Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

Foto: Reprodução

Vereadora denuncia colega por machismo e lesbofobia na Câmara de Niterói

Por Redação

09 de julho de 2021 : 11h55

Nesta quarta-feira, 7, a vereadora de Niterói (RJ), Verônica Lima (PT), foi agredida verbalmente em uma reunião na Câmara Municipal.

De acordo com ela, o vereador Paulo Eduardo Gomes (PSOL) questionou se a colega desejaria “ser homem” e afirmou que ia tratá-la “como homem”. Verônica é assumidamente lésbica e a primeira negra eleita para o Legislativo da cidade.

A petista já fez uma queixa de violência na legacia de Niterói e anunciou que vai abrir representação no Conselho de Ética da Câmara Municipal contra o psolista por quebra de decoro parlamentar. 

“Quando Paulo Eduardo questionou se ‘eu queria ser homem’ e disse que ia ‘me tratar como homem’, quis me constranger pela minha orientação sexual. Não quero ser homem! Sou uma parlamentar com diversas produções legislativas que dispõem sobre a violência contra as mulheres e o combate às opressões”, afirmou.

Em nota, o PT falou sobre o constrangimento de que essa atitude machista e lesbofobica tenha sido feita por um vereador do PSOL, “um partido que compartilha a defesa dos direitos das mulheres e da comunidade LGBTQIA+”.

“Infelizmente, o desrespeito direcionado à vereadora do PT pelo parlamentar não começou agora e se intensificou cada vez mais. Os ataques e a perseguição de Paulo Eduardo Gomes são constantes na Câmara de Niterói”, comunica.

Já a deputada federal Talíria Petrone (PSOL-RJ) deixou claro que o seu partido já está tomando às providências necessárias contra Paulo Eduardo.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

Nenhum comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »


Deixe um comentário