Analista da Ideia fala sobre “voto útil” dos eleitores de Ciro a Lula no 1° turno

Imagem: Reprodução

Moro diz que se eleito vai privatizar três grandes empresas públicas

Por Redação

02 de fevereiro de 2022 : 08h00

O ex-juiz e pré-candidato a presidência pelo Podemos, Sérgio Moro, resolveu escancarar de vez seu viés entreguista e de lesa pátria. Desta vez, o ex-ministro do Governo Bolsonaro disse que caso seja eleito pretende privatizar a Petrobras, Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil.

Ele classificou os dois bancos como “atrasados” e que por isso, quer “privatizar tudo” no seu remoto governo. Moro também citou a Petrobras como uma “empresa atrasada”.

“A Petrobras teve papel importante para o país, mas é uma empresa atrasada, que ainda vive da exploração do petróleo, um combustível que o resto do mundo já não está mais usando. Hoje estamos discutindo outras formas de energias limpas, mais ambientalmente corretas, energias limpas como a energia solar”, declarou o ex-juiz para empresários de São José do Rio Preto (SP).

Sendo assim, vale dizer que Moro é um imbecil. É fundamental pesquisar novas energias. Mas essa é justamente a importância de manter a Petrobrás sob controle público, para redirecionar seus investimentos para esse tipo de pesquisa, e não apenas para os lucros de acionistas privados.

Mais do que nunca, o ex-juiz mostra que ele pode até ter saído do Governo Bolsonaro, mas faz questão de preservar a lógica ultraliberal e atrasada da atual gestão e tenta comparar as fintechs (bancos digitais) com a Caixa e o BB, instituições públicas centenárias e sólidas.

“Cada privatização precisa avaliar o momento, mas meu viés é positivo. O assunto não pode ser um tabu, o Brasil precisa quebrar esses tabus. Outro exemplo são os bancos, a Caixa e o Banco do Brasil. Hoje temos os bancos digitais que é [sic] um modelo que deu certo. E estamos presos ao passado. Se for possível privatizar tudo, que se privatize tudo”.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

2 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Paulo

02 de fevereiro de 2022 às 22h48

Ah meu Deus mas que palpite infeliz! Acho que se prende à agenda da direita liberal, que é estúpida, mas conta no cálculo eleitoral. Sonho com o tempo em que os candidatos serão sinceros, mas desconfio de que está longe, muito longe…

Responder

Alexandre Neres

02 de fevereiro de 2022 às 11h07

Que discurso raso! Que falta de profundidade. Parece que quer concluir o projeto que se iniciou com a Lava Jato, exterminando as empresas brasileiras, daí surgindo a importância da Alvarez & Marsal.

Afinal de contas, a Petrobras vai ser doada pra Chevron ou pra ExxonMobil?

Responder

Deixe um comentário

O Xadrez para Governador de Minas Gerais O Xadrez para Governador de São Paulo O Xadrez para Governador do Rio de Janeiro Novo Presidente da PETROBRAS defende preços altos Cadê o churrasco do povo, Bolsonaro? Preço explodiu! Conservadores? A atual juventude brasileira O Indulto sem Graça de Bolsonaro Os Principais Eleitores de Lula Os Principais Eleitores de Ciro Gomes Os Principais Eleitores de Bolsonaro