Paris Café: O PT tem um projeto de governo? Qual é?

Gilmar decide pela suspeição de Moro em todos os processos contra Lula

Por Redação

24 de junho de 2021 : 19h28

Nesta quinta-feira, 24, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, estendeu a suspeição do ex-juiz Sergio Moro para outros dois processos em que condenou o ex-presidente Lula pela décima terceira Vara Federal de Curitiba. Os casos são referentes ao sítio de Atibaia e do Instituto Lula.

Os advogados do petista pediram para que as decisões de Moro nas ações contra Lula fossem anuladas. O ex-ministro da Justiça de Bolsonaro já foi considerado suspeito no caso do tríplex e que foi confirmada pelo plenário do STF nesta quarta-feira, 23.

Como efeito imediato, a decisão de Mendes faz com que os processos contra Lula voltem ao começo e nesse caso, nenhuma das documentações ou depoimentos colhidos pela Lava Jato de Curitiba podem ser reaproveitados em qualquer outra jurisdição.

Nas redes sociais, Lula comemorou a decisão e parabenizou seus advogados Cristiano Zanin e Valeska Zanin.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

8 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Alexandre Neres

25 de junho de 2021 às 17h39

“O último fato indicativo da perda de imparcialidade do magistrado consiste no fato de haver aceitado o cargo de Ministro da Justiça após a eleição do atual Presidente da República, Jair Bolsonaro, que há muito despontava como principal adversário político do paciente. Sergio Moro decidiu fazer parte do Governo que se elegeu em oposição ao partido cujo maior representante é Luiz Inácio Lula da Silva. O ex-juiz foi diretamente beneficiado pela condenação e prisão do paciente”. (Ministro Gilmar Mendes em seu veredito)

Responder

Rafiusk

25 de junho de 2021 às 06h08

O que acho interessante é o timing disso tudo. Esses caras.do stf sabiam dessas barbaridades juridicas do herói midiatico moro desde o inicio, mas foram coniventes com o golpe na dilma e com muito sucesso tornaram o lula inelegível quando foi conveniente. Entendo que Agora arrependidos com esse asno lunático estao desfazendo as barbaridades juridicas do juiz mequetrefe. Por que só agora?

Responder

EdsonLuiz.

24 de junho de 2021 às 20h30

Moro cometeu alguns descumprimentos de rito processual que aconselham a declaração de suspeição de seus atos decisórios para que o paciente tenha um julgamento acima de qualquer suspeita, embora sempre alguém pode considerar que esse saneamento processual não mis era necessário por o processo com decisào de Moro já ter sido julgado em dois tribunais hierarquicamente superiores ao juiz, por urmas colegiadas desses tribunais, somando maius dez decisões de juízes, que sem descumprirem ritos processuais, confirmaram a conddnação de Lula por Sérgio Moro à unanimidade. Sequer um dos juízes desses conselhos colegiados inocentou Lula.

Mas mesmo assim eu prefiro o saneamento, para que sobre a decisão final, seja de condenar, seja de inocentar, não paire nenhuma dúvida.

Acontece que o ministro Gilmar Mendes por anos, desde 2015, 2016, lidou com esses fatos que lista agora para votar a suspeição de Moro e nunca obstara, até que se soube que a Operação Lava Jato também investigava Gilmar Mendes. Na verdade, até ali, Gilmar Mendes fazia carga a favor da Lava Jato e contra Lula e despertava a ira do PT, com toda razão, porque nào era papel de Gilmar Mendes dazer essa carga que fazia contra Lula.

Gilmar Mendes, agora, não devia declarar a própria suspeiçào em relação a processos da Lava Jato?

GI

Responder

Uganga

24 de junho de 2021 às 20h17

É ótimo que o STF tome essas decisões…isso faz aumentar a simpatia dos brasileiros pela mesma corte, por Lula, por Palocci, Dirceu e outro monte de tranqueiras como eles.

Responder

Daniel

24 de junho de 2021 às 20h12

Bananopolis !!

Responder

William

24 de junho de 2021 às 20h05

O plano do Gilmarzinho tava claro desse o começo.

Responder

Kleiton

24 de junho de 2021 às 20h04

Onde estaria Lula hoje sem Gilmar Mendes ?

Responder

Paulo

24 de junho de 2021 às 19h55

É, o crime compensa…E o STF, jaz desmoralizado…

Responder

Deixe uma resposta