Despolarizando: pesquisa Datafolha neutraliza a terceira via?

Renan Calheiros (MDB): “Eu defendo que o partido apoie a candidatura do presidente Lula”

Por Redação

09 de abril de 2021 : 21h50

O senador Renan Calheiros (MDB-AL) reforçou seu apoio ao ex-presidente Lula e disse que o petista tem plenas condições de atrair o centro político em 2022.

“O Lula pelo perfil, pelo histórico de convivência com o centro no próprio governo, pelos resultados que obteve em relação ao crescimento da economia, nós éramos a sexta economia do mundo, tivemos avanços inegáveis. Por isso o Lula é entendido até hoje como o presidente melhor avaliado de todos os tempos na história do país”, disse em entrevista ao DCM.

O congressista alagoano também defendeu que o MDB tenha palanques regionais e caso o partido não consiga emplacar um candidato para presidência da República “eu defendo que o partido apoie a candidatura do presidente Lula”.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

8 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Asuen

11 de abril de 2021 às 11h13

MDB, nunca mais. Esqueceram do Temer? Eu não 😡

Responder

dcruz

10 de abril de 2021 às 23h03

Renan Calheiros é que salvou Dilma de ficar oito anos cassada em seus direitos políticos como mandava ( ou manda) quem sofreu impeachment. Quando presidia o Senado ele foi que sugeriu uma votação rápida para que a cassação dos direitos da presidente não fosse consumada. Deu a maioria e Dilma não teve seus direitos cassados. Até o Lewandowski que estava presente concordou. O PT e Dilma deve-lhe essa.

Responder

Rodrigo de Albuquerque

10 de abril de 2021 às 18h38

Mais uma vez o PT fazendo seu eleitor de TROUXA!! Eu que não participo desse CIRCO PETRALHA!!

Responder

Alan C

10 de abril de 2021 às 09h55

Lula coloca um bandido na linha de sucessão…

Dilma é golpeada pelo bandido…

Lula volta e ser elegível…

Lula busca aliança com o partido do mesmo bandido que o golpeou…

Responder

Paulo

09 de abril de 2021 às 22h45

Lula garantirá a ele a impunidade, nomeando sob rígido escrutínio o PGR, tal qual Bolsonaro? Provavelmente, sim…Eis a face cruel do Brasil!

Responder

    Alexandre Neres

    10 de abril de 2021 às 11h14

    Mais uma vez sendo leviano. O PT sempre nomeou o primeiro indicado pela categoria. Espero que nunca mais faça isso, pois o MP é uma corporação de merda. Como disse o Sepúlveda Pertence, que criou o modelo atual da Instituição: meu Deus, criamos um monstro.

    Mas no Brasil, isso é normal. FHC deu um golpe e criou a reeleição, a imprensa nunca falou nada. Mas falava que Lula iria querer o terceiro mandato, o que nunca ocorreu.

    Como de costume, FHC e Bolsonaro colocaram na PGR um engavetador-geral, mas quem é acusado é Lula. Faça-me o favor!

    Responder

      Paulo

      10 de abril de 2021 às 19h33

      Alexandre Neres, onde eu absolvi FHC e Bolsonaro? Sua ira é tão grande onde quer que você veja um ataque a Lula, real ou imaginário, que logo sai a distribuir mordidas. Ademais, você frequentemente se contradiz, por aqui (o que não é exclusividade sua, diga-se!), como o faz, mais uma vez, nesse comentário. Sim, porque se você mesmo advoga que Lula faça, de fato, aquilo de que o imputo suspeito de vir, muito provavelmente, a fazer, se eleito, em que repousa a discórdia? Nos outros mandatos, ele agiu bem, respeitando a lista tríplice. E não, não creio que você seja leviano ao fazer isso, apenas fica com a visão turva, nessas situações…Cuide-se!

      Responder

Alexandre Neres

09 de abril de 2021 às 22h21

Devido à sequência de matérias recorrentes tratando do mesmo assunto n’O Cafezinho Renan já pode pedir música…

Pelo menos, na presidência do Senado, nunca passou pano pra genocida, igual uns e outros por aí.

Responder

Deixe uma resposta