Cafezinho 5 minutos: o conceito de autocrítica

Haddad procura o que não existe mais: o PSDB

Por Miguel do Rosário

12 de outubro de 2018 : 12h30

No Conversa Afiada

Haddad busca o que não existe mais: o PSDB

Enquanto o Bolsonaro toma o povão do PT!

publicado 11/10/2018

De um velho amigo dos bons tempos da Sociologia e Política, do Padre Ávila, na PUC do Rio:

Paulo, a propósito do teu podcast – “O Ciro tem que subir no palanque do Haddad” – o problema é que o PT foi quem armou essa sinuca de bico. E para tentar sair dela terá de assumir compromissos que retirarão qualquer veleidade de Esquerda de um eventual governo. A Esquerda terá de se reinventar fora do Governo. E é importante ter em conta que o mundo não vai se acabar no dia 28. E mesmo que o Bolsonaro quisesse implantar uma ditadura, não é provável que tivesse forças para tal. Aliás, cá e lá ele já está tendo que recuar.

De um petista iluminado:

Enquanto o Bolsonaro avança sobre a nossa base, o povão, Haddad avança sobre nenhuma base: Alckmin, FHC, PSDB, Marina.

Isso tudo acabou.

Estamos perdendo o povão.

O Bolsonaro agora vai dizer qualquer coisa para ganhar a eleição.

Um dia ele morde o mercado, no outro assopra.

O negócio é ganhar.

E o risco é o PT acabar a campanha sem um candidato do PT.

E o adversário dizer: vote em quem fez o PT trocar de camisa.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

10 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Joao

13 de outubro de 2018 às 08h54

Ciro tem voto próprio, Haddad é um poste com voto parcial do Lula e nada dele.

Responder

Antonio Passos

13 de outubro de 2018 às 04h55

Haddad era um desconhecido no Brasil, enquanto Ciro um político com grande projeção. Haddad venceu Ciro de lavada no primeiro turno, mas vocês não se cansam de do criticar, criticar, criticar, criticar…..
Eu penso diferente, Haddad perdeu muito povão graças ao MASSACRE que sofreu durante TODO o primeiro turno, por parte de CIRO GOMES e dos demais candidatos. Bozonaro agradece a eles.

Responder

Ernesto

12 de outubro de 2018 às 18h56

Meu pai tem um ditado que diz: perdido por um perdido por mil.
O PT é muito mocinho contra a lava jato, contra a globo e contra o atual adversario. Com essa fraqueza toda o PT tá precisando de um super viagra para dar conta do recado. Ninguem gosta de mocinho que só apanha.
Se nao bater firme na lava jato, no sergio moro, na globo – dificilmente irá revertar essa grande vantagem do Bolsonaro.
Tem que apresentar propostas, mas tem que apontar que a lava jato do jeito que foi feita desempregou milhoes de brasileiros. Nao da para ficar calado. Pq a lava jato nao pegou essas mesmas empreiteiras nos outros estados da federaçao ?
Vé se o Moro dá tregua para o pt.
Haddad tem que encarna o Ciro Gomes e bater para valer, senao, tchau ate a 4 anos.

Responder

Paulo

12 de outubro de 2018 às 18h36

Enquanto Bolsonaro se apresenta atrás de uma bandeira brasileira, o PT e parte das esquerdas sempre acharam que a esperança é vermelha. Entendem nada de Brasil…e pior, agora querem mudar e até procuraram ajuda na CNBB, com ideologia de gênero para crianças e apoio ao aborto. Ridículo!

Responder

    Antonio Passos

    13 de outubro de 2018 às 04h51

    Você acredita mesmo nessas idiotices ? Felizmente há antipsicóticos que atenuam e podem até eliminar esses delírios. Quer uma dica ? Vá a um psiquiatra.

    Responder

Antonio G F Neto

12 de outubro de 2018 às 16h38

Conversa afiada e este bliguinho cirista poncius pilatus jamais levará um centavo meu. Num momento deste ficam publicando matéria para dividir ainda mais nossa esquerda com sinais de falência múltipla. E o bundão passeando de férias.

Responder

    Ultra Mario

    12 de outubro de 2018 às 17h36

    Querido, a “divisão das esquerdas” já aconteceu a quase 10 anos atrás com Marina Silva.

    Aliás, por que você acha que a campanha da Dilma atacava a Marina muito mais ferozmente do que atacava o PSDB, inclusive o PSDB do Aecinho?

    Pra manter essa tal de hegemonia (que você quer) que só está gerando cada vez mais ódio!

    É hora de aceitar que o PT não pode e nem deve acomodar toda a esquerda brasileira. Tem muita gente de esquerda que não é petista, esse trem já partiu e não é o Ciro ou o PDT que vai impedir isso.

    Responder

Alan Cepile

12 de outubro de 2018 às 14h03

O que a campanha mambembe petista irá mudar amanhã?…

Responder

Rudi

12 de outubro de 2018 às 13h22

Não falarei de FH e Marina porque são irrelevantes mas quero comentar Ciro o candidato de si mesmo.
O guri mimado que seguiu a máxima de Aécio:- Eu de centroavante ou levo a bola pra casa.
Nunca confiei num sujeito tão presumido porque na contrariedade ele sempre desaba.

Responder

    Deodato Veras

    12 de outubro de 2018 às 13h46

    Candidato de 12 milhões de brasileiros.

    Responder

Deixe uma resposta