem espaço de protagonismo. Ela não pode ser uma roupagem nova para o velho, mas uma construção coletiva que resgate as melhores tradições da esquerda democrática, aprenda dos erros do passado e incorpore os novos desafios do presente, muitas vezes subestimados pela parte da esquerda que não chegou ao século XXI.

No balanço dos governos anteriores, obviamente, eu estou, por um lado, totalmente convencido de que este momento deve ser de superação da política de conciliação de classes e de transformação e abertura das esquerdas para as novas agendas, sobretudo para o desenvolvimento sustentável e o respeito aos direitos das minorias, mas isso não significa que eu despreze ou deixe de considerar as conquistas feitas pelo PT e pelo PC do B no governo, mesmo considerando que ambos tiveram que fazer conciliações com a direita para alcançar tais conquistas — o que impediu que outras conquistas fossem alcançadas — e mesmo considerando que alguns petistas se locupletaram e se envolveram em corrupção. Nesse momento, acredito que precisamos de todos e todas com unidade na ação, que é totalmente diferente de uma unidade eleitoreira. Essa unidade deve ser construída com base em acordos programáticos, independentemente de que haja uma, duas ou mais candidaturas, ou quais sejam, porque a disputa política não se reduz à eleição, e mesmo a eleição se faz em dois turnos.

Os esforços das esquerdas em 2018, para mim, portanto, devem ser pela união e pela concentração numa agenda comum que priorize a justiça social, a democracia, os direitos humanos, o respeito ao meio ambiente e às minorias sociais, étnicas e religiosas. Esta é a agenda principal que eu defendo. Uma agenda de esperança!

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

22 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Denyse

02 de janeiro de 2018 às 14h36

Jean, obrigada pelo seu texto. Muito bom mesmo! Quem não quiser, não entenda. Mas, ele está claro como água cristalina. E que venha 2018!

Responder

Jorge Lopes de Farias

02 de janeiro de 2018 às 04h27

Parabéns ao Dep. Federal Jean Wyllys por sua opinião na entrevista em O Cafezinho, defendendo a União das Esquerdas para enfrentar os vários grupos do poder econômico e antidemocrático que tomaram de assalto o poder central, impondo sacrifico aos trabalhadores e leiloando nossas ultimas riquezas naturais e outras construídas com suor do povo brasileiro. É hora sim de unir as esquerdas e seus aliados , em torno de um programa de desenvolvimento do Brasil.

Responder

Fabricio

01 de janeiro de 2018 às 10h45

E eu que pensei que a única coisa que o Jean Willys defendia eram os gays !

Responder

Edlberto Pires

31 de dezembro de 2017 às 21h50

É O ÚNICO CAMINHO SE É QUE OS QUE DIZEM ESQUERDA E NEGAR O PT DE LULA É NEGAR-SE E RESTA O FRACASSO DOS PSOL – REDE – PSTU E OUTROS ATÉ O PDT, TODOS ELES PENSAVAM LULA PRESO POR JUSTIFICATIVA QUE SUPUNHA PRÁTICA CRIMINOSO O QUE SE VERIFICA O ÚNICO HONESTO DELES TODOS, ORA O MONTE DE DINHEIRO – CONTAS MILIONÁRIAS EM PARAÍSOS FISCAIS ETC ATÉ A GLOBO FICOU RICA ASSIM, BARRAS DE OURO ENCONTRADOS DE LULA NADA NEM A TAL FRIBOI NUNCA FOIDE FILHO DE LULA ETC. SE O POLÍTICO Jean Wyllys, MUITOS DOS QUE SAÍRAM DO PT POR FRAQUEZA E COVARDIA FORMARA NOVOS PARTIDOS (NUNCA VÃO AO PODER) COMO A EXEMPLO DOS SE DIZ EDUCADOR O BUARQUE QUE MUDOU VÁRIAS VEZES DE PARTIDO UM CANALHA PERFEITO, E SE NÃO UNIREM VÃO CAIR EM DESGRAÇA TOTAL POR ORGULHO O PT SOBREPORÁ A TODOS O MAIOR LÍDER MUNDIA TA E NUNCA VAI SAIR DO PT É LULA. OU AGORA UNE OU NUCA VÃO GANHAR MAIS NADA NEM O TAL “FREIXO” E SERÃO DIPLOMADOS ATESTADO DE BURRICE EXTREMA. OU NO MÍNIMO ESTÃO A SERVIÇOS ESPÚRIOS . COM LULA E O PT TUDO SE ESTABILIZARÁ NÃO FICA DÚVIDAS.

Responder

Francisco

31 de dezembro de 2017 às 20h17

Tem tanta coisa para unir a esquerda, atualmente, que é até difícil achar o que desunir…

A não ser as vaidades e empreguismos pessoais.

Se todas as esquerdas fecharem em torno de um projeto de reforma política de esquerda a ser submetido a plebiscito, a direita já fica naturalmente de fora.

Fechar com o voto universal, fechar com a defesa das religiões oprimidas (espiritismo, candomblé, umbanda, Diane, etc).

Fechar com minorias de género, fechar com ajuste na lei de delação premiada.

Fechar com demissão sumaria, a bem do serviço publico, dos fura tetos.

O que divide? Frescura, individualismo e cargo em comissão…

Responder

Daniel

31 de dezembro de 2017 às 18h52

Esse canalha não vale nada. Defensor pedófilo, da pornografia infantil, como toda a escoria esquerda facista. Destruidor de familias e defensor de corruptos, o inferno te espera o desgraça de bbb…

Responder

Walter Pastori da Fonseca

31 de dezembro de 2017 às 16h19

BABACAS DE ESQUERDA ATE QUANDO A GENTE VAI BRIGAR POR UMA VIRGULA COLOCADA NUM TEXTO ONDE OUTRO DE ESQUERDA ACHA QUE A VIRGULA DEVERIA SER COLOCADA MAS ADIANTE OU UM POUCO ANTES. ENQUANTO BRIGAMOS POR UMA MERDA DE UMA VIRGULA A DIREITA SE ACERTA PRA TOMAR O PAIS .PELO AMOR DE DEUS PARTIDOD PROGRESSISTAS OU DE ESQUERDA VAMOS NOS UNIR PRO ANO QUE VEM PRIMEIRA COISA E MUITO CUIDADO COM AS ENTREVISTAS QUE DADA A MIDIA NEFASTA UMA TOSSE NO MICROFONE DA GLOBO VIRA UM TSUNAME NA BOCA DO BONNER.EM TODOS OS ESTADOS VERIFIQUEM QUE E O POLITICO DE ESQUERDA QUE TERIA MAS CONDIÇOES DE SER ELEITO GOVERNADOR TODOS OS PARTIDOS APOIARIAM ESSE CANDIDATO ASSIM SERIA PRA SENADOR DEPUTADO FEDERAL DEPUTATADO ESTADUAL TEMOS QUE SER MAIORIA NAS ASSEMBLEIAS SENADO EM TUDO NAO ADIATA ELEGER SO O PRESIDENTE OU SO O GOVERNADOR.SE A DIREITA VOLTAR NOS VAMOS LEVAR UNS TRINTA ANOS OU MAS PRA VOLTAR AO PODER POR FAVOR SENHORES POLITICOS DE PERFIL PROGRESSISTAS VAMOS DEIXAR A VIRGULA SO DAQUI A 4 ANOS SE A DIREITA LEVAR SIMPLESMENTE A PARTE DO POVO MAS CARENTE NAO VAI TER NADA SO VAI SOBRAR O LIXO PRA ELES ACHO QUE NAO E ISSO QUE QUEREMOS PRO NOSSO PAIS .

Responder

Marcos

31 de dezembro de 2017 às 14h14

Curioso, aqui no RJ estes oportunistas deram porrada na Jandira e ajudaram a eleger o lixo do Crivella, agora tentam posar de esquerda? Luciana Genro disse que o golpe nazifacista na Ucrânia era “revolução popular”, Randolfe Rodrigues em 2013 disse que “Não iria reverter nenhuma das privatizações”, Freixo já disse que “grevista tem que ser tratado com dureza”. Partidinho oportunista cheio dessa corja oportunista que quer se hegemonizar como a “3ª opção” de uma “esquerda” (ouvi alguém dizendo direita?) renovada. Balela para enganar analfabeto político.

Responder

hilario muylaert

31 de dezembro de 2017 às 11h30

https://gz.diarioliberdade.org/artigos-em-destaque/item/215626-de-snowden-ao-russia-gate-cia-e-a-grande-midia-empresa.html Moon Alabama afirma que Glenn Greenwald – Intercept – trabalham para o Ebay, ou seja para o “estado profundo dos US”. Pinçando um trecho do texto “”” Intercept queimou uma vazadora de inteligência, Realty Winner, que confiara naqueles jornalistas para protegê-la. Caluniou o presidente da Síria, declarando-o neonazista, baseado numa tradução errada (intencionalmente errada?) de um de seus discursos. Como se não bastasse, contratou um apoiador sírio do golpe da CIA “para mudar o regime por ação de jihadistas” na Síria. Apesar dafachada de “jornalismo sem medo, de crítica”, Intercept praticamente jamais se desvia das políticas dos EUA.””” . Quintas-colunas dentro do PT !! ……….. Intercept,no brazil, é muito ligado ao Psol —- que apoia o golpe, e a lavajato……

Responder

Pablo

31 de dezembro de 2017 às 11h09

Seria interessante que o Miguel falasse pq deletou a matéria que fez ontem defendendo Freixo, que teve mais de 60 comentários contrários ao Freixo seguindo a linha do que aconteceu estes dias nas redes.
Seria bom que o Freixo e o JW digam pq agora estao dando tantas explicaçoes sobre o que o Freixo falou, o que aconteceu?
Imaginem se fosse o contrário, se o Freixo tivesse falado td o que falou e a maioria da esquerda do PT concordasse, para quem seria jogo aceitar que Lula é essa porcaria que o Freixo descreve?Quem levaria vantagem o PSOL ou os golpistas?

Responder

    Mar

    31 de dezembro de 2017 às 12h17

    Fomos enganados amigo, o cafezinho é Psolista. Por isso que o blogueiro fala tanto que o PT errou. Não sabemos mais em quem confiar. Está tudo dominado.

    Responder

      Miguel do Rosário

      31 de dezembro de 2017 às 14h31

      ahaha, pára Mar.

      Responder

      Pablo

      31 de dezembro de 2017 às 17h48

      Claro que nao, em momento algum chamei Miguel de Psolista, só acho engraçado que parte da militancia do PT ainda tenha tanta consideraçao, tanta estimaçao,tanto respeito por estes caras que nao representam nem 3% da populaçao e nao tem o menor respeito por nós, nem pela maioria liderança da história do Brasil que é Lula.
      O Miguel do Rosário percebeu o erro e deletou, justamente pq a maioria da militancia destruiu o Freixo nas redes com razao, mas infelizmente agora Miguel busca defender JW e Boulos, parece que temos medo do PSOL, parece que estao acima do bem e do mal. A esquerda ta unida em torno do Lula, e no é só a esquerda, é a massa, é boa parte do povo brasileiro, nao tenhamos tanto medo do PSOL que nao representa ninguém

      Responder

      SANDROI

      01 de janeiro de 2018 às 10h12

      PARABENS… ATE QUE EMFIM VOCE ENTENDEU.
      QUEM DERRUBOU DILMA FOI O LULA, JUNTAMENTE COM O CUNHA, EO FUTURO DELES..
      ERAM PMDB CONTINUAR VICE DO LULA.
      LULA E CUNHA E JOESLEY. SO FALTA QUEM NA CADEIA ???

      AECIO É SO UM RATO E ASSIM QUE ACABAR O SEU FORO ESTE ANO ELE SERA PRESO E PERDERA TUDO QUE ROUBOU E GANHOU.

      MAIS O PT PAGA ESSES BLOGS P ALIENAR CRIAÇAS QUE NAO TEM O CARATER FORMADO.
      O SIMPLES FATO DE APOIAR LADRAO CONDENADO MOSTRA ISSO.. DEVERIAM SE ENVERGONHAR.

      Responder

Ilma Cordeiro de Macedo

31 de dezembro de 2017 às 11h08

Jean como sempre lúcido inteligente, amo esse menino. Porem Marcelo Freixo, Luciana Genro e outros do Psol ainda não superaram a saída do PT. Chato é que no Psol existem muitos bons quadros , queremos mais esquerda, mais debate , mais luta e muito mais união. Neste momento vamos pensar só no Brasil, o resto discutiremos depois, por ora vamos ter cuidado com as pegadinhas da mídia. Saudações esquerdistas. Luta para 2018.

Responder

    Pablo

    31 de dezembro de 2017 às 11h12

    O JW deveria explicar pq é a favor do Golpe na Venezuela se está contra os golpistas no Brasil, deveria estar também contra o Golpe na Venezuela que é o mesmo Golpe, dirigido pelos mesmos setores internacionais.

    Responder

    Edlberto Pires

    31 de dezembro de 2017 às 22h00

    PSOL EU NUNCA ACREDITEI, ( A SRA. LUCIANA GENRO É DE UMA INDELICADEZA, SUPUNHA A TAL O QUE NUNCA É E PARECIA SER PT)TEM OS CRÉDITOS PORQUE FORAM ANTES DE TUDO DO PT. PERCEBE.

    Responder

Jose Coriolano de Almeida Neto

31 de dezembro de 2017 às 10h49

Minhas saudações Jean, muito lúcido, concordo na integralmente com o texto acima.

Responder

angelo agnelo

31 de dezembro de 2017 às 10h29

DEFENDE A UNIÃO DE MECHO COM MACHO TBEM..
A PEDOFILIA … A LIBERTINAGEM.. USO DE DROGAS.. ABORTO.. PORNOGRAFIA INFANTIL ..

DEFENDE TUDO QUE NAO PRESTA..
ASSIM COMO A UNIÃO DA EQUERDA. ( SE BEM QUE UNIR LOS E MELHOR.. MAIS FACIL DE ANIQUILAR.)

EU DEFENDO ÉA MOERTE DE TODO E QUALQUER COMUNISTA SOCIALISTA OU VULGO ESQUERDOPATA.

Responder

    Pablo

    31 de dezembro de 2017 às 11h15

    Defende a saída de Maduro também e chama de Ditador, quer dizer no fundo é tao anti-comunista como vc, e vc quer mata-lo? Direitistas sao muito burros mesmo.

    Responder

      Fabricio

      01 de janeiro de 2018 às 10h48

      Anda sim os direitistas são muito menos burros que os esquerdistas !

      Responder

Deixe uma resposta

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com