Comentários sobre o áudio vazado de André Esteves (BTG Pactual)

Crime de racismo: Moraes abre inquérito contra deputado bolsonarista

Por Redação

18 de novembro de 2021 : 18h44

O ministro Alexandre de Moraes (STF) ordenou a abertura de inquérito para investigar o crime de racismo pelo deputado federal bolsonarista José Medeiros (Podemos-MT). Ele será investigado pelo uso de um termo angolano que remete a época da escravidão quando se referiu a uma mulher.

Medeiros chamou a cidadã que pertence a comunidade negra de “mulamba”. A mulher defendeu a abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI).

De acordo com o Ministério Público, “ao utilizar o termo angolano, que remonta à época da escravidão, para se referir à cidadã, o parlamentar teria incorrido em discriminação negativa à raça negra”.

No despacho, Moraes determinou que a Polícia Federal deve ouvir o bolsonarista no prazo de até 10 dias. O ministro também ordenou que o Twitter preserve a postagem racista do bolsonarista.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

3 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Célia

20 de novembro de 2021 às 15h13

Um país onde a grande maioria da população é mestiça, ou seja só misturas de brancos com negros, índio com brancos é índios com negros se julgam raça pura. Tô pra ver quem não tenha um decedente negro na família.
O povo brasileiro é composto de negros e amarelos que se julgam brancos.

Responder

Fanta

18 de novembro de 2021 às 19h20

Racismo é nao deixar entrar uma pessoa em algum lugar devido a cor da pele.

Chamar uma pessoa preta de negra ou branca de gallega nao é racismo.

Responder

dudu

18 de novembro de 2021 às 19h15

Maria Mulamba é uma divinidade do candomblé…que porra tem a ver o racismo ?

Responder

Deixe um comentário

Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou? As Refinarias da Petrobras À Venda pelo Governo Bolsonaro O Brasileiro se acha Rico ou Pobre?