Live do Cafezinho (18 h): Pós-verdade na política brasileira (uma conversa com Fabio Palacio)

Bolsonaro quer mordaça e censura pra servidor público

Por Gabriel Barbosa

02 de agosto de 2020 : 09h33

O Gabinete de Segurança Institucional (GSI), comandado por Augusto Heleno, recebeu uma ordem do presidente Jair Bolsonaro para elaborar uma normativa que autorize o Planalto a processar servidores públicos que usem suas redes sociais para criticar o governo.

A ordem veio após o Ministério Público Federal (MPF) cobrar explicações do Ministério da Justiça sobre uma ação sigilosa que espiona 579 servidores federais da segurança que participam de movimentos antifascistas.

O governo baseou a ordem no artigo 17 da instrução normativa número 6 que desenha regras para o uso seguro das redes sociais dos órgãos federais.

“O servidor público federal poderá ser processado por atos ou comportamentos praticados em mídias sociais, inclusive na sua vida privada, desde que os atos ou comportamentos praticados guardem relação direta ou indireta com o cargo ocupado, com as suas atribuições ou com a instituição à qual está vinculado”, prevê o artigo.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

7 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Liza Gomes

03 de agosto de 2020 às 10h14

Desgraçadoooo, gostaria de saber o que tá faltando para o povo ir às ruas e pedir o impeachment!

Responder

Jeferson

03 de agosto de 2020 às 07h51

Ditadorzinho de um povo idiota !

Responder

Luiz

02 de agosto de 2020 às 20h40

O fato é um indício de que estamos perante um governo fantoche. Nada mais comovente do que um fantoche reivindicando liberdade. Dá vontade de dizer: Deixem o Moraes trabalhar!

Responder

Hilux12

02 de agosto de 2020 às 10h33

E’ o que deveria fazer todo o judiciario do prieiro ao ultimo juiz e principalmente os atorzinhos vaidosos de novelas do STF. Parar de comentar e meter o bico na politica e pensar exclusivamente na Costituiçào, coisa que do baixo do nivél ao qual pertencem nao conseguem fazer.

Responder

    Germano

    06 de agosto de 2020 às 13h18

    Mas quem anda ferindo a constituição na fala e nos atos é o mandatário atual. Afinal ele foi eleito presidente e não dono do país e tem de trabalhar dessa maneira, mudar a constituição ou dá um golpe de estado para ninguém se opor às suas insanidades.

    Responder

Andressa

02 de agosto de 2020 às 10h25

Alô criançada o bozo chegouuuu kkkkk

Responder

Paulo

02 de agosto de 2020 às 09h47

É a ditadura tentando esparramar seus tentáculos pelo corpo do funcionalismo. Como se já não bastassem as exonerações e boicotes ao trabalho sério, agora, quer cercear a liberdade de expressão dos servidores. E tome milico no INSS distribuindo senhas, mesmo porque não sabem fazer mais nada! Mas ganhando mais do que os que lá estavam…

Responder

Deixe uma resposta