Comentários sobre o áudio vazado de André Esteves (BTG Pactual)

PT, PDT, PSB e PC do B lançam manifesto contra Arthur Lira

Por Redação

21 de dezembro de 2020 : 22h39

Na noite desta segunda-feira, 21, os partidos de oposição ao Governo Bolsonaro – PT, PDT, PSB e PC do B – lançaram um manifesto com dez pontos sobre a eleição na Câmara dos Deputados e rejeitaram apoio ao líder do Centrão, Arthur Lira (PP-AL), candidato apoiado pelo presidente Jair Bolsonaro.

Leia a carta na íntegra!

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

2 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Alexandre Neres

22 de dezembro de 2020 às 01h17

Só quero deixar clara minha posição para o meu chapa Alan C.

Não tenho certeza do que é melhor, acho uma escolha de Sofia. Para mim, Lira, Aguinaldo Ribeiro e Baleia Rossi são tudo farinha do mesmo saco. Porém, concordo que Lira deve ser vetado pela proximidade com Bolsonero, pelas pautas bizarras que o bozó vai querer levar adiante. Creio também que nós dois concordamos que em um país em que a soberania popular é desrespeitada a torto e a direito, é temerário falar em impeachment, por mais crimes de responsabilidade que tenham sido perpetrados desta feita.

Acho que tanto a posição de irmos todos com essas porcarias que citei acima (Baleia e Aguinaldo) quanto a de no primeiro turno ter um candidato da esquerda para marcar posição e no segundo votarmos em peso contra Lira podem ser viáveis. Por que não votar pra presidente em André Figueiredo, Alessandro Molon ou Luíza Erundina?

O que me irrita neste blogue é fazer uma defesa intransigente de Rodrigo Maia, como se fosse o Ó do Borogodó, até mesmo da reeleição flagrantemente inconstitucional (espero que tenhamos ficado livres do mala do Alcolumbre). Quando alguém cogita de lançar um candidato da esquerda, o Cafezinho cria um clima de terror, como se fosse melar tudo, como se fosse um grande negócio eleger o insosso do Baleia Rossi. Não me comove nem um pouco.

Sendo realista, sei que o momento é de fragilidade das esquerdas. Mas acho muita hipocrisia, ao lado de Rodrigo Maia, nossos “líderes” aduzirem que vão combater as políticas neoliberais. Quanta desfaçatez! Não à toa estamos nesse poço sem fundo. Para mim, os maiores responsáveis pela crise sem fim que atravessamos é a direita limpinha, não a extrema direita, pois foi aquela que propiciou as condições para que o energúmeno fosse eleito, assim como só dela posso cobrar o atropelo do estado democrático de direito, o desrespeito às regras previamente estabelecidas e que não dê golpes abaixo da linha da cintura, o que a elite do atraso faz desde que o samba é samba.

Um abraço e boas festas em meio ao pandemônio!

Responder

    Alan C

    22 de dezembro de 2020 às 09h47

    Fala Alê, sempre bom ter uma conversa de bom nível com vc.
    Concordo com algumas coisas que vc pontuou, nas demais, não digo que vc está errado, pelo contrário, há bastante indignação justificada e coerência nas tuas palavras, eu apenas vejo a mesma situação de forma um pouco diferente.
    Concordo que Maia, Baleia Rossi e todos os outros citados por vc estão bem longe do que queríamos. Por outro lado, a promessa que Maia fez ao PDT de respeitar a agenda, os ritos, o regimento e etc, foi cumprida. Ok, da forma dele, que é um liberal e pertence ao outro lado, oposto ao nosso, isso precisa ser considerado na análise, não é a nossa forma de presidir a câmara, mas foi o que deu pra fazer pra minimizar as perdas, e considerando o cenário, não foi tão mal assim. O nosso campo, ou, pelo menos, o nosso campo + direita moderada (ou parte desta) impetrou sucessivas derrotas ao bolsonarismo. Isso, pra um presidente que teve o capital político que teve em 2018 e parte de 2019, é muito significativo.
    Muita gente reclama do Maia não ter aberto impeachment. Ora, votar impeachment pra perder e fortalecer o centrão corrupto?? Nem considero isso opção. Derrota é derrota e sempre enfraquece, por isso que não acho legal ter candidato progressista pra presidência da câmara. Vai perder e só vai mostrar, mais uma vez, que o nosso campo está fraco e não tem condição de disputar, então é melhor já marcar posição numa aliança que possa vencer, uma aliança com objetivos, com base, negociada, como o PDT fez com o Maia anteriormente e que na minha visão deu muito certo considerando o cenário.
    Uma coisa que penso diferente é o fato que vc expos sobre o Cafezinho considerar Maia como um sujeito ilibado. O que os colunistas fazem acredito ser o que eu disse anteriormente, considerar todos os fatos e minimizar perdas. Maia é um liberal, ele mesmo já disse isso, é da direita mais tradicional que existe, seria insano um blog de esquerda considerar Maia um grande político (não duvido das porcarias 247, DCM, Tijolaço e afins!).
    Abraço!!!

    Responder

Deixe um comentário

Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou? As Refinarias da Petrobras À Venda pelo Governo Bolsonaro O Brasileiro se acha Rico ou Pobre?