Paris Café: O que esperar da classe média para 2022?

A nova secretaria de Eduardo Paes

Por Redação

31 de dezembro de 2020 : 17h03

Após ser eleito como prefeito da cidade do Rio de Janeiro, Eduardo Paes divulgou a lista de sua nova secretaria. Paes deu maior espaço para mulheres, porém poucos nomes negros decepcionaram ativistas da igualdade racial.

Conheça os próximos secretários da Prefeitura do Rio de Janeiro:

Daniel Soranz – Saúde

Médico Sanitarista e especialista em Medicina da Família e Comunidade, foi o primeiro nome confirmado por Eduardo Paes para compor seu governo. Soranz, funcionário da Fiocruz, retorna ao cargo de secretário da Saúde, que já ocupou de 2014 até 2016. Antes, esteve também à frente da Subsecretaria de Atenção Primária, Vigilância e Promoção da Saúde.

Pedro Paulo Carvalho – Fazenda

Deputado Federal pelo DEM do Rio é um dos principais nomes de confiança de Paes. Atualmente está em seu terceiro mandato como Deputado e foi chefe da Casa Civil do prefeito. Chegou a ser candidato à prefeitura da cidade em 2016, porém o segundo turno ficou entre Crivella e Marcelo Freixo (PSOL).

Em suas redes sociais afirmou que “o cenário fiscal do município é trágico. Mas vamos trabalhar para cumprir compromissos assumidos pelo prefeito Eduardo Paes com servidores e a toda a população. O Rio vai virar a chave com planejamento, trabalho e um ajuste fiscal duro e justo”.

Washington Farjado – Planejamento Urbano

No primeiro mandato de Paes, Farjado foi presidente do Instituto Rio Patrimônio da Humanidade e do Conselho Municipal de Proteção ao Patrimônio Cultural, além de acessor do prefeito para assuntos relacionados ao urbanismo.

É um nome que gera esperança ao moradores e empreendedores do Porto Maravilha. Considera que a região central deve ser um prioridade e está carente dos serviços mais básicos.

Chicão Bulhões – Desenvolvimento Econômico

Advogado que obteve destaque em seu mandato como deputado estadual ao defender o empreendedorismo como forma de fomentar a economia do estado através da desburocratização e simplificação de tributos, além de defender a transparência no poder público.

Pressionado pelo partido NOVO, pelo qual se elegeu, abriu mão de seu mandato para assumir o cargo na prefeitura.

Marcelo Calero – Governo e Integridade Pública

Ex-secretário da Cultura do Rio, foi ministro da Cultura no governo Temer por seis meses. Ficou conhecido como incorruptível após barrar e denunciar as pressões do então ministro da Secretaria de Governo da Presidência, Geddel Vieira Lima, que queria construir um prédio de luxo em Salvador.

Cristiano Beraldo – Turismo

Foi coordenador da campanha de Paes para prefeito. Formado em administração de empresas, foi empreendedor na área de tecnologia e morou nos Estados Unidos por oito anos, onde ajudou as empresas brasileiras fazer negócios no exterior.

Deve valorizar a proteção e promoções de locais históricos e também revitalização do centro e do Porto Maravilha.

Marcus Faustini – Cultura

Cineasta, escritos e diretor teatral. Nascido na comunidade do Cesarão, na Zona Oeste, tem longa trajetória na criação de projetos culturais em áreas periféricas da metrópole.

Já prometeu medidas emergenciais para cultura, como criação de auxílio a partir de janeiro de 2021, além de expandir o orçamento da pasta para regiões específicas da cidade.

Renan Ferreirinha – Educação

Economista, co-fundador do movimento Acredito (de renovação política). Formado em Economia e Ciências Políticas, foi eleito para Alerj sob a bandeira da educação.

Na Câmara, presidiu a Frente Parlamentar de Monitoramento do Regime de Recuperação Fiscal do Estado do Rio. Também atuava como presidente da Comissão de Economia, Indústria e Comércio da Assembleia Legislativa.

Joyce Trindade – Mulher

Mais jovem presença no alto escalão da Prefeitura na história da cidade. Com apenas 24 anos, é estudante de Gestão Pública na UFRJ e trabalha no instituto República.org, que atua para valorizar e promover a excelência no serviço público.

A jovem também foi uma das idealizadoras do projeto Onde estão os negros no serviço público?.

Anna Laura Secco – Conservação

Foi a primeira mulher a compor o time de secretários. Participou da primeira gestão de Paes como coordenadora de promoção de eventos na Casa Civil.

Salvino Oliveira – Juventude

Líder comunitário nascido e criado na Cidade de Deus, comunidade de Jacarepaguá. Desenvolve projetos artísticos na área, atuando como um interlocutor entre a população do local e o poder público. Possui formação em Gestão Pública na UFRJ. Atualmente trabalha como acessor especial da Defensoria Pública.

Marli Peçanha – Ação Comunitária

Professora da rede municipal, já atuou com Paes em seu primeiro cargo público, na subprefeitura da Barra da Tijuca. Foi importante interlocutora das comunidades junto à administraçã pública.

Laura Carneiro – Assistência Social e Direitos Humanos

Recém eleita vereadora, a ex-deputada federal presidiu a comissão de Seguridade Social e Família na Câmara, e esteve entre os parlamentares que elaboraram a Lei Orgânica da Assistência Social. Foi relatora da lei que criou garantias para crianças e adolescentes vítimas de violência.

Guilherme Schleder – Esporte

Antigo chefe de gabinete e sucessor de Pedro Paulo na Casa Cívil, foi citado na delação do marqueiteiro Renato Pereira como operador de um esquema de caixa 2 de Paes em 2012, porém Schleder afirma que a acusação é falsa.

Se destacou com a recuperação de programas como Rio em Forma, além do legado olímpico.

Kátia Souza – Infraestrutura

Na prefeitura a 12 anos, passou a ser conhecida no programa Líderes Cariocas, criado por Paes para capacitação de servidores públicos. Formada em Gestão Corporativa, Logística Empresarial e Marketing.

Seu foco será retomar projetos passados, além de adptar cerca de 20 clínicas especializadas.

Maína Celidiono – Transportes

Especialista em mobilidade urbana, apresentou em 2019 uma tese de doutorado na PUC-Rio, onde avaliou o impacto de obras para melhoria no setor para os preparativos da Olimpíada de 2016.

Vinícius Cordeiro – Proteção aos Animais

Presidente regional do Avante, já ocupou o cargo na segunda passagem de Paes na prefeitura (2015-2016), além de ser um nome defendido por entidades e protetores ligados à causa.

Jorge Felippe Neto – Trabalho e Renda

Atualmente está em seu segundo mandato na Assembleia Legislativa e foi secretário de Conservação no governo de Marcelo Crivella (Republicanos). Atuou como membro titular de comissões relevantes como a de Contituição e Justiça, além de coordenar a Frente Parlamentar de Apoio ao Cooperativismo no Estado do Rio de Janeiro.

Eduardo Cavaliere – Meio Ambiente

Formado em direito, morou na China onde fez uma especialização desenvolvimento de tecnologias relacionadas ao âmbito jurídico. Trabalhou nas estratégias digiatais durante a campanha de Paes deste ano, sendo responsável por atualizar as redes sociais do futuro prefeito.

A expectativa era de que o Partido Verde, da base aliada, indicasse um nome para o Meio Ambiente, mas isso acabou não se concretizando.

Helena Werneck – Pessoas com Deficiência

Fundadora do Instituto MetaSocial, que promove a inclusão de pessoas com deficiência através da promoção da informação e do conhecimento. Entrou para a trajetória na área social em 1987, após o nasicmento de sua filha com Síndrome de Down.

Brenno Carnevale – Ordem Pública

Já foi delegado na Delegacia de Homicídios do Rio, onde coordenou investigações de mortes de agentes e de óbitos decorrentes à intervenção policial entre 2016 e 2018.

Entrou para Polícia Civil em 2013 e já foi considerado o delegado mais jovem do Brasil quando assumiu a função aos 23 anos.

Junior da Lucinha – Terceira Idade

Filho da deputada estudual Lucinha, com forte atuação na zona oeste. Tem 39 anos e foi eleito pela primeira vez em 2012, e vai para seu terceiro mandato. Já passou pelo PSDB, MDB e agora está no PL.

William Coelho – Ciência e Tecnologia

Eleito pela terceira vez e defende assuntos polemicos como ideologia de gênero, cortes de verbas para o carnaval e outras propostas conservadoras.

Coelho foi o único vereador eleito pelo Democrata Cristão este ano. Recentemente o Ministério Público Eleitoral pediu a cassação do vereador por abuso do poder público.

Fábio Coutinho – Habitação

Ocupava o cargo de diretor de licenciamento do Instituto Estadual do Ambiente (Inea) desde novembro de 2019. Atuou como presidente da Imprensa Oficial na gestão do ex-governador Anthony Garotinho e como chefe do posto de atendimento do Detran em 2004. Foi chefe do gabinete do vereador Andrigo (SD).

Em 2013 foi sentenciado a dois anos de prisão por falsificar a assinatura de sua mãe em um cheque, num tramite que visava encerrar uma sociedade que envolvia a gestão de um emprendimento em Niterói.

Paes também anunciou os nomes que cuidarão das subprefeituras:

Wagner Coe cuidará da subprefeitura da Grande Tijuca; Rodrigo Toledo, das Ilhas (do Governador, Paquetá e Fundão); e Ana Ribeiro, na Zona Sul. O subprefeito da Zona Norte será Diego Vaz. Na Zona Oeste, o cargo será de Edson Menezes, enquanto Leonardo Pavão assumirá a Região Central da cidade.

O prefeito eleito ainda nomeou Daniela Maia, irmã do presidente da Câ,ara Rodrigo Maia (DEM), como comandante da Riotur, empresa pública de turismo da cidade, e também ficará encarregada de cuidar do carnaval carioca.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

Nenhum comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »


Deixe uma resposta