Analista da Ideia fala sobre “voto útil” dos eleitores de Ciro a Lula no 1° turno

Colunista do Globo admite que Lula é a terceira via

Por Redação

24 de janeiro de 2022 : 09h04

Nesta segunda-feira, 24, o colunista conservador do Jornal O Globo, Demétrio Magnoli, publicou um texto onde admite que a terceira via está cada vez mais longe de se tornar viável e que o ex-presidente Lula (PT) já está ocupando esse lugar ao centro do tabuleiro político.

Magnoli chega a usar o termo “fracasso” ao se referir a terceira via e responsabiliza a polarização cristalizada entre Lula e Bolsonaro.

“O fracasso da ‘terceira via’ está expresso nas sondagens de opinião pública. Segundo as análises convencionais, a explicação para o fracasso encontra-se na polarização política entre Bolsonaro e Lula, que fecharia o caminho a uma candidatura alternativa, de centro. Há bem mais que um simples equívoco no diagnóstico”, escreve.

“Paradoxalmente, a ‘terceira via’ vai se tornando uma realidade — e atende pelo nome de Lula. O ex-presidente definiu uma estratégia de campanha baseada na ideia de ocupar o centro do tabuleiro político. A democracia unida contra o autoritarismo — eis a mensagem que o candidato procura veicular. A manobra destina-se a fechar o caminho do centro, ocupando-o”, continua.

Por fim, Magnoli lembra que o líder progressista vai repetir a sua estratégia vitoriosa da campanha de 2002 quando divulgou a Carta ao Povo Brasileiro.

“Não é novidade. Lula operou segundo a mesma estratégia em seu triunfo pioneiro, duas décadas atrás, divulgando a Carta ao Povo Brasileiro e compondo chapa com o empresário José Alencar. A inovação é o passo ousado de articular uma chapa com Alckmin, símbolo de um PSDB que não mais existe. A mensagem: meu governo conectará as políticas sociais lulistas à política econômica tucana. Reconciliação é o nome de seu jogo”, 

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

5 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Luiz

25 de janeiro de 2022 às 16h43

Talvez sejam raríssimas as referências políticas de centro no Brasil. Elas, na verdade, caracterizando uma construção liberal fundada sobre a distinção entre política e economia, permanecem na onda sem pretenderem alcançar a praia. Não importa de quem é a prancha, porque o compromisso não é com a prancha, mas com o lado para onde está a a praia. É por isso que Lula não encontra dificuldade em ocupar esse espaço de centro, mais inspirando um conteúdo programático do que o proclamando. De fato, a formação do entendimento legislativo não é uma tarefa tão simples em países emergentes.

Responder

Jotaerre

24 de janeiro de 2022 às 21h12

A essas alturas só nos resta uma unica via, a estrada que tem como recuperar o país no âmbito internacional, trazer solidez pro mercado, segurança jurídica e a paz tão desejada; a capacidade de agregar e implantar políticas públicas para dar continuidade ao projeto de combate à fome, que por certo será mais uma vez copiado pelo resto do mundo.

Responder

Netho

24 de janeiro de 2022 às 13h55

“O PT é uma GALINHA! Cacareja para a ESQUERDA; bota os ovos para a DIREITA”.
A definição de Brizola é a melhor, não só do PT, mas do próprio Lula.
O bruxo da Praia Vermelha, também conhecido por Golbery do Couto, também um Silva, já definira o Lula metalúrgico e o grevista da Vilares, em 1978: “Lula é ‘bon vivant’; não é de esquerda”.
Os milicos, os filhotes da ditadura e a Globo preferiam sempre Lula desde o início. Brizola, jamais!
Lula é a esquerda “fake”.
Dizia Leonel: “Lula é a esquerda que a direita gosta”. Pois é!
O cafezinho agora incensa o colunismo platinado no ex-trotskysta da Libelu.
Falta só outro ex-trotskysta, também dos jornalões paulistanos.
PT e PSDB sempre foram primos entre si.
Trata-se de somar o “neoliberalismo petista” ao “neoliberalismo tucano”.
Tudo junto e misturado.
Nem Lula, nem Alckmin, dão um pio quanto ao IMPOSTO sobre GRANDES FORTUNAS.
Até agora, a única candidatura a propor expressamente a regulamentação do artigo 153, inciso VII, da Carta de 88 é a do PDT, com alíquotas entre 0,5% a 1% incidentes sobre as rendas e patrimônios acima de R$ 10.000.000,00.

Que beleza, diria Milton Leite.

Responder

enganado

24 de janeiro de 2022 às 12h59

Dizem os bêbados que a moça fez mal ao cachorro quente, então nesse caso o tal COLUNISTA da __ fake GLOEBBEL$$$__ deu porre na cachaça. Tudo faz sentido.

Responder

Afonso Schroeder

24 de janeiro de 2022 às 10h13

Brasil voltando p/século XXI e recoloca-lo nos trilhos (Lula) e o vice que escolher vamos elege-lo-presidente no 1º turno e mais votar nos candidatos de esquerda para Governador, Senador e Deputados p/recolocar o Brasil no século XXI com gestão-pública-privada p/todos brasileiros viva Lula.

Responder

Deixe um comentário

O Xadrez para Governador da Bahia O Xadrez para Governador de Minas Gerais O Xadrez para Governador de São Paulo O Xadrez para Governador do Rio de Janeiro Novo Presidente da PETROBRAS defende preços altos Cadê o churrasco do povo, Bolsonaro? Preço explodiu! Conservadores? A atual juventude brasileira O Indulto sem Graça de Bolsonaro Os Principais Eleitores de Lula Os Principais Eleitores de Ciro Gomes