Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

Superpedido de impeachment contra Bolsonaro une lideranças da esquerda, centro e direita

Por Redação

30 de junho de 2021 : 16h52

Na tarde desta quarta-feira, 30, deputados, lideranças partidárias e entidades da sociedade civil se uniram e protocolaram na Câmara dos Deputados um superpedido de impeachment contra Jair Bolsonaro. O documento reúne todos os 123 pedidos que estão na mesa do presidente da Casa, Arthur Lira (PP-AL).

São mais de 200 páginas e 23 crimes apontados e cometidos por Bolsonaro, relacionados a atentados contra instituições e a omissão na saúde pública durante a Pandemia.

O líder da oposição na Câmara, Alessandro Molon (PSB-RJ), destacou que a ação é pluripartidária. “Aqui há parlamentares e cidadãos de centro, de esquerda e de direita”, afirmou.

Já a deputada e ex-líder de Bolsonaro no Congresso, Joice Hasselmann (PSL-SP), comparou a atuação de Bolsonaro aos atentados contra Hiroshima e Nagasaki durante a segunda guerra mundial.

“Genocida é a palavra. Bolsonaro jogou bombas no nosso País. Nunca mais, mas nem com uma arma na cabeça, esse homem leva um voto meu”, declarou.

O deputado federal Kim Kataguiri (DEM-SP) também assinou o pedido e disse que apesar de não fazer parte do campo de esquerda, não iria cometer a ‘pequenez’ de ficar ao lado de “um dos presidentes da República mais criminosos da história do país”.

“Eleitoralmente, estaremos muito em breve em campos distintos. Mas como seria a minha pequenez se eu me negasse a fazer parte e a continuar com o ideal de derrubar um dos presidentes da República mais criminosos da história do País, em razão de picuinha ideológica?”, completou.

O último dessa montanha de pedidos acusa Bolsonaro de ter praticado o crime de prevaricação no escândalo de corrupção no contrato de compra da vacina indiana Covaxin.

Veja na íntegra quem assinou o superpedido de impeachment:

Mauro de Azevedo Menezes, membro da Associação Brasileira de Juristas pela Democracia (ABJD);

Tânia Maria de Oliveira, integrante Associação Brasileira de Juristas pela Democracia (ABJD);

Sônia Guajajara, coordenadora-executiva da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (APIB);

Inácio Lemke, presidente do Conselho Nacional de Igrejas Cristãs do Brasil (Conic);

Paulo Jerônimo de Sousa, presidente da Associação Brasileira de Imprensa (ABI);

Marco Aurélio de Carvalho, coordenador do Grupo Prerrogativas;

Raimundo José Arruda Bastos, coordenador da Associação Brasileira de Médicos e Médicas pela Democracia (ABMMD);

Iago Montalvo Oliveira Campos, presidente da União Nacional dos Estudantes (UNE);

Rozana Fonseca Barroso da Silva, presidente da União Brasileira de Estudantes Secundaristas (Ubes);

Cristina de Faria Cordeiro, presidente da Associação Juízes para a Democracia (AJD);

Gabriel Napoleão Velloso Filho, desembargador do Trabalho e integrante da Associação Juízes para a Democracia (AJD);

Claudia Maria Dadico, Associação Juízes para a Democracia (AJD);

Ana Paula Costa Barbosa, representante do Coletivo Defensoras e Defensores Públicos pela Democracia;

Sheila Santana de Carvalho, da Coalizão Negra por Direitos;

Douglas Belchior, da Coalizão Negra por Direitos;

Symmy Larrat Brito de Carvalho, presidente da Associação Brasileira de Gays, Lésbicas, Travestis e Transexuais (ABGLT);

Vanessa Patriota da Fonseca, integrante do Fórum Social Mundial Justiça e Democracia (FSMJD);

Mauri José Vieira da Cruz, integrante do Fórum Social Mundial Justiça e Democracia (FSMJD);

Nalu de Faria da Silva, da Marcha Mundial das Mulheres;

MARIA ANNA EUGÊNIA DO VALLE PEREIRA STOCKLER, representante da 342 ARTES.

RAIMUNDO VIEIRA BONFIM, Coordenador Geral da CENTRAL DE MOVIMENTOS POPULARES – CMP.

GUILHERME CASTRO BOULOS, da FRENTE POVO SEM MEDO.

ALEX SANDRO GOMES, Presidente da ASSOCIAÇÃO NACIONAL DAS TORCIDAS ORGANIZADAS DO BRASIL – ANATORG.

JOÃO PAULO RODRIGUES CHAVES, do MOVIMENTO DOS TRABALHADORES SEM TERRA – MST.

JOSÉ REGINALDO INÁCIO, Presidente da NOVA CENTRAL SINDICADL DE TRABALHADORES-NCST.

ADILSON GONÇALVES DE ARAÚJO, Presidente Nacional da CENTRAL DE TRABALHADORES E TRABALHADORES DO BRASIL – CTB.

EDSON CARNEIRO DA SILVA, Presidente da INTERSINDICAL CENTRAL DA CLASSE TRABALHADORA.

SÉRGIO NOBRE

ATNÁGORAS TEIXEIRA LOPES, da CENTRAL SINDICAL E POPULAR CONLUTAS

MIGUEL EDUARDO TORRES

JOSÉ GOZZE

EDMILSON SILVA COSTA

CARLOS ROBERTO SIQUEIRA DE BARROS

Gleisi Hoffmann, presidente nacional do PT;

JOSÉ MARIA DE ALMEIDA, do PSTU;

Juliano Medeiros, presidente nacional do PSOL;

Carlos Lupi, presidente nacional do PDT;

LEONARDO PERICLES VIEIRA ROQUE

LUCIANA SANTOS

Rui Costa

Heloísa Helena

WESLEY ELDERSON DIÓGENES NOGUEIRA

Roberto Freire, presidente Nacional do Cidadania;

Joice Hasselmann, deputada federal (PSL-SP);

Kim Kataguiri, deputado federal (DEM-SP);

Alexandre Frota, deputado federal (PSDB-SP).

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

11 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Rosinei Brandão

30 de junho de 2021 às 23h39

Gostaria que fosse aceito mas com a prorrogação da CPI o tempo vai ficar meio curto. Tem muito jogo de cena.

Responder

William

30 de junho de 2021 às 23h00

Mais 4 anos de Bolsonaro vão fazer bem a esses desteambelhados…quem sabe aprendam a fazer política, eu duvido fortemente.

Responder

Cuban Crafters

30 de junho de 2021 às 20h10

E se não der certo nem com esse superPEIDO vamos fazer o que companheiros…?

Responder

Sebastião Farias

30 de junho de 2021 às 17h45

Como cidadão consciente e responsável, amparado nos termos do Parágrafo Único do Artigo 1º da Constituição Federal do Brasil, parabenizo a todos(as) os(às) brasileiros(as) protagonistas dessa iniciativa cidadã e patriótica que, trilhando os caminhos constitucionais da justiça imparcial da nação, recorrem ao STF da República Federativa do Brasil, para reivindicar em nome do povo prejudicado, a correção jurídica em tempo hábil de desrespeito à CF e, a devida responsabilização exemplar, das autoridades dos poderes constituídos responsáveis pelos crimes cometidos.
Há que lembrar-se o que não se pode negar, a tripla responsabilidade constitucional do Poder Legislativo da nação que, por ser representante do povo e do Estado Brasileiro; por ser legislador do povo e também, por ser fiscal constitucional do povo, têm sua grande culpa por ter permitido o maltrato do povo e, o país chegar onde chegou, apesar do que diz é recomenda o Artigo 2 ° da CF.
São às nossas considerações e opinião é sucesso a todos.
Paz e bem.

Sebastião Farias
Um cidadão brasileiro nordestinamazônida

Responder

EdsonLuiz.

30 de junho de 2021 às 17h29

Contra bolsonaro eu assino pelo que tenho de esquerda, de direita, de centro-esquerda de centro-direita.

FORA bOLSONARO!
Edson Luiz Pianca.
FORA bOLSONARO!
Edson Luiz Pianca.
FORA bOLSONARO!
Edson Luiz Pianca.
FORA bOLSONARO!
Edson Luiz Pianca.

Pronto!
Contra bolsonaro é igual vacina contra certos vírus: em várias doses.

Responder

Gilmar Tontolão

30 de junho de 2021 às 17h17

Frota é dos nossos Companheiros !!

Responder

Janster

30 de junho de 2021 às 17h13

“O deputado federal Kim Kataguiri (DEM-SP) também assinou o pedido e disse que apesar de não fazer parte do campo de esquerda, não iria cometer a ‘pequenez’ de ficar ao lado de “um dos presidentes da República mais criminosos da história do país”.

“Eleitoralmente, estaremos muito em breve em campos distintos. Mas como seria a minha pequenez se eu me negasse a fazer parte e a continuar com o ideal de derrubar um dos presidentes da República mais criminosos da história do País, em razão de picuinha ideológica?”, completou.”

MBL, PT e PCDOB juntos….estou rolando na chão de rir…kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Responder

Saulo

30 de junho de 2021 às 17h12

Joice Hasselman, Jandira Feghali, Kim Kataminhocas, Frota, Gleisi Hoffmann, quem mais tem ai da nova esquerda tupiniquim…?? Kkkkkkkkkkk

Tudo isso reforça a tese que a esquerda sem o monopólio da informação e sem dinheiro público sotraido aos cofres do estado está completamente perdida.

Responder

Ugo

30 de junho de 2021 às 17h04

Seria um esperneio de dimensões galaticas…? Kkkkkkkk

Eu imagino o Bolsonaro rolando no chão de rir…..kkkkkkk

O engraçado é que metade desses fugidos de casa se elegeram na onda dele.

Patéticos….

Responder

Ugo

30 de junho de 2021 às 17h01

Que nível, que tristeza…e esses sujeitos acham que fazer essas porcarias é fazer política.

Responder

Kleiton

30 de junho de 2021 às 16h56

O que Bolsonaro está fazendo com esses desadatados sem rumo é fantástico, de morrer de rir….kkkkkkkkkkkkkkkk

Responder

Deixe um comentário