Cafezinho das 3: por que as manifestações de domingo floparam?

Após mais de 40 anos, Requião anuncia que vai deixar o MDB

Por Redação

31 de julho de 2021 : 22h15

O ex-senador pelo Paraná, Roberto Requião, anunciou neste sábado, 31, que deve deixar o MDB após mais de 40 anos filiado ao partido.

O deputado estadual Anibelli Neto, da base do governador Ratinho Júnior (PSD), acabou sendo o vitorioso pelo controle do MDB no Paraná.

Com a vitória de Neto, é provável que o MDB faça parte do bloco em apoio a reeleição de Ratinho Júnior.

Já Requião pretendia se lançar candidato ao governo do Paraná pelo partido que ajudou a fundar. O ex-senador tem sido assediado por outros partidos como o PDT, PSB e o próprio PT.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

5 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Nelson

03 de agosto de 2021 às 16h33

Estás totalmente enganado, meu chapa. Roberto Requião é dos poucos políticos que tem coragem de mostrar que não perdeu o rumo certo da história.

Ele segue sendo um nacionalista convicto e não tem vergonha de demonstrar essa sua posição. Coisa que não anda muito comum mesmo nas hostes da esquerda. Na direita, então, se sobrou algum nacionalista, deve estar tão deprimido que resolveu desaparecer.

Aliás, vamos colocar as coisas de forma clara. Parte do que se chama esquerda nunca chegou a demonstrar a firme posição nacionalista que Leonel Brizola, Miguel Arraes e Requião sempre externaram.

Não à toa, esses que se dizem de esquerda e que sempre evitaram mostrar uma posição nacionalista, se deixaram enfeitiçar – ou teria sido por livre escolha mesmo? – pela dita democracia liberal, que de liberal tem bem pouco, e só podiam acabar abraçados ao chamado “neoliberalismo progressista”.

Responder

Alexandre Neres

01 de agosto de 2021 às 15h59

Aonde for, Requião será bem-vindo!

Responder

EdsonLuiz.

01 de agosto de 2021 às 01h03

Ai, aí! É esta a qualidade da política no Brasil.

Requeijão, Ratinho, Lula, bolsonaro, PMDB…

Eu acho deprimente. Muito deprimente.

Nossa política tem que melhorar. Muito!

Responder

Paulo

31 de julho de 2021 às 23h05

Roberto Requião, um homem sem rumo…Um “trombone isolado”…

Responder

altruir

31 de julho de 2021 às 22h43

Que ele vá para o PT. Aí de vez que no PR ele não encomodará mais.

Responder

Deixe um comentário