Ciro Gomes ao vivo na Band

Deixe as testemunhas falarem, doutor Moro. Por Bernardo Mello Franco

Por Redação

19 de junho de 2018 : 12h11

Publicado no Globo

Por Bernardo Mello Franco

Uma testemunha de defesa existe para defender o réu. É direito do acusado indicá-la para reforçar sua versão dos fatos. A testemunha tem o dever de dizer a verdade. Se mentir, pode virar alvo de outro processo. Dentro dessas regras, quem é convocado deve ter liberdade para falar. Se vai convencer o juiz, são outros quinhentos.

Ontem Sergio Moro voltou a interromper um depoimento a favor de Lula no processo sobre o sítio de Atibaia. O juiz cassou a palavra de Rui Falcão, ex-presidente do PT. Ele sustentava a tese de que o aliado seria perseguido pela Lava-Jato.

Falcão respondia a uma pergunta do advogado Cristiano Zanin. “O senhor conhece o ex-presidente Lula, tem relação pessoal e política com ele?”, perguntou o defensor. “Principalmente relação política. E estou muito preocupado com o processo de perseguição que vem sendo movido contra ele”, disse o petista.

Neste momento, o procurador interrompeu o depoimento. Falcão tentou prosseguir: “Cujo único objetivo é impedir que ele seja candidato a presidente da República”… Foi a senha para Moro cassar sua palavra: “Não é propaganda política aqui, viu, ô senhor Rui?”.

Na semana passada, o juiz já havia se irritado com Fernando Morais. Ele repreendeu o escritor por descrever um encontro de Lula com o cantor Bono. A defesa queria provar que o ex-presidente fez as palestras pelas quais recebeu. Para Moro, a pergunta não teria “nenhuma relevância”. “O processo não deve ser usado para esse tipo de propaganda”, disse.

O autor de “Chatô” se incomodou com o cala-boca. “Posso fazer uso da palavra, excelência?”, perguntou. “Não. O senhor responde às perguntas que forem feitas”, cortou Moro, recusando-se a ouvi-lo.

O processo do sítio tem provas mais fortes que o do tríplex, que rendeu a primeira condenação de Lula. É difícil que a defesa explique por que duas empreiteiras fizeram obras de graça na propriedade frequentada pelo ex-presidente.

Mesmo assim, Moro deveria ouvir o que as testemunhas têm a dizer. Ontem ele voltou a demonstrar pouco interesse pelo contraditório. Cruzou os braços, deu sinais de impaciência e não quis fazer perguntas. O procurador imitou o juiz, e o depoimento terminou em apenas sete minutos.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

5 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Marcos Pinto Basto

21 de junho de 2018 às 06h37

Só temos uma solução para acabar com a bandalheira no judiciário e Brasil em geral: GREVE GERAL IRRESTRITA seguida de REVOLUÇÃO SOCIALISTA!
1ª Medida da REVOLUÇÃO: Construção de presídios de ultra segurança máxima para políticos traidores
Pátria!

Responder

maria do carmo

19 de junho de 2018 às 18h12

Dr. Moro cade o contraditorio? assim nao da nao, juiz tem que ouvir o contraditorio, tempo e que nao falta desde que nao fique viajando a Monaco paraiso fiscal, Nova York COM PLITICOS DE SEU PARTIDO e perder tempo com midia pois a vaidade em juiz revela falta de austeridade o que e INCONCEBIVEL imperdoavel, fora todo o resto que o Brasil e mundo esta vendo,nao vou discorrer pois seriam laudas e laudas E TODOS SABEM todos os detalhes, sabe depois de ficar em Hoteis de luxo, fica irritado com a funcao de ouvir o contaditorio. total falta de pudor1

Responder

JOHN JAHNES

19 de junho de 2018 às 15h23

– Alguém já viu esse juiz e seus promotores cassarem a voz dos acusadores de LULA quando eles fazem propaganda contra o PT e LULA?
ESSE JUIZ TEM QUE SER CASSADO.
SEU PARTIDO NÃO PERMITE QUE ELE OUÇA FALAR BEM DO P, POIS SEU PARTIDO, O PSDB, É O MAIS CORRUPTOS DO BRASIL DESDE 1988, E É POR ISSO QUE ELE ATÉ HOJE NÃO INVESTIGOU NENHUM DOS MUITOS TUCANOS QUE FORAM DELATADOS E QUE ELE EXCLUIU DOS RELATÓRIOS, POIS SÓ QUERIA OUVIR CONTRA O PT, COMO BEM DISSE O ALEXANDRINO DA ODEBRECHET NO SEU PRIMEIRO DEPOIMENTO, E DEPOIS SÓ FALOU CONTRA O PT, POIS SE NÃO FIZESSE NÃO RECEBERIA OS BENEFÍCIOS.
ISSO É UM VERGONHA POLICIALESCA JURÍDICA DESSE BRASIL QUE OS BANDIDOS DE TOGAS E OS BANDIDOS TUCANOS ALIADOS AOS BANDIDOS DO TEMER, SAQUEARAM, SUCATEARAM E ESTÁ INDO A FALÊNCIA.
https://jornalggn.com.br/tag/blogs/alexandrino-alencar
DELAÇÕES FORÇADAS
https://www.brasil247.com/pt/247/poder/240458/Alexandrino-da-Odebrecht-queria-contar-tudo-mas-MP-s%C3%B3-quer-saber-do-PT.htm

Responder

    Ferreti

    19 de junho de 2018 às 18h06

    Então conta pra gente: como é que se cassa um juiz de direito? Será que Sérgio Moro foi eleito?

    Aff.:

    Responder

JOHN JAHNES

19 de junho de 2018 às 15h13

Alguem já viu esse juiz e seus protores cassaram a voz dos acusadores de LULA quando eles fazem propaganda contra o PT e LULA?
ESSE JUIZ TEM QUE SER CASSADO.
SEU PARTIDO NÃO PERMITE QUE OUÇA FALAR BEM DO PT. POIS SEU PARTIDO, O PSDB É O MAIS CORRUPTOS DO BRASIL DESDE 1988.E É POR ISSO QUE ELE ATÉ HOJE NÃO IJNVESTIGOU NENHUM DOS MUITOS TUCANOS QUE FORAM DELATADOS MAS QUE ELE EXCLUIU DAOS RELATÓRIOS . E SÓ QUERIA OUVIR CONTRA O PT, COMO BEM DISSE O ALEXANDRINO DA OXEBRECHET NO SEU PRIMEIR PRIMEIRO DEPOIMENTO, E DEPOIS SÓ FALOU CONTRA O PT.
VERGONHA POLICIALESCA JURÍDICA.
https://jornalggn.com.br/tag/blogs/alexandrino-alencar
DELAÇÕES FORÇADAS
https://www.brasil247.com/pt/247/poder/240458/Alexandrino-da-Odebrecht-queria-contar-tudo-mas-MP-s%C3%B3-quer-saber-do-PT.htm

Responder

Deixe uma resposta

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com