Live do Cafezinho: bate papo com o cineasta cearense Wolney Oliveira

Após falar em impeachment de Bolsonaro, Guedes poderá sair e Campos Neto entra no radar para substituí-lo

Por Gabriel Barbosa

15 de agosto de 2020 : 08h48

A relação entre o presidente Jair Bolsonaro e o ministro da economia Paulo Guedes têm sofrido desgaste desde o pedido de demissão dos ex-secretários Salim Mattar (Desestatização) e Paulo Uebel (Desburocratização).

Próximos a Guedes, Mattar e Uebel saíram insatisfeitos com o ritmo do governo Bolsonaro em relação as privatizações e o suposto descompromisso do presidente com a agenda liberal.

Após o ocorrido, o ministro da Economia cobrou maior compromisso de Bolsonaro e falou em impeachment caso o chefe do executivo furasse o teto de gastos, medida considerada intocável.

Ministros e parlamentares próximos a Bolsonaro têm aconselhado o presidente a aumentar os investimentos públicos em decorrência dos efeitos da pandemia e acelerar o processo de criação do Renda Brasil que substituirá o Bolsa Família.

No entanto, para ser possível tais medidas, é necessário que a União extrapole os limites impostos pelo teto de gastos. Guedes e sua equipe econômica são contrários a ideia.

Interlocutores do Planalto dizem que após as declarações de Guedes, Bolsonaro teria ficado irritado e a demissão do Posto Ipiranga foi considerada pelo chefe do executivo.

Sendo assim, Bolsonaro colocou no radar o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, para suceder Guedes numa eventual demissão do Chicago Boy.

Analistas políticos e o mercado financeiro vêem a possibilidade de Guedes jogar a toalha e pedir demissão, alegando que fez tudo que estava a seu alcance.

“O grande desafio de Guedes é encontrar uma válvula de escape para que ele saia com a vaidade intocada e seu conhecimento da máquina do governo para suas intenções futuras”, disse o analista político Melillo Dinis, ao Correio Braziliense.

Gabriel Barbosa

Jornalista com passagens pelo Grupo de Comunicação O POVO (Ceará), RedeTV! e Band News FM.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

3 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Leonidas

17 de agosto de 2020 às 21h00

Já que o MDB se instalou definitivamente no governo, Chama o Meirelles…

Responder

Jerson7

15 de agosto de 2020 às 12h13

De onde saiu esse Gabriel Barbosa…? Kkkkkkkkkkkkkkkkk

Responder

Mancini

15 de agosto de 2020 às 09h49

Seria o possível substituto um liberal, pero no mucho? https://refazenda2010.blogspot.com/

Responder

Deixe uma resposta