Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

Imagem: Divulgação

Eunício e Tasso almoçam para falar sobre 2022

Por Gabriel Barbosa

03 de outubro de 2021 : 11h53

Na última quinta-feira, 30, o ex-presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), e o senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) almoçaram juntos em Brasília. O assunto principal entre os dois foi o cenário político cearense para as eleições de 2022.

Vale lembrar que em 2014, Eunício e Tasso fizeram dobradinha numa chapa de oposição ao grupo de Cid e Ciro Gomes. Na época, o líder do MDB Ceará se lançou ao Governo do Estado enquanto Tasso entrou na disputa por uma vaga no Senado. Enquanto o tucano foi eleito para o Congresso, Eunício não chegou ao Palácio da Abolição por uma diferença de apenas 303.728 votos e foi derrotado pelo então candidato Camilo Santana (PT).

Em 2022, tanto o tucano quanto o emedebista querem disputar cargos eletivos. Com uma perspectiva mais simplista, Tasso deseja garantir mais oito anos no Senado Federal enquanto Eunício tem o leque um pouco mais amplo entre se candidatar novamente ao Governo do Ceará ou desta vez a Câmara Federal. Também vale ressaltar que o líder do MDB está sendo um dos principais articuladores políticos do ex-presidente Lula (PT) no Nordeste.

Gabriel Barbosa

Jornalista com passagens pelo Grupo de Comunicação O POVO (Ceará), RedeTV! e Band News FM.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

3 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Efrem Ventura

03 de outubro de 2021 às 19h39

Parece mais um velorio que um almoço.

Responder

franco

03 de outubro de 2021 às 19h39

Qual é a relevancia do que esses 2 inutilidades discutem ?

Responder

Marco Vitis

03 de outubro de 2021 às 13h03

Penso que homens públicos devem dialogar visando ao bem comum. Mas alguns políticos são essencialmente corruptos, traidores e objetivam apenas riqueza pessoal. No meu conceito, Eunício, Jucá, Temer, Gedel, Eduardo Cunha, Cabral etc NÃO fazem Política visando ao bem comum.

Responder

Deixe um comentário