Paris Café Extra: Finanças Funcionais, uma revolução copernicaniana na economia

Partidos de esquerda reforçam união e definem linha de ação pelo impeachment de Bolsonaro

Por Redação

21 de janeiro de 2021 : 10h09

Nesta quarta-feira, 20, os presidentes dos partidos que compõem o bloco de oposição – PT, PDT, PSB, PSOL, Rede e PC do B – se reuniram para definir uma linha de ação no enfrentamento a conduta criminosa do Governo Federal e a favor do impeachment do presidente Jair Bolsonaro.

Confira a nota dos partidos na íntegra!

Em reunião realizada na tarde desta quarta-feira (20), a Liderança da Minoria, da Oposição, lideranças partidárias na Câmara (PT, PSB, PDT, PSOL, PCdoB, e Rede) e os presidentes nacionais desses partidos definiram a linha de ação frente ao agravamento da crise no Brasil, marcada pela incapacidade do governo Bolsonaro em conter a pandemia, a falta de um plano de vacinação e a crise econômica e social que está sendo agravada pelo fim do auxílio emergencial.

1. Fortaleceremos a Plenária Nacional de Organização de Lutas Populares, com três pontos principais: vacina para todos, renda emergencial e imediata abertura do impeachment de Bolsonaro, organizada pelas Frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo.

2. Protocolaremos um novo pedido de impeachment motivado pela questão sanitária, na omissão e na responsabilidade do governo Bolsonaro com na pandemia, que ficou mais evidente com as mortes e a falta de oxigênio em Manaus e outras cidades.

3. Realizaremos na próxima terça-feira (26), às 14h, um* ato no Salão Verde pedindo a volta imediata dos trabalhos no Congresso Nacional*. O Congresso não pode parar frente ao agravamento da crise no país.

4. Reforçamos o pedido de CPMI para investigar o fiasco da gestão de Eduardo Pazuello à frente do Ministério da Saúde, que se omitiu no período mais crítico da saúde brasileira.

5. Na próxima quarta-feira (27), realizaremos uma reunião com sindicatos que participam da mobilização sobre a grave decisão de saída da Ford do Brasil, que atingiu fortemente os estados da Bahia, Ceará e São Paulo. O Brasil precisa voltar a criar empregos!

6. Frente à lamentável gestão diplomática do governo Bolsonaro, enviaremos uma carta à embaixada da China solicitando uma reunião com o embaixador na próxima semana. O objetivo é viabilizar os insumos necessários para o enfrentamento à pandemia.

“Para enfrentar a grave crise vivida pelo nosso país, a oposição precisa estar unida, construindo a resistência e a mobilização pelo impeachment já”, afirma José Guimarães (PT-CE), líder da Minoria, que coordenou a reunião.

Brasília, 20 de Janeiro de 2021.

José Guimarães
Líder da Minoria na Câmara dos Deputados


André Figueiredo
Líder da Oposição na Câmara dos Deputados


Carlos Zarattini
Líder da Minoria no Congresso Nacional


Enio Verri
Líder da Bancada do PT na Câmara dos Deputados


Alessandro Molon
Líder da Bancada do PSB na Câmara dos Deputados


Wolney Queiroz
Líder da Bancada do PDT na Câmara dos Deputados


Sâmia Bomfim
Líder da Bancada do PSOL na Câmara dos Deputados


Perpetua Almeida
Líder da Bancada do PCdoB na Câmara dos Deputados


Joênia Wapichana
Representante da REDE na Câmara dos Deputados


Gleisi Hoffman
Presidente do Partido dos Trabalhadores (PT)


Carlos Siqueira
Presidente do Partido Socialista Brasileiro (PSB)


Carlos Lupi
Presidente do Partido Democrático Trabalhista (PDT)


Juliano Medeiros
Presidente do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL)


Luciana Santos
Presidente do Partido Comunista do Brasil (PCdoB)


Pedro Ivo
Presidente da Rede Sustentabilidade (REDE)

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

Nenhum comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »


Deixe uma resposta