Análise da reunião ministerial de Bolsonaro

ANADOLU AGENCY VIA GETTY IMAGES

Para derrotar Bolsonaro será preciso estratégias de inteligência e comunicação

Por Miguel do Rosário

20 de abril de 2020 : 17h35

Em artigo publicado em suas redes, e reproduzido aqui no Cafezinho, o analista político Ricardo Cappelli faz uma pergunta que ecoa a angústia de quase toda a oposição: por que Bolsonaro não cai?

A resposta, dada pelo próprio articulista, seriam os 30% de apoio popular que o presidente, segundo pesquisas, ainda possui.

Eu também queria refletir sobre a questão, mas remodelando a pergunta: o que significa, em política, “cair”?

Trata-se de uma pergunta aparentemente retórica, porque, à primeira vista, a resposta seria a mais simples de todas: ora, um presidente  “cai” quando perde o poder.

Logo se vê que a simplicidade era apenas aparente, porque nos vemos diante de outra pergunta: o que é o poder?

Indo direto ao assunto: o poder de Bolsonaro, hoje, está numa trajetória ascendente ou declinante?

Bolsonaro está ampliando seu poder e influência sobre o legislativo, judiciário, imprensa, intelectuais, classe média, classes populares, ou, ao contrário, vem perdendo prestígio nesses setores?

As “notas de repúdio” vistas em toda parte, e que já causam compreensível irritação em setores sociais ansiosos por ações mais efetivas para conter as loucuras de Bolsonaro, provam que o presidente vem perdendo prestígio entre intelectuais, imprensa, judiciário e legislativo.

Na classe média, a única pesquisa que traz dados comparáveis, é a da XP/Ipespe, cujo gráfico por renda não deixa dúvida de que Bolsonaro vem perdendo apoio nos extratos mais instruídos e de renda média. 

A pesquisa Datafolha sobre a decisão do presidente de demitir, no meio de uma pandemia, o ministro da Saúde, Luis Mandetta, igualmente não deixa dúvidas quanto ao grau do estrago sobre a aprovação de Bolsonaro junto a todas as classes sociais. 

A oposição não pode subestimar ninguém, mas também não pode sucumbir ao desespero, e, sobretudo, deixar de constatar a vulnerabilidade crescente de Bolsonaro.

É preciso sangue frio e objetividade: Bolsonaro está trocando os pés pelas mãos.

Se ele não cai hoje, é por razões muito objetivas: ele foi eleito presidente da república por quase 58 milhões de votos. 

Essa é a razão pela qual é difícil “derrubar” Bolsonaro.

É por isso que ele “não cai”. 

Bolsonaro não cai porque foi eleito. 

Os analistas se surpreendem com o fato de Bolsonaro ter apoio de 30% da população.

Ora, este é um fato lamentável, para quem preza valores opostos àqueles defendidos por Bolsonaro, mas não é uma surpresa: ele foi eleito por  55,13% dos votos válidos. Em algumas regiões, como o estado do Rio de Janeiro, ele obteve 67%.

Bolsonaro não deriva sua força do apoio de 30%, que de resto são números abstratos, de pesquisa, e sim de sua votação em outubro de 2018. 

Entretanto, eleição não é cheque em branco. O eleitor não transfere seu  poder ao político. Ele apenas o delega, provisoriamente, o que é muito diferente. O poder continua em mãos do povo.

O próprio Bolsonaro, com toda a sua ignorância e truculência, entende isso mais do que Dilma, como se vê no cuidado com ele que mantém canais de comunicação direta com seu eleitorado. Dilma nunca fez, que eu me lembre, uma “live” de internet em toda a sua presidência, mesmo nos momentos mais dramáticos.

A estratégia para derrotar o presidente não é, obviamente, repetir a estratégia fracassada de 2018, a saber, apostar todas as fichas em linguagem artificial de campanha, em volta a um passado idílico, em lacrações e narrativas desesperadas. 

Não é gritando fascista da janela da quarentena, ou assinando notas de repúdio, que a oposição irá derrotar Bolsonaro, ou conter suas loucuras. 

Então, qual é a melhor estratégia?

Eu resumiria em dois eixos: Inteligência e comunicação.

Inteligência: montar grupos de estudos, organizar debates, produzir propostas. Mas não adianta fazer isso apenas pró-forma. Tem que fazer isso com alto nível. Pode parecer que dá pouco resultado no início, porque o início é lento, mas é preciso acreditar no poder revolucionário da inteligência. É muito triste que a esquerda tenha deixado de acreditar no poder transformador da inteligência, e hoje se veja tão rendida aos falsos encantos da lacração e das curtidas em redes sociais. 

Comunicação: os partidos políticos precisam parar de conserva fiada, fisiologismo e incompetência. A única ação efetiva em matéria de comunicação, no caso dos partidos, seria usarem suas fundações, seus mandatos e seus governos para organizar um fundo de financiamento que destinasse recursos para os produtores de conteúdo. Se qualquer recurso financeiro ficar em mãos de burocratas de partido, adeus. Não vai acontecer nada e o dinheiro vai desaparecer. Não propriamente por corrupção, mas sobretudo na forma de assistencialismo para amigos e conhecidos dos burocratas. As intenções podem ser boas (ou não), mas os resultados serão nulos. E Bolsonaro continuará no poder. Dez mil reais na mão de um burocrata de partido desaparecem num instante. Na mão de um produtor de conteúdo, ele compra um computador, um celular, paga 6 meses de conta de internet e faz um enorme enorme estrago nas bases bolsonaristas. Se os partidos não quiserem usar seus fundos partidários, então ao menos mobilizem suas estruturas para organizar crowdfundings, contratem agências independentes para distribuir os recursos e se arrisquem um pouco! Se cada prefeito & governador de um partido de esquerda fizer publicidade numa dúzia de blogs, se cada parlamentar usasse seu mandato para ajudar uma pequena rádio comunitária a se reerguer, se cada fundação organizasse ações para oferecer microcrédito, financiamento e subsídios a comunicadores tanto das periferias urbanas quanto das periferias digitais, a força das ideias progressistas e democráticas seria exponencializada! 

Será mais uma estupidez da esquerda se ela achar que o mercado selvagem das redes sociais é o único termômetro para se medir a competência dos comunicadores digitais.

Outra estupidez será voltar a acreditar numa aliança com a grande mídia corporativa. Pior ainda será achar que a solução é criar sites de “militância política” que não passam de difusores de narrativas exageradas, fictícias, frequentemente falsas. Sites de informação podem ser militantes, mas  desonestos, falseadores da realidade, nunca! 

A grande imprensa comercial é importante e a esquerda deve incluir, em seu projeto de desenvolvimento, propostas de uma mídia comercial independente, sobretudo financeiramente, aos moldes dos melhores exemplos internacionais. Para isso, talvez seja útil uma regulamentação, que ajude a estabelecer um ambiente propício de negócios. Tipo: obrigar fundos de pensão a destinar parte de seus recursos à imprensa comercial. 

Mas para cada mídia corporativa, teremos de fomentar o surgimento de cem pequenas mídias independentes. O Brasil tem espaço para todo mundo. E como nação democrática, que aspira a se manter sempre democrática, vai precisar, mais do que nunca, de um sistema de comunicação imensamente plural.

Para Bolsonaro “cair”, enfim, será preciso empurrá-lo.  E isso vai exigir inteligência, planejamento, energia, paciência e ação. 

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

26 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Tiago Silva

22 de abril de 2020 às 14h05

Estratégia contra o Bozismo!

Bozo surfa nessa transição do analógico para o digital e soube melhor se adaptar a essa nova forma de comunicação que emerge! Surfou também sobre as mídias sociais que impulsionavam mais vídeos extremistas, além do pouco filtro contra mentiras, FakeNews, vídeos politicamente incorretos (historicamente incorreto, juridicamente incorreto, etc). Surfou nesse revanchismo contra o politicamente correto e surfou na onda anti-PT (impulsionada até por sites que se dizem de esquerda – como muitos textos deste site aqui). O anti-PT acabou também virando um anti-Esquerda e atingiu sua maior promoção de ódio em relação ao PT por ser o maior partido de esquerda atualmente, mas sempre que algum político ou partido de esquerda atrapalhava a narrativa das Think Tanks… Eram também alvos dessa artilharia cínica e de ódio.

Uma pena, pois assim a sociedade embarcou nessa política do ódio que busca legitimar ainda maiores desigualdades e os maiores promotores do elitismo desigual são: o banqueiro Guedes, o cínico do Tucano Moro, Militares Entreguistas, Grande Empresariado, Latifundiários, Grileiros, Mineradoras, etc são os pilares desse elitismo velado e belicoso.

E como derrubar o Bozo?

A inteligência se faria em derrubar os seus pilares para o seu eleitorado Bolsomínio que se conforta em viver no delírio provocado pelas narrativas Direitopatas. Os pilares que deveriam ser derrubados/expostos: 1- o pseudo patriotismo (demonstrar o entreguismo e da veneração de capachos dos EUA, inclusive demonstrando que o mesmo entreguismo aconteceu no Golpe de 1964 – como na destruição da educação pública básica); 2- Pseudo honestidade (demonstrar as corrupções da familícia e do próprio Bozo – além de tentar se investigar outros crimes, como o da morte de Marielle); 3- Pseudo Anti-Sistema (e aí demonstrar os inúmeros “Toma lá dá cá” desde Temer, mas que se manteram com o Bozo – aliás com o maior de todos os tempos com o “Orçamento Impositivo” -, além de demonstrar que os Ministros são representantes do sistema: Ministro de Saúde representante de Planos de Saúde, Meio Ambiente representante de Mineradoras, Guedes representante da elite e dos bancos, Moro representante da elite, etc); 4- Pseudo Bom Governo na Economia (e demonstrar que desde Temer só se fazem Deformas para o Mercado e isso não se traduz em melhora para o povo); 5- Demonstrar que o Bozo é um Pseudo “Messias” que na verdade é um Fariseu, que serve ao Dinheiro (além de falar das ações não cristãs e ainda sobre a necropolítica nas Pestes que demonstram ainda mais a crueldade); 6- Pseudo Popular (apesar da conexão direta com o seu eleitorado, demonstrar que o Bozo não gosta de povo e representa um elitismo); 7- Pseudo Vítima (demonstrar que tiveram políticos muito mais perseguidos pela mídia, como Brizola ou o próprio PT, mas que não ficaram de Mi Mi Mi).

Na comunicação também é urgente se ter lideranças nos bairros pobres que são conduzidos por líderes petencostais, assim como líderes de esquerda como influenciadores digitais (os mais votados na última eleição era dessa categoria).

Responder

    Victor Marques

    23 de abril de 2020 às 09h54

    Tiago, sua resposta está excelente e eu concordo com esses pontos, mas queria ressaltar um pouco sobre as técnicas usadas, a estratégia que eu vejo ser recorrente na Comunicação do Bolsonaro, e consegui entender uma grande parte por seguir as análises do Professor Wilson, do site Cinegnose, da área da Semiótica. O que eu vejo são todos os protaganistas do clã Bolsonaro, seus filhos, ministros, líderes neo-pentecostais, generais, com falas extremas e absurdas. E principalmente Bolsonaro. Eu entendo que isso tudo é proposital. As redes sociais se tornaram um grande palco que repercute principalmente o que é polêmico, dando menor chance pro conteúdo informativo e honesto, tradicional. Quando Bolsonaro vai a TV e fala algo polêmico e absurdo, a mídia não tem como não noticiar aquilo, e o conteúdo, por sua polemicidade, repercute ao extremo, principalmente pela própria esquerda que acha absurda suas falas e começa a criticar. Essa comunicação reativa, que apenas reage ao conteúdo de Bolsonaro, vem sendo explorada pela equipe de Bolsonaro de forma sistemática. Um desses protagonistas falam um absurdo, aquilo reverbera na mídia, logo vem um outro e fala um absurdo, e esse novo Judas passa a ser malhado. E assim vão, desde o começo da campanha pra presidente de Bolsonaro, ele foi eleito justamente por ser uma pessoa que soube causar polêmica, e com isso fazer a mídia girar em volta de suas declarações polêmicas, ofuscando o protagonismo político de outros personagens. Sempre foi esse o intuito, usar a polêmica, de forma sistemática, alternando os protagonistas, e viver de comoção em comoção da mídia, mas sempre na mídia. Isso tira o protagonismo político de outros, eles não aparecem tanto, e o que falam não é polêmico o suficiente pra repercutir, afinal estão propondo soluções com seriedade, estão querendo informar e dar alternativas e fazer críticas sérias. Mas Bolsonaro bem informa com seriedade, nem dá soluções, única coisa que faz é esse diversionismo, usa essa tática pra distrair.

    Responder

      Victor Marques

      23 de abril de 2020 às 09h57

      *não informa com seriedade…

      Responder

    Luiz Oliveira

    18 de maio de 2020 às 13h56

    O Presidente JB foi eleito em cima de adversários , diretos e um poste, que levaram este pais as profundezas da roubalheira , propinas, sitiamento do poder para a perpetuação do ilícito em prol de benefícios próprios dos partidos e políticos que estavam no topo da piramide das instituições de governo e de estado . Por isso foi fácil a vitoria a época. A mensagem era “fora a ladroagem e que não voltem nunca mais”. Nos poderes temos o grupo dos Ladroes, do Centrão ( com muitos acusados de ilicitos) , dos omissos ( nunca viram nada de errado mesmo que diante dos seus olhos) e dos éticos e decentes, e estes em menor escala. Acho que o JB falta com a compostura e cria crises desnecessárias nas circunstancias atuais ,mas por outro lado se tornou claramente vitima em maior escala da manipulação imposta pela mídia , em especial aquela famosa rede que perdeu dezenas de milhões de reais em verba publicitaria do governo, alem de opositores com noticias distorcidas e inteligentemente editadas que desobedecem descaradamente aos princípios do que chamam de imprensa livre e liberdade de opinião. . Ja ha uma nova emissora de noticias, a CNN Brasil, que coloca no ar debates com posicionamentos contra a a favor, que introduzem noticias de forma imparcial dando elementos para que os telespectadores possam refletir e concluir por si . Mas e aquela outra emissora, vocês já viram alguém com posição contraria as suas opiniões e edições terem espaço para se manifestar ao publico?. Voltando ao tema, se a população na sua maioria desejar mudança, temos o voto para resolver isso e tanto mais fácil sera a queda do JB se tivermos alternativas de postulantes que nos convençam pela decência e ética . Com gente que já esteve por la e nos bateram a carteira sem pedir licença ai vai ser muito difícil trocar o atual mandatário.

    Responder

JOÃO LUIZ GARRUCINO

22 de abril de 2020 às 10h51

Alerto aos moderadores para manterem este apenas este último comentário postado e deletar o de ontem e os de hoje, antes deste último comentário à matéria, pois desta vez sem os links ao final entrou inteiro permitindo a efetiva leitura do texto, ao contrário do que saiu ontem e hoje nas vezes anteriores e acho era devido ter indicado alguns links de vídeos do Guirardelo e do texto meu aprofundando análise da crise atual ou desde golpe de 64 e dos trinta anos, e vinte anos recente da zona sociopata neoliberal do PT e do PSDB…

Responder

JOÃO LUIZ GARRUCINO

22 de abril de 2020 às 10h48

Respostando o de ontem, mas reescrito ou melhorado, pois liberaram da moderação ou censura mas truncado e não permitindo a leitura do texto: Mas não adianta focarem só no bozô e se falam em inteligência precisam ouvir o canal do Guirardelli que já alertou direto que enquanto FIESP continuar apoiando Guedes e Bozo ele vai continuar deitando e rolando mesmo após maioria da direita já ter saltado fora da sua canoa furada…

E mesmo após maioria da direita estar pedindo derrubada do Bozo no entanto até agora PT e Lula continuam sobre o muro e apenas o PSOL pediu oficialmente a derrubada do maluco…

No entanto talvez seja melhor Lula e PT ficarem calados, e sem mais falarem asneiras costumeiras, de alienados, neste momento, pois bastaria tomarem a frente neste processo de derrubada do Bozô que facilitaria na verdade anular ele ao gerar reações contrárias no mesmo sentido das que provaram o golpe contra Dilma e facilitaram a eleição do maluco da extrema direita graças ao PT e Lula inclusive que sabiam que não tinham condições de elegerem o poste do Hadad mas mesmo assim não abriram mão numa frente para tentar derrotar o Bozo apoiando Ciro para segundo turno…

Vale a pena ouvir vídeo do Guirardelli sobre Globo e golpe de 64, e sobre como bispo Macedo jantou PT, linkados abaixo, e outros no canal, inclusive deixando clara a guerra no governo entre dois lados, o do bozo do anarcocapitalismo querendo destruir a república, e não a democracia, e ele nem tem cacife para dar golpe, e apenas faz bravatas para militância e de olho nas eleições, enfim governar mesmo ele nem governa e nem quer, e aproveita-se das reformas neoliberais do Guedes, que interessam apenas quanto a redução ou fim do Estado e da república e mais nada, embora o bobão do Guedes não percebeu o que até Maia e Dem perceberam e pularam fora…

E nem os escrotos da FIESP perceberam ou não estão nem ai com nação e democracia, ou república, pois banqueiros já dominam entidade, e ela fatura no cassino financeiro ou já está do lado do capitalismo financeiro que nem precisa mais de fábricas produzindo e gerando empregos, renda e consumo, razão do sucateamento e destruição da indústria nacional, pois este capitalismo financeiro é supra nacional ou global ou acima dos interesses nacionais, e pouco se importa com as questões de soberania e segurança nacional….

Como vimos agora países como EUA, Europa e Brasil disputarem com unhas e dentes máscaras, respiradouros e remédios da China, e quando nem para itens básicos de saúde garantem produção interna, diante de casos de guerra ou pandemias, ficam vulneráveis ou desprotegem seus povos…

E bozo quer dominar com milícias armadas, igrejas caça niqueis, e famílias ricas armadas do lado dele, voltando ao velho faroeste ou coronelismo medieval com barões em seus castelos como Colômbia do Pablo Escobar ou México…

Razão dos liberais e neoliberais terem saltado fora como Maia e DEM ou maioria da direita…

Então para derrubar o Bozo falta visão para esquerda burra como diz o Guirardelli sobretudo dos populistas eleitoreiros do lado do PT e do Lula nada diferentes da velha direita e até nada diferente do Bozo e extrema direita quanto ao populismo inconsequente, desinformando os cidadãos por mero interesse eleitoreiro, ou tetas, falta focarem também na Fiesp, e não apenas no Bozo, o que falta para aprovarem ou darem sinal verdade para abertura do processo de derrubada do Bozo…

E sociedade influir em ampla frente envolvendo centro, direita, democratas e esquerda e quem da esquerda continuar se fingindo de morto ou sobre o muro pensando mais eleitoreiramente, irão apenas deixar bem claro que PT e Lula preferiram manter Hadad para de fato elegerem o bozo e querem agora polarizar com ele sem verem que irão se lascar, primeiro porque dificilmente maioria da sociedade organizada vai permitir novamente volta do PT e do Lula e preferem até volta dos militares se for o caso, então o que tem impedido na verdade até agora uma frente ampla em defesa da democracia, república, Estado de Direito e Laico basicamente é o velho coronelismo do Lula e do PT e seus postes que geraram toda a merda atual desde o golpe e estupro da CLT como abordamos em texto abaixo em duas partes.

Responder

JOÃO LUIZ GARRUCINO

22 de abril de 2020 às 10h48

Novamente texto sai cortado no final da página e não permite leitura total…Vou tentar novamente…Respostando o de ontem, mas reescrito ou melhorado, pois liberaram da moderação ou censura mas truncado e não permitindo a leitura do texto: Mas não adianta focarem só no bozô e se falam em inteligência precisam ouvir o canal do Guirardelli que já alertou direto que enquanto FIESP continuar apoiando Guedes e Bozo ele vai continuar deitando e rolando mesmo após maioria da direita já ter saltado fora da sua canoa furada…

E mesmo após maioria da direita estar pedindo derrubada do Bozo no entanto até agora PT e Lula continuam sobre o muro e apenas o PSOL pediu oficialmente a derrubada do maluco…

No entanto talvez seja melhor Lula e PT ficarem calados, e sem mais falarem asneiras costumeiras, de alienados, neste momento, pois bastaria tomarem a frente neste processo de derrubada do Bozô que facilitaria na verdade anular ele ao gerar reações contrárias no mesmo sentido das que provaram o golpe contra Dilma e facilitaram a eleição do maluco da extrema direita graças ao PT e Lula inclusive que sabiam que não tinham condições de elegerem o poste do Hadad mas mesmo assim não abriram mão numa frente para tentar derrotar o Bozo apoiando Ciro para segundo turno…

Vale a pena ouvir vídeo do Guirardelli sobre Globo e golpe de 64, e sobre como bispo Macedo jantou PT, linkados abaixo, e outros no canal, inclusive deixando clara a guerra no governo entre dois lados, o do bozo do anarcocapitalismo querendo destruir a república, e não a democracia, e ele nem tem cacife para dar golpe, e apenas faz bravatas para militância e de olho nas eleições, enfim governar mesmo ele nem governa e nem quer, e aproveita-se das reformas neoliberais do Guedes, que interessam apenas quanto a redução ou fim do Estado e da república e mais nada, embora o bobão do Guedes não percebeu o que até Maia e Dem perceberam e pularam fora…

E nem os escrotos da FIESP perceberam ou não estão nem ai com nação e democracia, ou república, pois banqueiros já dominam entidade, e ela fatura no cassino financeiro ou já está do lado do capitalismo financeiro que nem precisa mais de fábricas produzindo e gerando empregos, renda e consumo, razão do sucateamento e destruição da indústria nacional, pois este capitalismo financeiro é supra nacional ou global ou acima dos interesses nacionais, e pouco se importa com as questões de soberania e segurança nacional….

Como vimos agora países como EUA, Europa e Brasil disputarem com unhas e dentes máscaras, respiradouros e remédios da China, e quando nem para itens básicos de saúde garantem produção interna, diante de casos de guerra ou pandemias, ficam vulneráveis ou desprotegem seus povos…

E bozo quer dominar com milícias armadas, igrejas caça niqueis, e famílias ricas armadas do lado dele, voltando ao velho faroeste ou coronelismo medieval com barões em seus castelos como Colômbia do Pablo Escobar ou México…

Razão dos liberais e neoliberais terem saltado fora como Maia e DEM ou maioria da direita…

Então para derrubar o Bozo falta visão para esquerda burra como diz o Guirardelli sobretudo dos populistas eleitoreiros do lado do PT e do Lula nada diferentes da velha direita e até nada diferente do Bozo e extrema direita quanto ao populismo inconsequente, desinformando os cidadãos por mero interesse eleitoreiro, ou tetas, falta focarem também na Fiesp, e não apenas no Bozo, o que falta para aprovarem ou darem sinal verdade para abertura do processo de derrubada do Bozo…

E sociedade influir em ampla frente envolvendo centro, direita, democratas e esquerda e quem da esquerda continuar se fingindo de morto ou sobre o muro pensando mais eleitoreiramente, irão apenas deixar bem claro que PT e Lula preferiram manter Hadad para de fato elegerem o bozo e querem agora polarizar com ele sem verem que irão se lascar, primeiro porque dificilmente maioria da sociedade organizada vai permitir novamente volta do PT e do Lula e preferem até volta dos militares se for o caso, então o que tem impedido na verdade até agora uma frente ampla em defesa da democracia, república, Estado de Direito e Laico basicamente é o velho coronelismo do Lula e do PT e seus postes que geraram toda a merda atual desde o golpe e estupro da CLT como abordamos em texto abaixo em duas partes.

Bispo Macedo janta o PT
https://www.youtube.com/watch?v=PaWzpDDLcn4

A Rede Globo e o Golpe de 1964
https://www.youtube.com/watch?v=GB_iU_Z3vUo&feature=share&fbclid=IwAR0RUSk4dsDy0qZ4Tjpx-10kR828g3JqcTqLUp7XDAYdTYWP2500juDJMF0

CARREATAS. BOZO FAZ BRAVATAS SOBRE INTERVENÇÃO MILITAR PARA INSUFLAR MILITÂNCIA 19/05/2020
https://www.youtube.com/watch?v=ghLsUVvaB4U&feature=share&fbclid=IwAR2XV1HFHNunv9DZrrJOfizaby0N_4N8keQPRjWSFMDs_h3qW_hgY7_pLCk

Parte I: Como Sociedade e Áreas Acadêmicas reagirem com Reformas Radicais antes que Brasil esfarele em ditadura medieval das igrejas e/ou militar
https://www.linkedin.com/pulse/parte-i-como-sociedade-e-áreas-acadêmicas-reagirem-com-garrucino/?published=t

Parte II: Como Sociedade e Áreas Acadêmicas reagirem com Reformas Radicais antes que Brasil esfarele em ditadura medieval das igrejas e/ou militar
https://www.linkedin.com/pulse/parte-ii-como-sociedade-e-áreas-acadêmicas-reagirem-com-garrucino/?published=t

Responder

dcruz

21 de abril de 2020 às 18h02

Por que o Bozo não cai? Exatamente por isso: ele “caído” ainda tem 30% de idiotas que ficam com ele, e o pior, fora desses 30% os outros 27% estão fora momentaneamente e doidinhos para voltar a apoiá-lo desde criancinha como se diz no futebol, é só o Bozo reduzir suas sandices para, digamos, níveis razoáveis de inteligência, que eles voltam contentíssimos como pintinho no lixo. O bozo é irrecuperável, os saudáveis sabem, mas vão dizer isso aos insanos? Lembram-se da famosa história do Garrincha, “já combinaram com os russos?” Ninguém avisou nada aos eleitores do bozo e sua camarilha que ele é tão horrorendo(horrível+horrendo). Portanto, é perda de tempo ficar malhando o cara, que, aliás, tem duas caras, após vociferar suas palavras de ódio nazifascista com uma cara, logo depois com o cinismo revoltante dos canalhas ele diz que não é nada daquilo “eu sou até democrata”. E todos aceitam numa boa como se respirassem aliviads, “ah, bom, ele se retratou”, como disse um ministro do STF. Enquanto isso ele vai pregando sua doutrina golpista, os militares fingindo que fazem cara feia, e tudo continua como dantes naquele quartel conhecido, já que falamos de militares. Como sair dessa, sei lá, só acho que nenhuma solução apresentada aqui me agradou, talvez esperar, aguardar o bozo sangrar como porco que ele é, ou então ele morrer de “gripezinha…”

Responder

JOÃO LUIZ GARRUCINO

21 de abril de 2020 às 12h22

CARREATAS. BOZO FAZ BRAVATAS SOBRE INTERVENÇÃO MILITAR PARA INSUFLAR MILITÂNCIA 19/05/2020
https://www.youtube.com/watch?v=ghLsUVvaB4U&feature=share&fbclid=IwAR2XV1HFHNunv9DZrrJOfizaby0N_4N8keQPRjWSFMDs_h3qW_hgY7_pLCk

Responder

JOÃO LUIZ GARRUCINO

21 de abril de 2020 às 12h21

Bispo Macedo janta o PT. Achei ótimas as críticas do Guirardelli ao PT e Lula próxima da linha mais fundo ainda que tenho analisado ou a dele muito mais amena e a data é de 5/10/18 e deveria gravar outro vídeo agora pois não caiu ainda a ficha desta gente ou beatos a igreja do coronel papa lula stalin maluf da silva, a meu ver culpados pelo golpe e estupro da CLT de 60 anos de Getúlio, Jango e Brizola de antes do golpe de 64 e PT e Lula ajudaram em tudo na suposta volta da democracia mas com os mesmos de sempre desde 64, CIA, militares, mercado, bolsa, Fiesp, Globo, etc., e traírem e ferrarem Brizola e o trabalhismo histórico e o nacionalismo…De fato vejo cada vez mais que nunca existiu esquerda de fato no Brasil com o sentido de oposição democrática efetiva contra um sistema, no sentido iluminista ou libertário e fraterno, ao embarcarem no projeto neoliberal de FHC após golpe contra Collor para ferrar ou trair Brizola presidente em seguida, o que não era aceito por CIA, militares, Globo, mercado, bolsa, Fiesp, etc., …Percebo que nunca existiu nesta suposta esquerda alguma visão ou projeto claro de democracia, república, e defesa efetiva do Estado Laico e de Direito tanto que deixaram continuar a zona das igrejas virando partidos, empresas, rádios, tvs., etc., armando o golpe e tomada do poder nas barbas dos idiotas do PT e do Lula aliados da velha direita corrupta e canalha sempre como disse o Paulo neste vídeo, e sem nunca terem procurado ganhar maiorias em parte alguma nas cidades, Estados e Congresso mas nem vamos aprofundar aqui o que já fizemos no texto linkado abaixo em duas partes e recente, com os cenários todos desde 64, destes trinta anos de suposta democracia, e vinte anos da farra neoliberal do PSDB e do PT onde quem sempre mandou de fato em tudo não apenas no governo mas no Estado foram os coronéis do mercado indicando inclusive nomes para quase tudo, pouco importa quem povo eleja presidente se da direita ou da suposta esquerda canalha e cínica e vigarista e populista tanto quanto direita como disse o Paulo também. O que falou no entanto o Paulo afunilar é na completa falta de alguma mínima coisa de social democracia tanto por parte do PSDB como do PT e Lula e seus postes para todos os lados…O problema é que beatos do PT e esquerda, e neste caso como disse o Paulo até do PSOL lambendo o PT e Lula quando foram expulsos mas sem visão maior também de nada ou cegos tanto quanto os do PT e CIA…E o PCdB sempre foi mais poste ainda do PT e do Lula parecem explorarem ainda um suposto sonho de socialismo/comunismo que nem existe mais após queda da URSS e ditadura militar capitalista da China supostamente comunista…Somente sobrou de tudo isto apenas a social democracia no mundo ou na Europa onde ainda existem países com melhor qualidade de vida no mundo enquanto neoliberalismo não consiga reverter ou derrubar tudo como tenta EUA mantendo cunha da guerra fria no coração da UE como se Europa fosse ainda quintal ou curral americano mesmo após fim da guerra fria, queda da URSS, do leste europeu e do muro de Berlim…E até agora sequer ocidente em geral e Europa percebem que OTAN na Europa após fim da guerra fria não tem sentido algum exceto quanto aos EUA tentarem continuar guerra fria unilateralmente querendo bancar o único império global mas enfrentado pela China e Rússia….Nem o Paulo até hoje clareou ainda o que sobrou de esquerda ou dos pseudos socialistas e comunistas que é apenas a social democracia que nunca teve nada a ver com as práticas e ações do PT e do Lula e muito menos do PSDB….Agora parede tarde e falta de consistência e visão do PT e Lula mas da suposta esquerda em geral brotada no final da ditadura militar que nem acabou ainda, agora indireta nos últimos trinta anos pois continuam policiando o mesmo regime desde 64 com coronelismo do mercado e suas mídias amestradas controlando tudo e constituinte congressual de 88 foi outro jogo de cartas marcadas totalmente como abordamos no texto abaixo…O Paulo chama a esquerda de burra, e de fato é, mas até agora parece que nem o Paulo acordou sendo meio burro também…

Bispo Macedo janta o PT
https://www.youtube.com/watch?v=PaWzpDDLcn4

Parte I: Como Sociedade e Áreas Acadêmicas reagirem com Reformas Radicais antes que Brasil esfarele em ditadura medieval das igrejas e/ou militar
https://www.linkedin.com/pulse/parte-i-como-sociedade-e-áreas-acadêmicas-reagirem-com-garrucino/?published=t

Parte II: Como Sociedade e Áreas Acadêmicas reagirem com Reformas Radicais antes que Brasil esfarele em ditadura medieval das igrejas e/ou militar
https://www.linkedin.com/pulse/parte-ii-como-sociedade-e-áreas-acadêmicas-reagirem-com-garrucino/?published=t

Responder

JOÃO LUIZ GARRUCINO

21 de abril de 2020 às 12h20

E não adianta focarem só no bozô e se falam em inteligência precisam ouvir o canal do Guirardelli que já alertou direto que enquanto fiesp continuar apoiando Guedes e Bozo ele vai continuar deitando e rolando mesmo após maioria da direita já ter saltado fora da sua canoa furada…E mesmo após maioria da direita estar pedindo derrubada do Bozo no entanto até agora PT e Lula continuam sobre o muro e apenas o PSOL pediui oficialmente a derrubada do maluco…Vale a pena ouvir vídeo do Guirardelli sobre Globo, e sobre o bispo e outros no canal inclusive deixando clara a guerra no governo entre dois lados, o do bozo do anarcocapitalismo querendo destruir a república, e não a democracia, e ele nem tem cacife para dar golpe, e apenas faz bravatas para militância e de olho nas eleições, enfim governar mesmo ele nem governa e nem quer, e aproveita-se das reformas neoliberais do Guedes, que interessam apenas quanto a redução ou fim do Estado e da república e mais nada, embora o bobão do Guedes não percebeu o que até Maia e Dem perceberam e pularam fora, e nem os escrotos da FIESP perceberam ou não estão nem ai com nação e democracia, ou república, pois banqueiros já dominam entidade, e ela fatura no cassino financeiro ou já está do lado do capitalismo financeiro que nem precisa mais de fábricas produzindo e gerando empregos, renda e consumo, razão do sucateamento e destruição da indústria nacional, pois este capitalismo financeiro é supra nacional ou global ou acima dos interesses nacionais, e pouco se importa com as questões de soberania e segurança nacional como vimos agora países como EUA, Europa e Brasil disputarem com unhas e dentes máscaras, respiradouros e remédios da China, e quando nem isto garantem produção interna, diante de casos de guerra ou pandemias, ficam vulneráveis ou desprotegem seus povos…E bozo quer dominar com milícias armadas, igrejas caça niqueis, e famílias ricas armadas do lado dele, voltando ao velho faroeste ou coronelismo medieval com barões em seus castelos como Colômbia do Pablo Escobar ou México…Razão dos liberais e neoliberais terem saltado fora como Maia e DEM ou maioria da direita…Então para derrubar o Bozo falta visão para esquerda burra como diz o Guirardelli sobretudo dos populistas eleitoreiros do lado do PT e do Lula nada diferentes da velha direita e até nada diferente do Bozo e extrema direita quanto ao populismo inconsequentes, desinformando os cidadãos por mero interesse eleitoreiro, ou tetas, falta focarem na Fiesp o que falta para aprovarem ou darem sinal verdade para abertura do processo de derrubada do Bozo…E sociedade influir em ampla frente envolvendo centro, direita, democratas e esquerda e quem da esquerda continuar se fingindo de morto ou sobre o muro pensando mais eleitoreiramente vai ficar claro que PT e Lula preferiram manter Hadad para de fato elegerem o bozo e querem agora polarizar com ele sem verem que irão se lascar, primeiro porque dificilmente maioria da sociedade organizada vai permitir novamente volta do PT e do Lula e preferem até volta dos militares se for o caso, então o que tem impedido na verdade até agora uma frente ampla em defesa da democracia, república, Estado de Direito e Laico basicamente é o velho coronelismo do Lula e do PT e seus postes que geraram toda a merda atual desde o golpe e estupro da CLT como abordamos em texto abaixo em duas partes.

Bispo Macedo janta o PT
https://www.youtube.com/watch?v=PaWzpDDLcn4

A Rede Globo e o Golpe de 1964
https://www.youtube.com/watch?v=GB_iU_Z3vUo&feature=share&fbclid=IwAR0RUSk4dsDy0qZ4Tjpx-10kR828g3JqcTqLUp7XDAYdTYWP2500juDJMF0

CARREATAS. BOZO FAZ BRAVATAS SOBRE INTERVENÇÃO MILITAR PARA INSUFLAR MILITÂNCIA 19/05/2020
https://www.youtube.com/watch?v=ghLsUVvaB4U&feature=share&fbclid=IwAR2XV1HFHNunv9DZrrJOfizaby0N_4N8keQPRjWSFMDs_h3qW_hgY7_pLCk

Parte I: Como Sociedade e Áreas Acadêmicas reagirem com Reformas Radicais antes que Brasil esfarele em ditadura medieval das igrejas e/ou militar
https://www.linkedin.com/pulse/parte-i-como-sociedade-e-áreas-acadêmicas-reagirem-com-garrucino/?published=t

Parte II: Como Sociedade e Áreas Acadêmicas reagirem com Reformas Radicais antes que Brasil esfarele em ditadura medieval das igrejas e/ou militar
https://www.linkedin.com/pulse/parte-ii-como-sociedade-e-áreas-acadêmicas-reagirem-com-garrucino/?published=t

Responder

Ivan Lima

21 de abril de 2020 às 09h58

Fugir para Paris não é uma delas

Responder

Ester

21 de abril de 2020 às 09h18

Fora bolsonaro.

Responder

Clever Mendes de Oliveira

21 de abril de 2020 às 02h34

Miguel do Rosário,
A ideia de a esquerda canalizar recursos para que um produtor de mídia derrube Bolsonaro parece-me uma idéia estapafúrdia impregnada de corporativismo. É estapafúrdia porque é incapaz de reconhecer que nunca houve um produtor de mídia que fizesse um governante crescer ou que o fizesse cair.
Nem a Globo com toda a sua força consegui sequer tocar na popularidade da ex-presidenta às custas do golpe Dilma Rousseff. Com toda a rede Globo contra a ex-presidenta às custas do golpe Dilma Rousseff, o prestígio dela só aumentou até maio de 2013, passando pelo julgamento da Ação 470 no STF.
Com toda a rede Globo contra a ex-presidenta às custas do golpe Dilma Rousseff, a popularidade da ex-presidenta chegou a quase 70% para cair em seguida logo após as manifestações de junho de 2013, para menos de 40%. Provavelmente a maior queda de popularidade de um governante em tempo de paz.
E você acredita que um produtor desconstrói Bolsonaro. Esta é uma análise rasa. Bolsonaro é um sujeito que se apresenta como um radical de direita com um discurso que alcança 30 % da população.
Não há como mudar a consciência dessas pessoas.
Abraços,
Clever Mendes de Oliveira
BH, 20/04/2020

Responder

    Clever Mendes de Oliveira

    22 de abril de 2020 às 09h12

    Miguel do Rosário,
    Enviei ontem, terça-feira, 21/04/2020, um comentário para junto do comentário de Thiago Silva, enviado domingo, 20/04/2020 às 22h19, junto ao post “Cappelli: por que Bolsonaro não cai?” de 20/04/2020 às 15h14 e que você indicou acima. Thiago Silva como eu também considero, avaliou o texto de Ricardo Cappelli muito bom. Aliás para mim o texto de Ricardo Cappelli me pareceu com uma argumentação mais bem construída do que a sua.
    De todo modo o que queria dizer é que o meu comentário ainda não foi disponibilizado no post. Por favor veja o que ocorreu!
    Outro problema desta feita aqui neste post ocorreu com o comentário de João Luiz Garrucino enviado terça-feira, 21/04/2020 às 12h20, que apareceu cortado na sua aba direita. Trata-se de problema que já havia ocorrido com comentário meu há pouco tempo. Não se trata de um problema insanável porque se se copia e cola o comentário em um arquivo Word o comentário aparece na íntegra. De todo modo, vale a pena uma orientação para que, podendo evitar, problema semelhante não ocorra.
    Abraços,
    Clever Mendes de Oliveira
    BH, 22/04/2020

    Responder

Mario

21 de abril de 2020 às 01h38

Valeu. Está na hora dos partidos de esquerda discutirem a situação e debaterem soluções para o País e isto envolve a retirada do “ CAPITÃO” e estruturar um programa de governo convivente para o nosso PAÍS.
Este discurso tem que envolver toda a sociedade estamos passando por esta catástrofe política por falta de discussão.

Responder

    José

    21 de abril de 2020 às 23h39

    Estou de pleno acordo com sua ideia. Talvez pudéssemos propagá-la, pois envolve o conceito verdadeiro de Democracia. Também, neste contexto, os cidadãos precisão aprender a refletir sobre a sociedade, a política, a economia, as finanças. Assim, sugiro a formação de fóruns de debates e diálogos para a criação das soluções que o Brasil necessita. Este portal pode ser o começo, Sr. Mário e Sr. Miguel do Rosário.

    Responder

Bernardo

21 de abril de 2020 às 00h54

Assino embaixo.
Muitos parecem que não querem entender que quando a pessoa se engaja politicamente para eleger um presidente, ela cria um vínculo que demora a se romper.
É da lógica do ser humano querer ver as qualidades e esconder os defeitos de seus preferidos, sejam parentes amigos ou líderes políticos.
Da mesma forma como uma acusação (falsa ou verdadeira) contra Lula não cola entre petistas, também contra Bolsonaro não cola entre os mais fanáticos.
Mas o tempo passa e o fanático fica menos fanático, o simpatizante fica neutro, o neutro fica contra e quem já era contra passa a odiar.
Este movimento tem acontecido com Bolsonaro lentamente. Embora não necessariamente vá se manter, pode acelerar ou reverter a depender dos próximos passos.
Mas eu vejo como natural a resistência a alguém recém eleito após sobreviver a uma facada e em condições percebidas pela população como “contra tudo e todos”.
O que chama mais atenção pra mim é me alenta é que ele claramente NAO CONSEGUE SE FORTALECER. Seria de esperar que eleito como foi, com a caneta na mao, apoio da classe média, e em meio a uma crise que tende a unir ele iria crescer muito. mas ele joga isso fora e não consegue crescer. Impressionante como não vejo ninguém analisando desta forma. Politicamente é medíocre achar que “ele faz muita merda e nao cai” é sinal de força. É sinal de fraqueza ele nao fazer nada que preste e com isso não crescer nada!

Responder

Pedro

21 de abril de 2020 às 00h34

Fantastico! Devemos usar a nossa maior arma: o conhecimento. Quanto mais debatermos e colocarmos pautas sobre política, desenvolvimento, desigualdade e por aí vai, nas redes sociais e conseguirmos formar uma orientação de pensamento única, vamos derrotar extrema-direita.

A questão que me inquieta é como fazer isso. Percebo uma inércia da esquerda na internet. Como bem dito, tudo se resume a lacração e likes. Boa parte da juventude que se diz de esquerda está assistindo BBB e discutindo na internet se um participante é racista ou machista.

Que possamos nos unir e gerar conteúdo de qualidade, necessitamos sair dessa crise com um projeto de país para o século XXI.

Responder

Alan C

20 de abril de 2020 às 22h32

Atuação da esquerda nessa queda de popularidade do projetinho de Hitler:

Completamente errada, sonhadora, parece não estar acreditando que a avaliação do Capitão Corona está despencando e tá vivendo um sonho, meio dormindo, meio acordado, com notinhas de repúdio igual (que é o que mais surpreende!) às mesmas instituições que trabalharam pro golpe de 2016. A esquerda parece ter pós doutorado em Harvard de inocência política.

Pq o bozo não cai?

Pq ele é o idiota útil para os barões do mercado financeiro, aquela meia dúzia de famílias que mandam DE VERDADE no país e decidem tudo. Enquanto as reformas que essa turma quer não sairem, o idiota útil não cai, e não vai cair, por isso que pedir impeachment é mais uma viagem da esquerda e de alguns da direita como essa figura exótica Alexandre Frota.
Além do mais, a direita é um bloco só, e impeachment vai dar brecha pra esquerda aparecer, e isso ninguém dessa turma quer, direita moderada, extrema direita, centrão, judiciário e mídia tradicional.
Esqueçam isso!

O que fazer??

A esquerda deveria erradicar o impeachment do seu discurso, dizer que o presidente eleito é o biroliro e que quer ver se ele é realmente capaz de tirar o Brasil da crise. A esquerda deveria ser esperta, esse ogro e sua equipe não tem N-E-N-H-U-M projeto pra nada que inclua o povo, zero!! Nem se quisessem fazer teriam competência para tal. A estratégia seria fazer essa mula sangrar até dezembro de 2022. Não estou torcendo pro fracasso do meu país, só queé fato incontestável que ele NÃO VAI SAIR e a esquerda tem que trabalhar com esta realidade pq é a única coisa a ser feita, e com ela mostrar ao povo a merda que fez votando num completo imbecil.
Neste meio tempo acho que é importante costurar alianças com o centro e formar um bloco de centro-esquerda visando a eleição.

Responder

    Saulo Barbosa

    21 de abril de 2020 às 16h46

    Das eleições pra cá não mudou nada da popularidade de Bolsonaro, as pesquisas são bastante claras.
    Também o que não mudou é a esquerda, que continua inexistente.

    Responder

Fragolino

20 de abril de 2020 às 21h42

A esquerda se queimou completamente aos olhos dos brasileiros. Levou o Brasil ao fundo do poço e isso vai demorar anos para que os brasileiros o esqueçam.
Além disso Bolsonaro tem a óbvia vantagem de estar no poder primeiramente e de ter um time de Ministros de qualidade indiscutível e com grande popularidade. Muitas pessoas não são fãs de Bolsonaro mas sim de alguns Ministros.
A esquerda do outro lado é inexistente, não possui rumo, não tem um líder, não sabe fazer oposição, não tem mais um centavo dos bilhões roubados e não os terá nunca mais. Lula é um cadáver político e em praça pública tem boas chances de ser apedrejado, Ciro Gomes é impresentavel fora de um centro de higiene mental, o resto dos porsonagens da esquerda ou nada é a mesma coisa.

Resumindo: Bolsonaro Moro e Guedes não possuem rivais.

Responder

antonio

20 de abril de 2020 às 19h03

Muito lúcido. Em resumo “planejamento, energia, paciência e ação.”

Responder

Paulo

20 de abril de 2020 às 18h55

Bolsonabo está sempre no comando das ações. É sempre o protagonista. Restando aos demais políticos (de oposição e nem tão oposição assim) sempre uma atitude reativa, derivada. Seria possível tomar iniciativas contra ele, testá-lo ao limite. Encurralado, ele recua, sempre (como fez hoje, aliás). Mas, uma hora não vai dar mais pra recuar. Aí, ou vai ou racha. E então já passa a ser um jogo perigoso. Por sua vez, esperar o coronavírus fazer sua parte também acho que não vai resolver nada (mesmo que o estrago seja grande). Seria preciso encontrar um candidato de centro, dotado de grande capacidade de articulação e que fosse, ao mesmo tempo, carismático. Mas…Existe (pode existir?) carisma no centro? E na centro-direita? Mesmo que houvesse alguém, nesse campo, seria palatável, para a esquerda? Eu sinceramente creio que repetiremos 2018, se o PT lançar candidato. E seria ingenuidade acreditar que o PT abrisse mão de candidatura, em 1º Turno. Nem seria lícito cobrar os petistas pra isso, ainda mais à míngua de um candidato carismático e aceito pela generalidade do espectro político, que pudesse isolar o Capetão nos seus 30 ou 40% de votos…

Responder

putin

20 de abril de 2020 às 18h52

para derrotar B seria suficiente o judiciario e a policia estudar o codigo penal e leis complementares

Responder

Deixe uma resposta