Cafezinho 5 minutos: o conceito de autocrítica

Como ficou a nova Câmara de Deputados

Por Miguel do Rosário

09 de outubro de 2018 : 02h01

Confira como ficou a nova Câmara de Deputados.

PT ficou com maior bancada, mas elegeu menos deputados que em 2014.

O PDT passou de 19 para 28 deputados.

PCdoB encolheu 1 cadeira e pode perder o fundo partidário com a cláusula de barreira, que exige mínimo de 10 deputados em 9 estados.

PSOL, que tinha 6 deputados, agora tem 10 e conseguiu superar, assim, a cláusula de barreira.

 

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

5 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Reginaldo Gomes

13 de outubro de 2018 às 12h19

Com a nossa visão turva após termos mamado várias Itaipavas super geladas.
Meu grande amigo com voz pastosa de um bebum me sentenciou .: (amaldiçoou?):
– Tu vai chorar de saudade do parlamento que deu golpe na Dilma!!!
Fui pra casa, mamado , cercando frango, e novamente dormi no sofá.

Responder

Pedro Cruz

10 de outubro de 2018 às 07h27

Miguel do Rosario é a Nova Marina Silva, um poço de ressentimento.

Responder

Adam Smith Comuna

09 de outubro de 2018 às 13h10

PT é oficialmente o novo MDB!

Responder

Reginaldo Gomes

09 de outubro de 2018 às 12h32

Nem no inferno vai ter tanto satanás que nem no parlamento brasileiro.
Deus me livre.
Só um fato sobrenatural pode salvar a nação.

Responder

Eduardo

09 de outubro de 2018 às 11h47

A câmara ficou mais fragmentada, isso é, com uma aparente maior divisão de deputados entre partidos. Mas isso é só aparência. No campo ideológico, a esquerda e centro (real, não o “centrão” brasileiro) cairam muito. Será uma câmara ainda pior que a anterior.

Responder

Deixe uma resposta