Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

Renan defende que Bolsonaro seja enquadrado por crime de responsabilidade na CPI

Por Redação

10 de agosto de 2021 : 08h45

Em entrevista ao programa Roda Viva na noite desta segunda-feira, 9, o relator da CPI da Pandemia, Renan Calheiros (MDB-AL), revelou que “não há dúvida nenhuma” de que Jair Bolsonaro prevaricou no esquema da compra da vacina Covaxin.

Na avaliação de Renan, Bolsonaro prevaricou ao não levar as denúncias feitas pelos irmãos Miranda sobre o esquema na compra do imunizante indiano.

O emedebista também defendeu que Bolsonaro seja enquadrado por crime de responsabilidade pela sua omissão no combate a pandemia.

“A perspectiva é que no caso do presidente, seja enquadrado em crime de responsabilidade. Ele e outros agentes públicos”, disse.

“Acho que já há comprovação do crime de prevaricação. Não há nenhuma dúvida. Estamos avançando para recolher suas digitais na negociação da Covaxin, que era a única vacina que Bolsonaro queria. Ele estava pedindo para (o governo) comprar 20 milhões de doses da Covaxin, enquanto negava 170 milhões de doses da OMS, da Pfizer e do Butantan”, complementou.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

2 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Bozo O Corno

10 de agosto de 2021 às 12h31

Tem que se enquadrado numa cadeira elétrica.

Responder

Tony

10 de agosto de 2021 às 10h54

Renan Calheiros o último baluarte da esquerda brasileira…mkkkkkkkk

Seria uma boa dupla com Lula em 2022….kkkkkkk

Responder

Deixe um comentário