Paris Café Extra: Finanças Funcionais, uma revolução copernicaniana na economia

Sindicato denuncia fechamento de fertilizantes da Petrobras

Por Redação

24 de janeiro de 2021 : 17h18

Por Sindipetro-ES

Se estivesse funcionando a Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados da Petrobrás no Paraná poderia estar produzindo 30 mil metros cúbicos de oxigênio por hora, e ajudar os pacientes com Covid dos hospitais de Manaus que estão morrendo sufocados pela falta de cilindros de oxigênio.

“Uma unidade como a nossa quando fecha, não significa apenas a perda de empregos e tributos. A sociedade perde tecnologia e condições de mudar o país. E nesse caso, perde também condições de salvar vidas. A desindustrialização vai muito além do desemprego em massa, ela causa prejuízos generalizados para a sociedade”, alerta Castellano, que é diretor da FUP e do Sindiquímica-PR.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

1 comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Luiz

25 de janeiro de 2021 às 08h58

Está não é, possivelmente, uma questão apenas sindical. A gente fica pensando de que modo o país do do agronegócio deixa de oferecer um contexto atual de mercado para os fertilizantes. Questões técnicas em planilhas conseguem levar até bancos à bancarrota. Talvez seja um daqueles casos aonde o mercantilismo não é uma herança lusitana, sendo tão somente ocasional, e, na verdade, tão “realista” quanto ideológico.

Responder

Deixe uma resposta