Comentários sobre o áudio vazado de André Esteves (BTG Pactual)

Analistas da Quaest acham que Moro desloca Ciro e rouba votos de Bolsonaro

Por Miguel do Rosário

14 de novembro de 2021 : 09h38

Sugiro aos leitores que assistam a esse vídeo do Genial Investimento, com análises de Felipe Nunes, CEO da Quaest, Jairo Nicolau, cientista político da FGV, e José Marcio Camargo, economista-chefe do Genial, sobre a última pesquisa eleitoral da Quaest, divulgada há poucos dias (íntegra aqui).

Vou resumir os principais pontos:

Felipe Nunes
– Desidratação de Bolsonaro junto a seus próprios eleitores de 2018.
– Votação espontânea é o “principal indicador para explicar desempenho eleitoral a tanto tempo da eleição”.
– Crescimento de Lula, de 22% para 29% na espontânea.
– Entrada de Moro gera mais problemas para Bolsonaro.
– O ex-juiz rouba votos de Bolsonaro, que tinha até 30% em meses anteriores, e hoje tem 21%.
– Ciro “diminui bastante”, tinha 11% e 12% e caiu para 6%/7% (em função também do ingresso de Moro).
– “Lula é que se beneficia” com o aumento da preocupação com a economia e questões sociais.

Jairo Nicolau
– O tamanho de Lula hoje não tem comparação com nenhum outro candidato, na história recente das eleições presidenciais. Nem FHC, que se reelegeu em 1994 ou 1998.
– Moro é “mais uma notícia ruim para Bolsonaro”.
– Bolsonaro terá que combater em duas frentes: à esquerda, com Lula, e à direita, com Moro.
– Moro “desbancou o Ciro como terceiro nome”.
– A queda do Bolsonaro pode ser atribuída à chegada do ex-juiz.
– Entrada de Moro dificulta o trabalho de Bolsonaro de recuperar o eleitor escolarizado e de renda média, que ele perdeu ao longo desses três anos de governo.

José Marcio Camargo
– Ponderou que a rejeição a Lula pode aumentar quando o jogo eleitoral lhe obrigar a aparecer mais.
– Disse que a economia pode se recuperar a partir do ano que vem, beneficiando Bolsonaro.
– Ficaria surpreso se Moro crescesse muito além do que já tem hoje. Não parece acreditar muito no potencial eleitoral do ex-juiz.

Eu separei as partes destacadas acima num fio de Twitter:

Abaixo, a íntegra do vídeo:

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

2 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Ricardo Oliveira

15 de novembro de 2021 às 09h01

A candidatura do ex juiz corrupto nem era para ser discutida e sim as maneiras de como prender um cidadão que usou de seu cargo para quebrar o Brasil, derrubar um governo, interferir na eleição e destruir a economia, o lugar dele é na cadeia.

Responder

Paulo

14 de novembro de 2021 às 23h56

Moro não rouba votos de Bolsonaro. Moro desbanca Bolsonaro. O expõe à nudez…

Responder

Deixe um comentário

Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou? As Refinarias da Petrobras À Venda pelo Governo Bolsonaro O Brasileiro se acha Rico ou Pobre?