Cafezinho 5 minutos – comentários diários de Miguel do Rosário

Wadih comenta foto de exército “interventor” revistando crianças

Por Miguel do Rosário

22 de fevereiro de 2018 : 13h29

O Brasil assiste, perplexo, as primeiras imagens da intervenção militar no Rio de Janeiro.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

3 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Jorge

23 de fevereiro de 2018 às 09h29

Absurdo é traficante usar crianças para transportar drogas e armas pensando que militares não irão os revistar.

Responder

Reginaldo Gomes

22 de fevereiro de 2018 às 17h51

Se eu fosse golpista ……..
Se eu fosse golpista , eu faria intervenção militar nos blogsuju, porque eles não deixa o Lula cair , os golpista subir e no debate os golpista só apanha , todo dia;
(uma das hipóteses para explicar o ato falho : “muita mídia”)

Responder

Professor Mauro

22 de fevereiro de 2018 às 13h51

Será que vai repetir o MASSACRE DA CANDELARIA o desastre da ocupação militar no Rio de Janeiro no governo Fernando Collor na época do RIO ECO 92?

Na ocupação militar de 1992 Brizola concedeu uma entrevista no programa Jo Soares comentando que a REDE GLOBO TIME LIFE demonizou a Violência urbana no Rio de Janeiro e REMUNEROU baderneiros para fazer arrastões na zona sul do Rio de Janeiro confiram a entrevista no Google

Responder

Deixe uma resposta

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com