Boulos na Carta Capital (ao vivo!)

Moro interrompe Morais durante depoimento e diz que escritor estava fazendo propaganda de Lula

Por Redação

11 de junho de 2018 : 17h20

Publicado no UOL

O depoimento do escritor Fernando Morais, testemunha de defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na ação penal que investiga o sítio de Atibaia (SP), nesta segunda-feira (11), chegou a ser interrompido pelo juiz federal Sergio Moro. Para o magistrado, o escritor estava usando o momento para fazer propaganda do ex-presidente.

Morais respondia às perguntas do advogado de Lula, Cristiano Zanin, quando o magistrado interrompeu o defensor para reclamar de questões que, avaliou, não tinham “nenhuma relevância para o processo”.

O escritor falava sobre o acompanhamento quase que permanente a Lula desde 2011, quando o petista, já fora do Palácio do Planalto, passara a se dedicar a palestras pelo mundo.

Do círculo de relacionamentos do petista há 44 anos, Morais contou que havia sido contratado pela editora Companhia das Letras para escrever sobre o período entre a primeira prisão de Lula, em 1980, durante a ditadura militar, e a saída dele do poder, em 2010, encerrados dois mandatos.

Com o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT), em 2016, o trabalho de pesquisa acabou derivando a proposta de dois livros –de modo que a segunda prisão do petista, em 7 de abril deste ano, será contemplada.

Morais afirmou que, a partir de 2011, fez um trabalho de acompanhamento, em função da produção dos livros, ao ex-presidente. Ao todo, listou 18 países aos quais Lula viajou por convite de empresários ou de sindicatos de trabalhadores para palestras.

Em uma dessas ocasiões, em Londres, relatou, Lula recebeu a visita do músico Bono, líder da banda irlandesa U2, no hotel onde estava, e teria pedido a Morais que acompanhasse o músico até a portaria.

Lá, relatou o escritor, Bono afirmou a jornalistas que o aguardavam que, “depois da morte de Mandela, só existe no mundo uma pessoa capaz de juntar ricos e pobres, pretos e brancos, magros e gordos, e essa pessoa se chama Luiz Inácio Lula da Silva.”

Moro, que pouco antes dessa declaração cobrara objetividade do depoente nas respostas, interpelou o advogado de Lula sobre a relevância, dentro do processo, daquele tipo de detalhe.”Estamos falando da reputação do acusado”, justificou Zanin.

“O senhor pode divulgar questões meritórias fora do processo”, rebateu o juiz. “Há questões que devem-se levar em consideração”, pediu o advogado, que sugeriu que o juiz estaria incomodado com os fatos narrados. “Não me incomoda, só acho que o processo não deve ser usado para esse tipo de propaganda”, refutou o juiz.

Zanin chegou a rebater que a testemunha estivesse agindo em “propaganda” ao ex-presidente. “Existe aqui uma discussão em torno de palestras, colocada em dúvida pelo juízo, e estamos inclusive fazendo a prova de que elas foram realizadas, por uma pessoa de grande reputação, e que havia interesse em assistir às palestras. Isso é absolutamente pertinente à questão”, definiu o advogado.

Antes de prosseguir à próxima pergunta, Morais se dirigiu ao juiz: “Posso fazer uso da palavra?”. Moro respondeu: “Não, o senhor pode responder as perguntas que forem feitas”. “Sim, senhor”, reagiu a testemunha.

Morais aproveitou a pergunta de Zanin sobre ter ou não presenciado Lula pedir vantagens ilícitas nessas oportunidades fora do país – o que ele negou que o petista tivesse feito, em todas as vezes em que o acompanhou –para responder à crítica do juiz.

“O meritíssimo fez uso da palavra ‘propaganda’, que eu repudio. Não estou fazendo propaganda – quero dizer que, nessas viagens, eu só ia no avião [em que Lula estava] quando havia lugar sobrando. Quando não havia, elas eram pagas pela Companhia das Letras”, disse.

“Em nenhum momento eu teria razão para estar fazendo propaganda para quem quer que seja. Não ia jogar fora uma carreira de 50 anos para fazer propaganda de um presidente da República”, encerrou.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

23 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Ricardo

12 de junho de 2018 às 20h19

Moro, mais um vez, enfiou o dedo no c.u.z..i.n.h.o dos petistas !

Responder

Ismael Façanha

12 de junho de 2018 às 16h36

Na DEMOCRACIA, a URNA prevalece sobre a TOGA, a JUSTIÇA é feita no voto pelo Povo, não em sentenças de Tribunais. LULA não pode ser impedido de concorrer em outubro, por funcionários da justiça.

Responder

Nabor Paiva

12 de junho de 2018 às 12h25

Sergio Sete, vc é pago pra responder tudo sobre o midiastico suprasumo juiz, ou realmente é um enviseirado que não enxerga os lados…..Vai no Antagonista que lá vcs se merecem.Alias hj é dia dos namorados,vai que dá liga…….

Responder

celio mend

12 de junho de 2018 às 09h37

PAU NELES MOROOOO…. KKKKKKKKKK
COLOU O PICARETA NA GAOILA… QUANDO DER 5 MESES DE CADEIA VAO MANDA LO P UMA CELA COMUM SEM NINGEM SABER…
LULA VAI FICAR LA MENTINDO PROS SEUS PARÇAS D CELA. KKKK

MORO PELA MOR DO PAPA QUE NAO MANDOU NADA P LULA … METE MAIS 12 ANOS NELE… POR FAVOR…

O SITIO É DELE.. SEMPRE FOI.. TODOS POLITICOS VIVIAM INDO LA BEBER NA DEGA MILIONARIA DO METALURGICO ..

LULA LADRAO SEU LUGAR É NO PRESIDIO… VEXAME.
PRESODENCIAL

Responder

    RO CASTRO

    12 de junho de 2018 às 22h34

    Meu amigo…
    Um conselho….
    POUPE TUA MÃE

    Responder

    Marcos Pinto Basto

    12 de junho de 2018 às 23h36

    Célio Mend, teu problema é provocado por frustrações que sofreste e sofres na vida. Frustrações que te afetam muito a mente e levam-te a postar declarações muito maldosas em relação a Lula, um cidadão brasileiro que veio de Pernambuco ainda menino retirante e subiu até Presidente da República, onde mostrou seu valor como patriota,reconhecido no mundo inteiro!
    Elogias Moro, um traidor da Pátria a soldo dos ianques. Mostras quem és.

    Responder

Aluisio Gomes

12 de junho de 2018 às 09h19

Esse juiz de primeira instância, quer que os depoimentos relacionados ao PT ou mesmo ao presidente LULA, sejam respondidos das seguintes formas: Sim! Não! Sim senhor….!

Responder

    Sergio Sete

    12 de junho de 2018 às 11h57

    Esse e qualquer outro juiz quer respostas assim quando a pergunta obriga.
    Por exemplo: o sitio de Atibaia é seu?
    “Sim” ou “não’. A resposta não precisa de historinha.
    Só se o juiz perguntar algo como “conte a razão de o sitio ter recebido mais de 100 visitas suas, os pedalinhos terem os nomes dos seus netos, blá blá blá”. Daí o depoente conta a historinha.

    Responder

      ALUISIO GOMES

      12 de junho de 2018 às 16h00

      Qualquer psicólogo ou psiquiatra, sem dúvida, iria ou perceberia a anomalia no olhar desse cidadão, quando ele está se referindo ao presidente Lula.

      Responder

Sergio Sete

12 de junho de 2018 às 09h17

Perfeito!
Numa audiência judicial tem de se comportar de acordo com as regras que o juiz determina. Não é palanque político nem propaganda eleitoral.
Em qualquer audiência é assim, quem é da área sabe disso.
Esse advogado de quinta categoria contratado a peso de ouro quer bagunçar o sistema que já existia antes do Dr. Moro e vai continuar existindo após ele. A Justiça é maior que o presidiário Luis Inácio, maior que o PT, maior que o Dr. Moro.

Responder

    paulo

    12 de junho de 2018 às 10h15

    Admiro a sua sinceridade em mostrar-se tão idiota e tão pequeno de forma pública. Parabéns, se todos os idiotas e analfabetos funcionais fossem como você, o Brasil não teria chegado onde chegou.

    Responder

      Sergio Sete

      12 de junho de 2018 às 15h55

      Obrigado!

      Responder

Oliveira

12 de junho de 2018 às 07h55

Não consigo entender como é que pessoas como esse osvald não conseguem ver a realidade brasileira. Nós estamos perdendo desde o início da lava-jato e eles ainda não acordaram. Acredito eu que esses corruptos FDPs principalmente do PSDB e MDB se possível fosse venderia a própia mãe para agradar aos interesses dos empresários. JÁ PASSOU DA HORA DE ACORDAR! LULA LIVRE! LULA PRESIDENTE!

Responder

Pedro Vieira

12 de junho de 2018 às 07h39

O senhor Juiz Moro acima de tudo é um grande político filiado a vários partidos, entres eles, PSDB e DEM!

Responder

    Sergio Sete

    12 de junho de 2018 às 09h17

    Comprove.

    Responder

a.ali

11 de junho de 2018 às 23h54

o juizeco tem urticárias só de ouvir falar no Lula e a direita tem mesmo é pavor de ter de encarar a realidade… até que enfim o povo está acordando, claro que tem uns bostinhas que vão ficando pelo caminho, de tão tapados que são…

Responder

jose carlos lima

11 de junho de 2018 às 23h52

Moro é juiz ao acusador? Pensei que ele fosse juiz…. onde já se viu um juiz classificar de propaganda a defesa de um réu? Como assim? Inacreditável ver a que ponto chegamos.

Propaganda quem faz é Moro, enquanto que tais citações é claro e evidente não são propaganda pró-Lula e sim parte da sua defesa….noutro pais, Moro já estaria preso por praticar, dentre outros crimes, obstrução da defesa…ele faz de tudo para condenar um inocente….

Duvido que exista no mundo uma figura mais reles e cinica com tanto poder como esse arremedo de juiz…..

Parece que Moro ignora que ele Moro, ao fazer propaganda politica ou de promoção pessoal, como tem feito de forma abusiva, é crime…

Ao fazer isso, Moro pratica corrupção, dentro outros crimes…

Resultado de imagem para moro e jorge doria

Classificar de propaganda a defesa do réu é de um escárnio sem tamanho…isso apenas demonstra a degradação das Instituições, como bem apontou o assessor do Papa Francisco

Que a defesa de Lula processe Moro junto ao CNJ

Responder

Vanderli Ferreira Dourado.

11 de junho de 2018 às 20h50

É fundamental pressionar, via opinião pública, para que o ex. advogado da empresa oderbrech, nem sei se o nome está certo, Tacla Duram, deponha na lava-jato o mais rápido possível. Mesmo assim Lula está fazendo com que o apoio a esse juiz de primeira instância, Sergio Moro, derreta aos poucos. Daqui a pouco ninguém mais vai se lembrar desse juizeco.

Responder

osvald

11 de junho de 2018 às 20h07

LULA LADRAO .. MAIS DOZE ANOS DE CADEIÃO…
O SITIO É DELE..
ODEBRECHET REFORMOU..
FOI COMPRADO COM DINHEIRO ROIBADO DA PETROBRAS..
LEILOE E METE MAIS 12 ANOS NESSE PICARETA.

Responder

    André Rs T

    11 de junho de 2018 às 23h53

    ixi de novo o viralata abanando o rabinho…kkkk

    Responder

    RO CASTRO

    12 de junho de 2018 às 22h38

    QUANTO VALE SUA OPINIÃO?

    Responder

Carlos Pereira

11 de junho de 2018 às 18h47

O povo não está acordando. Já acordou. Não adianta essa mídia apoiadora de ditaduras ficar enfiando notícias falsas e grotescas e furando no Jornal Nacional de Bonner a despeito de LULA que o povo (de verdade) que o povo não acredita mais e já está cansaço de tanta injustiça contra Lula. A judicialização do processo que culminou com a destituição do cargo da Presidenta eleita e QUER INVIABILIAAR A QUALQUER CUSTO A CANDIDATURA DE LULA AGORA com apoio da mídia safada é um desrespeito não só à sociedade como à Constituição!. Pesquisas estão aí para comprovar o quanto Lula Lula é amado pelo povo que realmente precisa e somente cego é quem não quer enxergar. Chega a ser frustrante querermos votar de novo em Lula para salvaguardar a nossa estilhaçada Democracia e essas forças golpistas e fascistas tentarem nos impedirem. Lula Livre! Lula Candidato! Lula Presidente 2018!

Responder

    Sergio Sete

    12 de junho de 2018 às 09h19

    S.Q.N.

    Responder

Deixe uma resposta

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com