Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

Sub-procuradores cobram duramente Aras por ataques de Bolsonaro

Por Redação

06 de agosto de 2021 : 19h21

Um grupo de 27 subprocuradores-gerais da República divulgou uma nota após a reunião entre o presidente do Supremo Tribunal Federal, Luiz Fux, e o Procurador-Geral da República, Augusto Aras.

Eles cobram de Aras uma postura rígida diante dos ataques de Jair Bolsonaro contra o sistema eleitoral e o Judiciário. De acordo com o grupo, Aras não pode “assistir passivamente aos estarrecedores ataques” do presidente Jair Bolsonaro ao Judiciário e que a instituição deve fazer a “incondicional defesa do regime democrático”.

Ainda em julho, os sub-procuradores pediram uma investigação eleitoral diante dos ataques de Bolsonaro contra a urna eletrônica, mas a PGR de Aras afirmou que não abrir a investigação. O órgão justificou que o próprio Tribunal Superior Eleitoral (TSE) já tinha tomado medidas sobre o assunto.

“Na defesa do Supremo Tribunal Federal e do Tribunal Superior Eleitoral, de seus integrantes e de suas decisões deve agir enfaticamente o procurador-=geral da República – que, como procurador-geral eleitoral, tem papel fundamental como autor de ações de proteção da democracia – não lhe sendo dado assistir passivamente aos estarrecedores ataques àquelas cortes e a seus membros, por maioria de razão quando podem configurar crimes comuns e de responsabilidade e que são inequívoca agressão à própria democracia”.

Sobre as urnas eletrônicas, eles afirmam no documento que “mostraram-se invariavelmente confiáveis, sendo inaceitável retrocesso a volta das apurações manuais, pela constatada possibilidade de manipulação de seus resultados e a expressiva demora na apuração”.

Veja o documento na íntegra!

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

Nenhum comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »


Deixe um comentário