Live do Cafezinho: balanço dos partidos de esquerda

Freixo desiste de candidatura no Rio

Por Redação

15 de maio de 2020 : 15h16

Trecho de reportagem publicada há pouco no Globo:

RIO – O deputado Marcelo Freixo (PSOL-RJ) desistiu da candidatura a prefeito do Rio. Ele concorreria ao cargo pela terceira vez, depois de ficar em segundo lugar nas disputas de 2012 e 2016 contra o ex-prefeito Eduardo Paes.

Em 2020, Freixo tentava encabeçar uma frente de esquerda, mas só havia conseguido uma promessa de apoio do PT. Siglas como PCdoB, PDT e PSB não quiseram se juntar à aliança. Em março, o deputado já havia ameaçado retirar a candidatura após o PSOL resistir a aliança com PT.

— Espero que a desistência não se concretize, mas vamos continuar defendendo uma união das esquerdas — diz o vereador Tarcísio Motta (PSOL).

Com a saída de Freixo, a disputa tende a ser polarizada entre o prefeito Marcelo Crivella (Republicanos) e o ex-prefeito Eduardo Paes (DEM). Na última pesquisa Ibope divulgada em dezembro do ano passado, encomendada pelo GLOBO e pela “Folha de S. Paulo”, Freixo apareceu na segunda colocação.

(…)

Nota Cafezinho: a saída de Freixo pode beneficiar ainda a candidatura de Martha Rocha, do PDT.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

2 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Marcos Videira

15 de maio de 2020 às 22h17

Tudo indica que o Rio de Janeiro viverá uma tragédia sanitária com a pandemia.
Será que essa tragédia será suficientemente forte para que os cariocas reflitam e parem de apoiar politicamente os criminosos ? Ou vão continuar a apoiar milicianos, pastores vigaristas, corruptos, fascistas ?
O Rio já foi a Cidade Maravilhosa e já foi a capital cultural do Brasil. Hoje é essa desgraça…

Responder

Alan C

15 de maio de 2020 às 19h07

Ordens do Lula.

Responder

Deixe uma resposta